Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia

11 de Outubro de 2017 as 15:10:41



BC prepara projeto que prevê ajuda do Tesouro a bancos em dificuldades



O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, confirmou na 3ª feira, 10.10, que o Tesouro Nacional poderá, em última instância, socorrer bancos em dificuldades financeiras.
 
A proposta está em projeto ainda em elaboração pelo governo, que revisa o marco legal de atuação do BC no caso de bancos com problemas. Atualmente, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) proíbe o uso de recursos públicos para socorrer bancos. Uma matéria publicada na edição de 2ª feira, 09.10, do jornal Valor Econômico diz que o governo vai enviar proposta ao Congresso com as novas regras.
 
De acordo com Goldfajn, o projeto “faz tudo para preservar os recursos públicos”, colocando o contribuinte por último.
 
“Se não planejar, na hora sabemos quem vai pagar. Tem que colocar todo mundo organizado”,
 
disse.
 
Goldfajn acrescentou que não se trata de uma questão conjuntural, ou seja, relacionada ao cenário econômico atual.
 
O presidente do BC acrescentou que o projeto está sendo feito para se adequar a acordo firmado com o G-20, grupo das 20 economias mais desenvolvidas do mundo. Esse acordo foi feito após a crise financeira mundial, gerada por operações do setor financeiro no mercado imobiliário americano.
 
 
Gasolina, gás e luz
 
Questionado por senadores sobre o aumento do preço da gasolina, do gás e da luz, Goldfajn disse que houve congelamento de reajustes há dois anos.
 
“E agora que soltamos [os reajustes], o preço é maior”,
 
disse.
 
Goldfajn defendeu a queda da inflação, que, segundo ele, está ajudando a retomar o consumo, acrescentando que é preciso retomar os investimentos.
 
“O investimento tem que vir. Como vem? Primeiro se recupera a utilização da capacidade. Vem também pela confiança. E a confiança está vindo. A economia está recuperando”,
 
disse.
 
O presidente do BC acrescentou que há investidores estrangeiros interessados em aplicar recursos no Brasil, se houver melhora nas perspectivas do país.
 
Goldfajn participou hoje de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
DÓLAR na maior cotação em 5 meses após adiamento da reforma da Previdência 15/12/2017
DÓLAR na maior cotação em 5 meses após adiamento da reforma da Previdência
 
Orçamento/2018 aprovado com previsão de gastos de R$ 3,57 Trilhões 14/12/2017
Orçamento/2018 aprovado com previsão de gastos de R$ 3,57 Trilhões
 
PETROLEO - Governo prorroga até 2040 regime aduaneiro especial para o setor 18/08/2017
PETROLEO - Governo prorroga até 2040 regime aduaneiro especial para o setor
 
Câmara mantém isenções a petrolíferas até 2040 14/12/2017
Câmara mantém isenções a petrolíferas até 2040
 
FGTS - Empresas devedoras já podem parcelar débitos 14/12/2017
FGTS - Empresas devedoras já podem parcelar débitos
 
PLANOS ECONÔMICOS - Conheça o Acordo que irá compensar as perdas da Poupança 14/12/2017
PLANOS ECONÔMICOS - Conheça o Acordo que irá compensar as perdas da Poupança
 
COMÉRCIO - Varejo  tem queda de 0,9% em outubro 13/12/2017
COMÉRCIO - Varejo tem queda de 0,9% em outubro
 
ATA DO COPOM  Ligeiramente desconfortável 13/12/2017
ATA DO COPOM Ligeiramente desconfortável
 
INFLAÇÃO e Juros mais baixos em 2017, afirmam economistas 11/12/2017
INFLAÇÃO e Juros mais baixos em 2017, afirmam economistas
 
UE e Mercosul encerram rodada de negociação 10/12/2017
UE e Mercosul encerram rodada de negociação
 
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009