Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Quarta-Feira, Dia 08 de Novembro de 2017 as 02:11:03



INVESTIMENTOS - BRADESCO - Resultados do 3º trimestre/2017



BRADESCO - Resultados no 3º trimestre de 2017
 
Melhor Qualidade de Ativos, Receita sob Pressão
 
 
O Bradesco reportou resultados neutros e já esperados, pois o lucro líquido coincidiu com nossas estimativas e atingiu R $ 4.810mn. Os destaques positivos foram:
 
(i) melhor qualidade de ativos, com índice de inadimplência em queda de 16 bps trimestre/trimestre, enquanto as despesas de provisão diminuíram 23,1% q / q;
(ii) receitas de taxas fortes; e
(iii) bom controle das despesas devido às sinergias alcançadas pela incorporação do HSBC, especialmente no lado da despesa.
 
Do lado negativo, destacamos:
 
(i)  o novo prejuízo de BRL 934 milhões no 3T;
(ii) NII pressionado por menores ganhos de negociação (-15,7% q / q) devido à queda da taxa Selic; e
(iii) a queda de 15,2% q / q nos resultados do seguro líquido.
 
Este trimestre, o Bradesco divulgou algumas informações sobre seu programa de indenização voluntária (PDVE), anunciado no 1º semestre/2017. Com uma adesão ao programa de 7,4 mil funcionários, o banco estima um custo bruto total de R$ 2,3 bilhões em 2017, dos quais R $ 1,3 bilhões já transitaram nas demonstrações do 3T como despesa não recorrente. A partir de 2018, a redução anual estimada das despesas de pessoal é de R $ 1,5 bn.
 
 
Outlook.
 
Em nossa opinião, o Bradesco divulgou resultados trimestrais neutros, com a linha de fundo de acordo com nossas estimativas. Mantivemos nossa visão neutra sobre o nome e nossa recomendação Market Perform, enquanto o Bradesco ainda tem desafios com a integração do HSBC Brasil para serem abordados.
 
Além disso, a linha de fundo também será pressionada pela queda no resultado da seguradora.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do desempenho deo BRADESCO no #º trimestre/2017, elaborado por Wesley Bernabé, Carlos Daltozo e Kamila Oliveira, todos do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: Wesley Bernabé, Carlos Daltozo e Kamila Oliveira, todos do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
INVESTIMENTOS - O Mercado na 6ª feira: Bolsa sobe 0,25% e Dólar cai a R$ 3,307 16/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 6ª feira: Bolsa sobe 0,25% e Dólar cai a R$ 3,307
 
INVESTIMENTOS - Renda Fixa - Mercado Secundário de Debêntures em 14.12 16/12/2017
INVESTIMENTOS - Renda Fixa - Mercado Secundário de Debêntures em 14.12
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 5ª feira: Bolsa cai -0,67%; Dólar sobe a R$ 3,336 15/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 5ª feira: Bolsa cai -0,67%; Dólar sobe a R$ 3,336
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa caiu 1,22%, Dólar cai a R$ 3,322 14/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 2ª feira: Bolsa caiu 1,22%, Dólar cai a R$ 3,322
 
BOLETIM FOCUS de 11.12.2017 - Comentários pela equipe do BB Investimentos 11/12/2017
BOLETIM FOCUS de 11.12.2017 - Comentários pela equipe do BB Investimentos
 
INVESTIMENTOS - O Mercado Estável na 2ª feira: Ibovespa aos 72.800 pts e Dólar aos R$ 3,299 11/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado Estável na 2ª feira: Ibovespa aos 72.800 pts e Dólar aos R$ 3,299
 
INVESTIMENTOS - O Mercado na 3ª feira: Bolsa sobe 1,39%, Dólar sobe a R$ 3,326 12/12/2017
INVESTIMENTOS - O Mercado na 3ª feira: Bolsa sobe 1,39%, Dólar sobe a R$ 3,326
 
INVESTIMENTOS O  Mercado na 6ª feira, 08.12: Ibovespa sobe 0,34%; Dólar sobe a R$ 3,2960   09/12/2017
INVESTIMENTOS O Mercado na 6ª feira, 08.12: Ibovespa sobe 0,34%; Dólar sobe a R$ 3,2960
 
INVESTIMENTOS Mercado na 5ª feira, 07.12.2017: Ibovespa cai 1.07%. Dólar sobe a R$ 3,2890 08/12/2017
INVESTIMENTOS Mercado na 5ª feira, 07.12.2017: Ibovespa cai 1.07%. Dólar sobe a R$ 3,2890
 
INVESTIMENTOS O Mercado na 5ª feira, 30.11: Ibovespa cai 1,0%. Dólar sobe a R$ 3,27 30/11/2017
INVESTIMENTOS O Mercado na 5ª feira, 30.11: Ibovespa cai 1,0%. Dólar sobe a R$ 3,27
 
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009