Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia

11 de Agosto de 2017 as 22:08:12



INVESTIMENTOS - O Mercado na 6ª feira: Modesto Otimismo



Diário do Mercado na 6ª feira, 11.08.2017
 
Otimismo ressurge modesto ao término da semana
Bolsa sobe 0,55%, Dólar sobe a R$ 3,1706
 
 
Resumo.
 
A poeira relativa à troca de farpas entre EUA e Coreia do Norte começou a baixar, e com isso o mercado retornou às compras, corrigindo parte do movimento avesso ao risco observado nos últimos dias.
 
Colaboraram para a melhoria do clima também um dado de inflação aquém do esperado nos EUA bem como domesticamente uma safra de balanços que, se por um lado ainda não mostra sinais de crescimento, pelo menos denota evidências de estabilidade na atividade econômica, dando a entender que o pior da crise já passou. 
 
 
Ibovespa.
 
A atmosfera entre EUA e Coreia do Norte permanece no radar, mas o clima se tornou mais ameno.
 
Após uma abertura em queda, o mercado brasileiro aderiu-se ao norte-americano e inverteu o movimento, animado com resultados corporativos fortes por lá, especialmente em meio ao setor de tecnologia, e também refletindo dado de inflação ao consumidor mais fraco.
 
Por aqui entre as maiores altas do índice se destacaram JBS e Brasil Foods, influenciadas por melhores perspectivas para o setor, apesar do resultado do 2T não tão favorável divulgado pela segunda na data de hoje.
 
 
O Ibovespa findou aos 67.358 pts (+0,55%) com o giro financeiro preliminar da Bovespa em R$ 7,78 bilhões, sendo R$ 7,54 bilhões no mercado à vista.
 
 
Capitais Externos na Bolsa
 
O capital externo à bolsa, com a saída de R$ 25,6 milhões em 9 de agosto passou a totalizar no mês saldo líquido de R$ 796,10 milhões. Em 2017 o acumulado situa-se em R$ 8,793 bilhões.   
 
 
Agenda Econômica.
 
Nos EUA, a inflação ao consumidor (IPC) em julho variou 0,1%. O dado veio abaixo das estimativas dos analistas (0,2%).
 
Ainda que o IPC não represente a principal métrica acompanhada pelo FED para suas decisões de política monetária – ficando o principal por conta do núcleo do PCE – o indicador reforça os indícios observados na última leitura do PCE de uma inflação fraca, mesmo com a economia norte-americana operando no que é considerado pleno emprego (desemprego atual: 4,3%).
 
Com isso, foram majoradas as apostas dos agentes em um próximo aperto monetário por lá a acontecer apenas em 2018.  
 
Na Alemanha e na França, sem surpresas, as prévias dos dados de inflação ao consumidor vieram estritamente em linha com o consenso dos analistas: No primeiro alta de 0,4% e no segundo -0,4%. 
 
 
Câmbio e CDS.
 
Mesmo com o dado de inflação mais fraco nos EUA e também alívio frente à questão EUA x Coreia do Norte praticamente não houve oscilação da moeda norte-americana frente ao real ao longo da sessão. findando esta cotada a R$ 3,1706 (0,06%).
 
 
O CDS brasileiro de 5 anos fechou a 205 pontos ante 207 da véspera.   
 
Juros.
 
Operando próximo ao movimento do dólar ao término do pregão, houve ligeira elevação nos juros futuros, mesmo com alívio na retórica bélica entre EUA e Coreia do Norte, movimento que deu continuidade à escalada vista nos últimos três dias.
 
 
 
Para a próxima semana.
 
As tensões geopolíticas entre EUA e Coreia do Norte deve permanecer fazendo preço nos mercados mundo afora, embora se já seja visível um arrefecimento na animosidade.
 
No Brasil as atenções irão se voltar já na 2ª feira para o provável anúncio da revisão da meta fiscal para 2017 e 2018, o que deve efetivamente nortear os negócios a depender de sua existência, e do tamanho da diferença a ser anunciada frente aos atuais déficits previstos – R$ 139 bilhões para este ano e R$ 129 bilhões para 2018.
 
A agenda econômica reserva poucos itens de peso. No Brasil destacam-se vendas no varejo e IBC-Br (atividade econômica) relativos a junho, e IGP-10 e a segunda prévia do IGP-M de agosto. 
 
 
Confira no anexo a integra do relatório de análise do comportamento do mercado na 6ª feira, 11.08.2017, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, e RAFAEL FREDA REIS, CNPI-P, ambos da equipe do BB Investimentos.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, e RAFAEL FREDA REIS, CNPI-P, ambos da equipe do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
DESOCUPAÇÃO cai a 13% no 2º trimestre/2017 18/08/2017
DESOCUPAÇÃO cai a 13% no 2º trimestre/2017
 
CRISE FISCAL - Governo Temer quer leiloar Congonhas e 12 aeroportos 18/08/2017
CRISE FISCAL - Governo Temer quer leiloar Congonhas e 12 aeroportos
 
PETRÓLEO Produção cai 3,3% no Brasil: manutenção de plataforma 16/08/2017
PETRÓLEO Produção cai 3,3% no Brasil: manutenção de plataforma
 
STANDARD & POOR'S retira observação negativa da nota de crédito do Brasil 15/08/2017
STANDARD & POOR'S retira observação negativa da nota de crédito do Brasil
 
MERCADO ILEGAL representa 16% do PIB, afirma o Ministro da Justiça 15/08/2017
MERCADO ILEGAL representa 16% do PIB, afirma o Ministro da Justiça
 
META FISCAL - Meirelles não entrega o prometido e Senado quer explicações 15/08/2017
META FISCAL - Meirelles não entrega o prometido e Senado quer explicações
 
RECEITA FEDERAL libera programa para Imposto de Propriedade Territorial Rural 15/08/2017
RECEITA FEDERAL libera programa para Imposto de Propriedade Territorial Rural
 
CARNE FRACA - Brasil receberá visita de técnicos dos EUA para Inspeção Veterinária 15/08/2017
CARNE FRACA - Brasil receberá visita de técnicos dos EUA para Inspeção Veterinária
 
BNDES em Lucro Líquido de R$ 1,34 bilhão no 1º semestre/2017 14/08/2017
BNDES em Lucro Líquido de R$ 1,34 bilhão no 1º semestre/2017
 
15/08/2017
"Economia está anêmica" afirma Rabelo de Castro, presidente do BNDES
 
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009