Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

10 de Outubro de 2017 as 03:10:36



INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa cai 1,15%, Dólar sobe a R$ 3,186



Diário de Mercado, 09.10.2017
 
Aversão ao risco maior com cenário externo e feriado nos EUA.
 
Resumo.
 
Em dia de baixo volume financeiro em razão de feriado bancário nos EUA (bolsas funcionaram), as tensões geopolíticas estiveram, mais uma vez, no foco dos agentes. A embaixada norte-americana na Turquia suspendeu a emissão de vistos aos turcos, alegando falta de segurança, trazendo mau estar.
 
Ademais, incrementando o panorama adverso, o presidente dos EUA, Donald Trump, tornou a fazer ameaças ao regime norte-coreano.
 
A aversão ao risco subiu e os investidores se retraíram. Os fatos externos deram o tom ao mercado doméstico, que findou com valorização do dólar, alta nas taxas de juros futuros e mais um pregão de realizações na bolsa.  
    
Ibovespa.
 
Em dia de parco volume, o Ibovespa abriu a sessão em forte baixa, atingindo a mínima de 75.180 pts (-1,15%) no final da manhã. O índice ensaiou recuperação no período da tarde, afastando-se da mínima, porém, não teve força para deixar o campo negativo, influenciado pelas negativas bolsas norte-americanas
 
O setor financeiro e a Vale pesaram sobre o índice, enquanto a Petrobras suavizou as perdas, fechando com valorização.
 
O Ibovespa encerrou o pregão em 75.726 pts (-0,43%), acumulando +1,93% no mês, +25,74% no ano e +23,92% em 12 meses. O mais fraco giro preliminar da Bovespa foi de R$ 6,781 bilhões, sendo R$ 6,420 bilhões no mercado à vista.
 
Na 5ª feira, 05.10, último dado disponível, o ingresso líquido de capital estrangeiro foi de R$ 92,473 milhões na bolsa, com R$. Em 2017, o saldo de capital estrangeiro acumula ingresso de R$ 15,009 bilhões. 
 
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, o IGP-DI (FGV) variou +0,62% em setembro, ante +0,24% em agosto - acima do consenso de +0,50%. O IPA-DI foi o principal responsável pelo avanço do índice geral, em +0,97% (+0,26% em agosto) já o IPC-DI teve deflação de -0,02% (+0,13% em agosto); e o INCC-DI oscilou +0,06% (+0,36% em agosto).
 
No relatório semanal Focus do Banco Central, com as projeções de mercado, o panorama geral prosseguiu favorável. Destaques para 2018, com o PIB ascendendo a +2,43% (+2,38% na semana anterior) e para o IPCA, que deslizou para +4,02% (4,06% antes). A taxa Selic permaneceu em 7,00% a.a. e a taxa de câmbio em R$ 3,30 para o próximo ano.
 
Na Alemanha, o indicador de crescimento da produção industrial surpreendeu, avançando +2,6% no mês de agosto, bem acima do consenso (+0,9%), contra decréscimo de -0,01% em  julho. Já na comparação ante agosto de 2016, registrou crescimento de +4,7%. 
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) abriu a sessão em forte alta, permanecendo em terreno positivo durante toda a sessão, alinhado ao movimento internacional de valorização da moeda frente às moedas dos emergentes, com o imbróglio entre EUA e Turquia.
 
É a quarta sessão de alta da divisa, que encerrou cotada a R$ 3,1860 (+0,92%), acumulando +0,60% no mês, -2,03% no ano e -0,93% em 12 meses. O risco medido pelo CDS Brasil 5 anos manteve-se idêntico aos 186 pts da última sexta-feira.
 
Juros.
 
Os juros futuros fecharam em alta, confirmando tendência observada pela manhã, apesar de encerrar a sessão longe das máximas. As taxas foram influenciadas pelo cenário externo e pela valorização do dólar frente as moedas dos emergentes - incluso o real.  
 
Para a terça-feira.
 
Alemanha: Balança comercial.
França: Produção industrial e Produção do setor de fabricação.
Reino Unido: Produção industrial, Produção do setor de fabricação, Balança comercial e estimativa do PIB.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 2ª feira, 09.10.2017, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T,  WESLEY BERNABÉ, CNPI, e RICARO VIEITES, integrantes da equipe do BB Investimentos.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, WESLEY BERNABÉ, CNPI, e RICARO VIEITES, integrantes da equipe do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
INVESTIMENTOS - O Mercado na 6ª feira: Bolsa sobe 0,25% e Dólar cai a R$ 3,307 16/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 6ª feira: Bolsa sobe 0,25% e Dólar cai a R$ 3,307
 
INVESTIMENTOS - Renda Fixa - Mercado Secundário de Debêntures em 14.12 16/12/2017
INVESTIMENTOS - Renda Fixa - Mercado Secundário de Debêntures em 14.12
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 5ª feira: Bolsa cai -0,67%; Dólar sobe a R$ 3,336 15/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 5ª feira: Bolsa cai -0,67%; Dólar sobe a R$ 3,336
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa caiu 1,22%, Dólar cai a R$ 3,322 14/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa caiu 1,22%, Dólar cai a R$ 3,322
 
BOLETIM FOCUS de 11.12.2017 - Comentários pela equipe do BB Investimentos 11/12/2017
BOLETIM FOCUS de 11.12.2017 - Comentários pela equipe do BB Investimentos
 
INVESTIMENTOS - O Mercado Estável na 2ª feira: Ibovespa aos 72.800 pts e Dólar aos R$ 3,299 11/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado Estável na 2ª feira: Ibovespa aos 72.800 pts e Dólar aos R$ 3,299
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 3ª feira: Bolsa sobe 1,39%, Dólar sobe a R$ 3,326 12/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 3ª feira: Bolsa sobe 1,39%, Dólar sobe a R$ 3,326
 
INVESTIMENTOS O  Mercado na 6ª feira, 08.12: Ibovespa sobe 0,34%; Dólar sobe a R$ 3,2960   09/12/2017
INVESTIMENTOS O Mercado na 6ª feira, 08.12: Ibovespa sobe 0,34%; Dólar sobe a R$ 3,2960
 
INVESTIMENTOS Mercado na 5ª feira, 07.12.2017: Ibovespa cai 1.07%. Dólar sobe a R$ 3,2890 08/12/2017
INVESTIMENTOS Mercado na 5ª feira, 07.12.2017: Ibovespa cai 1.07%. Dólar sobe a R$ 3,2890
 
INVESTIMENTOS O Mercado na 5ª feira, 30.11: Ibovespa cai 1,0%. Dólar sobe a R$ 3,27 30/11/2017
INVESTIMENTOS O Mercado na 5ª feira, 30.11: Ibovespa cai 1,0%. Dólar sobe a R$ 3,27
 
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009