Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Domingo, Dia 16 de Julho de 2017 as 14:07:10



INVESTIMENTOS - O Mercado Secundário de Debêntures até 13.07



Mercado Secundário de Debêntures - Avaliação em 13.07.2017
 
Preços se confirmam em tendência geral de alta
 
 
Após a identificação dos primeiros sinais de reversão altista na semana anterior, os últimos movimentos das 50 debêntures monitoradas convergem para uma configuração mais clara de recuperação de preços, ainda que o volume das negociações esteja expressivamente baixo.
 
Ao longo da semana, a renda fixa nacional assimilou importantes vetores de enfraquecimento dos yields e, de forma mais relevante, também passou a embutir menores prêmios de risco, em linha com expectativas mais otimistas com o andamento da reforma trabalhista e com os índices de preço em deflação.
 
Reagindo a este cenário, 38 papéis variaram positivamente em preço, em média conjunta de 0,6%, enquanto apenas 2 ativos se desvalorizaram (RDVT11 e CMTR23). Considerado como um todo, o quadro das 50 séries monitoradas se valorizou em 0,4% – ampliando os incipientes 0,1% da semana anterior.
 
O movimento positivo se confirma também pela análise gráfica das 12 séries mais líquidas, que revela 7 ativos em tendência de alta, apenas 1 em baixa e 4 em padrão de indefinição (contra 10 em situação neutra na semana anterior).
 
Neste contexto, cabe destacar o cumprimento dos objetivos calculados para ECCR32, MRSL17, RDNT14 e VALE18, cujos preços tocaram as resistências indicadas no estudo, e a entrada de novos papéis em tendência de alta, CART22 e TAEE33, em direção aos seus topos históricos (TH). Finalmente, AGRU12 superou a expectativa, ao romper o alvo estimado no nível da resistência (vide seção de Análise Gráfica).
 
 
Panorama.
 
Ao longo dos últimos 4 anos, o volume financeiro negociado no mercado secundário de debêntures vem apresentando discreto declínio em médias mensais, mas com grande volatilidade, alternando meses com picos superiores a R$ 6,3 bilhões e vales abaixo de R$ 2 bilhões.
 
Neste período, a quantidade de séries negociadas registrou uma média mensal de 195 papéis, entre o máximo de 245 e o mínimo de 145. Desde os primeiros meses de 2016, os volumes voltaram ao patamar inferior à média móvel de 12 meses, até atingir um novo pico em jun/2016, quando a liquidez se mostrou maior, tanto em número de negócios quanto em volume financeiro. Contudo, cabe registrar que apenas 6 operações de RUMO11 responderam por 28% do volume total naquele mês.
 
Da mesma forma, a série histórica também apresentou outras distorções em 2016: em out/2016, 8 operações de NCFP12 abrangeram 79,9% do volume do mês; em nov/2016, 2 operações de CCCP11 responderam por 19,73%; e, em dez/2016, a série BEEF13 compreendeu 23% do total, com apenas 2 transações.
 
Em 2017, apenas o mês de abril superou a média móvel de 12 meses. Os dois picos registrados em out/2013 e set/2014 constituíram movimentos mensais atípicos e pontuais, não se tratando de sazonalidade, apesar da similaridade de datas.  
 
Em set/2014, houve forte negociação de títulos da Embratel (EBTE12, com 49,56% do volume do mês, e EBTE14, com 26,32%), ao passo que em out/2013, o mercado registrou aumento pontual no volume financeiro entre diversos títulos, como os de Rio Iaco Participações S.A., Votorantim Cimentos S.A. e Ultrapar Participações S.A., entre outros.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do Mercado Secundário de Debêntures, em 13.07.2017, elaborado por RENATO ODO, CNPI-P e JOSÉ ROBERTO DOS ANJOS, CNPI-P, ambos do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RENATO ODO, CNPI-P e JOSÉ ROBERTO DOS ANJOS, CNPI-P, ambos do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
INVESTIMENTOS Globais podem migrar para commodities 16/10/2017
INVESTIMENTOS Globais podem migrar para commodities
 
INVESTIMENTOS - Análise do Setor de VAREJO & BENS DE CONSUMO: Expectativas Positivas 15/10/2017
INVESTIMENTOS - Análise do Setor de VAREJO & BENS DE CONSUMO: Expectativas Positivas
 
INVESTIMENTOS O Mercado na 6ª feira: Ibovespa sobe a 76.989 pts. Dólar cai a R$3,149 14/10/2017
INVESTIMENTOS O Mercado na 6ª feira: Ibovespa sobe a 76.989 pts. Dólar cai a R$3,149
 
INVESTIMENTOS - Renda Fixa - Mercado Secundário de Debêntures em 11.10.2017 12/10/2017
INVESTIMENTOS - Renda Fixa - Mercado Secundário de Debêntures em 11.10.2017
 
RENDA FIXA - Análise Semanal de Mercado em 09.10.2017 11/10/2017
RENDA FIXA - Análise Semanal de Mercado em 09.10.2017
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa cai 1,15%, Dólar sobe a R$ 3,186 10/10/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa cai 1,15%, Dólar sobe a R$ 3,186
 
INVESTIMENTO; O Mercado na 6ª feira: Ibovespa cai 1,32%. Dólar sobe a R$ 3,157 07/10/2017
INVESTIMENTO; O Mercado na 6ª feira: Ibovespa cai 1,32%. Dólar sobe a R$ 3,157
 
INVESTIMENTOS O Mercado na 5ª feira: Ibovespa de lado aos 76.617pts Dólar sobe a R$ 3,149 06/10/2017
INVESTIMENTOS O Mercado na 5ª feira: Ibovespa de lado aos 76.617pts Dólar sobe a R$ 3,149
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 3ª feira: Euforia na bolsa, recorde com ingresso de capitais externos 03/10/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 3ª feira: Euforia na bolsa, recorde com ingresso de capitais externos
 
INVESTIMENTOS - Carteira de Ações Sugerida OUTUBRO/2017 03/10/2017
INVESTIMENTOS - Carteira de Ações Sugerida OUTUBRO/2017
 
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009