Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia

Quarta-Feira, Dia 09 de Agosto de 2017 as 22:08:00



TURISMO - Brasil pode tripilicar receita anual do turismo



Brasil pode tripilicar receita anual do turismo, diz presidente da Embratur
 
 
O Brasil tem o maior potencial de turismo entre todos os países do mundo e pode quase triplicar a atual receita anual do setor, estimada nos últimos 12 meses em aproximadamente U$ 7 bilhões.
 
A expectativa é do presidente do EMBRATUR Instituto Brasileiro do Turismo, Vinícuis Lumertz, anunciada em entrevista ao programa Voz do Brasil nesta 4ª feira 09.08.
 
“Nós acreditamos que sairemos desse nível de U$ 7 bilhões de receita e caminharemos para perto de U$ 20 bilhões de receita, aumentando os empregos ,que é a principal prioridade do país no momento”,
 
destacou.
 
De acordo com o presidente do instituto, o país poderá alcançar essa receita a partir da aprovação do Projeto de Lei 7425/2017, enviado à Câmara dos Deputados pelo governo.
 
A medida institui a Agência Brasileira de Promoção do Turismo, que tem como objetivo formular, implementar e executar ações de promoção comercial de produtos, serviços e destinos turísticos brasileiros no exterior.
 
“O projeto de lei que está hoje na Câmara transforma a Embratur em uma agência moderna, com capacidade de competir com os países da região e do mundo inteiro, com recursos e independência financeira”,
 
ressaltou.
 
 
Setor
 
Segundo Lumertz, o turismo é responsável atualmente por empregar 10% dos trabalhadores de todo mundo nas 52 áreas que compõem o setor. No Brasil, 8,5 milhões de brasileiros atuam no turismo.
 
“É o emprego mais barato que pode ser gerado na economia. No futuro, vai ter uma questão adicional, que é a mudança gerada pela automação, que vai atingir quase 50% das profissões no Brasil, mas não tanto no turismo e o turismo vai abrir uma perspectiva muito boa”,
 
ressaltou.
 
O presidente da Embratur destacou ainda a eleição do Brasil pela revista turística internacional Conde Nast Traveller como o país mais lindo do mundo em belezas naturais e pelo canal norte-americano CNN como o país "mais legal do mundo".
 
“O que nós precisamos [para avançar] é [ a aprovação] das reformas que estão sendo encaminhadas para o turismo, melhorar o ambiente de negócios para o ambiente e promover mais o Brasil no exterior. Assim, nós teremos um boom no turismo como tivemos na agricultura, porque o maior potencial para o turismo do planeta está aqui no Brasil”,
 
avalia Lumertz.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
DESOCUPAÇÃO cai a 13% no 2º trimestre/2017 18/08/2017
DESOCUPAÇÃO cai a 13% no 2º trimestre/2017
 
CRISE FISCAL - Governo Temer quer leiloar Congonhas e 12 aeroportos 18/08/2017
CRISE FISCAL - Governo Temer quer leiloar Congonhas e 12 aeroportos
 
PETRÓLEO Produção cai 3,3% no Brasil: manutenção de plataforma 16/08/2017
PETRÓLEO Produção cai 3,3% no Brasil: manutenção de plataforma
 
STANDARD & POOR'S retira observação negativa da nota de crédito do Brasil 15/08/2017
STANDARD & POOR'S retira observação negativa da nota de crédito do Brasil
 
MERCADO ILEGAL representa 16% do PIB, afirma o Ministro da Justiça 15/08/2017
MERCADO ILEGAL representa 16% do PIB, afirma o Ministro da Justiça
 
META FISCAL - Meirelles não entrega o prometido e Senado quer explicações 15/08/2017
META FISCAL - Meirelles não entrega o prometido e Senado quer explicações
 
RECEITA FEDERAL libera programa para Imposto de Propriedade Territorial Rural 15/08/2017
RECEITA FEDERAL libera programa para Imposto de Propriedade Territorial Rural
 
CARNE FRACA - Brasil receberá visita de técnicos dos EUA para Inspeção Veterinária 15/08/2017
CARNE FRACA - Brasil receberá visita de técnicos dos EUA para Inspeção Veterinária
 
BNDES em Lucro Líquido de R$ 1,34 bilhão no 1º semestre/2017 14/08/2017
BNDES em Lucro Líquido de R$ 1,34 bilhão no 1º semestre/2017
 
15/08/2017
"Economia está anêmica" afirma Rabelo de Castro, presidente do BNDES
 
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009