Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Editorial

13 de Fevereiro de 2017 as 13:02:51



Mercado projeta inflação no centro da meta em 2017



Projeção do mercado financeiro para inflação em 2017 fica no centro da meta
 
 
O mercado financeiro reduziu pela sexta semana seguida a projeção para a inflação, este ano. Desta vez, a estimativa para o IPCA Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo caiu de 4,64% para 4,47%.
 
As estimativas fazem parte do boletim Focus, uma publicação semanal elaborada semanalmente, pelo Banco Central (BC), com base em projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos. Para 2018, a estimativa para o IPCA segue em 4,5%, há 29 semanas consecutivas.
 
A meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC é 4,5%, com limite de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior da meta é 3% e o superior 6%.
 
A projeção de instituições financeiras para o crescimento da economia (Produto Interno Bruto – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país) este ano, foi ajustada de 0,49% para 0,48%. Para o próximo ano, a estimativa foi alterada de 2,25% para 2,30%.
 
Para as instituições financeiras, a Selic encerrará 2017 em 9,5% ao ano e 2018 em 9% ao ano. Atualmente, a Selic está em 13% ao ano. A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação.
 
Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
EDITORIAL Quousque tandem abutere patientia nostra PGR et MP? 03/05/2018
EDITORIAL Quousque tandem abutere patientia nostra PGR et MP?
 
EDITORIAL  Desatinos da Elite Padrão Justo Veríssimo 24/04/2018
EDITORIAL Desatinos da Elite Padrão Justo Veríssimo
 
EDITORIAL Saudades de Ulisses Covas, Montoro, Brizola e Darci, Severo e Arraes 16/03/2018
EDITORIAL Saudades de Ulisses Covas, Montoro, Brizola e Darci, Severo e Arraes
 
EDITORIAL O rato que ruge não mais é rato: a Coreia do Norte conseguiu 28/11/2017
EDITORIAL O rato que ruge não mais é rato: a Coreia do Norte conseguiu
 
EDITORIAL Nem sempre a Casa Branca blefou ou foi falastrona 05/09/2017
EDITORIAL Nem sempre a Casa Branca blefou ou foi falastrona
 
MULHERES superam homens na criação de novos negócios, mas enfrentam obstáculos 07/08/2017
MULHERES superam homens na criação de novos negócios, mas enfrentam obstáculos
 
EDITORIAL - O Desastre da PF aclarou algumas coisas, além da carne estragada 24/03/2017
EDITORIAL - O Desastre da PF aclarou algumas coisas, além da carne estragada
 
EDITORIAL - Onde estão os Cálculos Atuariais da Reforma da Previdência ? 13/03/2017
EDITORIAL - Onde estão os Cálculos Atuariais da Reforma da Previdência ?
 
EDITORIAL - Quousque tandem abutere patientia nostraTemer ? 09/03/2017
EDITORIAL - Quousque tandem abutere patientia nostraTemer ?
 
EDITORIAL - Cartel de Bancos não cede nos Juros 15/02/2017
EDITORIAL - Cartel de Bancos não cede nos Juros
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009