Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

18 de Dezembro de 2017 as 05:12:06



ARGENTINA Batalha Campal nas ruas de Buenos Aires contra Reforma da Previdência de Macri



ARGENTINA – Batalha Campal nas ruas de Buenos Aires contra Reforma da Previdência
 
Na última 6ª feira, 15.12.2017, aconteceu verdadeira batalha campal nas ruas de Buenos Aires, com 1.500 soldados atirando bombas de gás lacrimogeo e balas de borracha sobre a população argentina que saiu em movimento contra a votação, no Congresso Argentino, naquela mesma tarde, de transformações no sistema de aposentadoria governamental. Não faltaram caminhões pipa e seus jatos de água sobre a população.
 
 
Aconteceu a mobilização do povo argentino prometida pelos sindicatos.  O presidente Macri acreditava ter os 129 votos necessários para passar a reforma da previdência. 
 
O presidente do Congresso, Emilio Monzó, liderava os trabalhos e buscou conduzir a votação.
 
 
Mas, as imagens pela TV de grande violência nas ruas e, internamento no Congresso, gritos, empurrões e os pedidos insistentes de parlamentares pela suspensão da votação, fizeram com que Monzó paralisasse os trabalhos. Antes, parlamentares kirchneristas aproximaram-se da mesa e aos gritos, empurrões e tapas no microfone tentaram impedir o início dos trabalhos.
 
 
Dentro do Congresso se escutava tiros dos policiais em manifestantes, com balas de borracha, gritos, palavras de ordem ... 1.500 policiais tiveram muito trabalho.
 
Os indicativos eram de todo o apoio do Congresso á proposta de Macri, mas a violência das ruas atingiu e feriu dois deputados de oposição que haviam também saído às ruas para prestar solidariedade aos manifestantes.
 
 
Terminou também em gritos e socos a seção anterior do Congresso, realizada na 3ª feira, 12.12, em que foi programada essa seção de 6ª feira, 15.12. 
 
Importante observar que nesta mesma 6ª feira havia acontecido em Buenos Aires o encontro para discussão do Acordo entre a União Europeia e o Mercosul. A Argentina ocupa no momento a presidência do Mercosul e o governo argentino esperava concluir essa negociação, bem como ter aprovada sua reforma da previdência.  
 
Macri sofreu duro revés e os sindicatos de trabalhadores marcaram um ponto ... e deram belo exemplo ao letárgico povo brasileiro que assiste inerte o desmonte dos mecanismos de proteção social do Estado Brasileiro pelo governo Temer.
 


Fonte: da Redação, com informações das agências internacionais e do jornal El Pais





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
COPA 2018 - Brasil, tropeça; Alemanha cai. México e Sérvia comemoram 17/06/2018
COPA 2018 - Brasil, tropeça; Alemanha cai. México e Sérvia comemoram
 
DIREITA ganha Eleições Presidenciais na Colômbia neste domingo 17/06/2018
DIREITA ganha Eleições Presidenciais na Colômbia neste domingo
 
COLÔMBIA - Eleições Presidenciais terão 2º turno em 17.06 29/05/2018
COLÔMBIA - Eleições Presidenciais terão 2º turno em 17.06
 
COLÔMBIA escolhe novo presidente neste domingo 17/06/2018
COLÔMBIA escolhe novo presidente neste domingo
 
KIM JONG-UN e TRUMP assinam um Acordo. É o final da cúpula histórica 12/06/2018
KIM JONG-UN e TRUMP assinam um Acordo. É o final da cúpula histórica
 
TRUMP e KIM encontram-se em Singapura para buscar acordo 12/06/2018
TRUMP e KIM encontram-se em Singapura para buscar acordo
 
FOX NEWS Jornalista  chama TRUMP e KIN de 10/06/2018
FOX NEWS Jornalista chama TRUMP e KIN de "DITADORES": É filha do embaixador dos EUA na Rússia
 
CAÇA F-15 dos EUA cai próximo a Okinawa, no Japão 10/06/2018
CAÇA F-15 dos EUA cai próximo a Okinawa, no Japão
 
ARGENTINA anuncia acordo com o FMI 08/06/2018
ARGENTINA anuncia acordo com o FMI
 
G7 - Líderes se degladiam pelo Twitter antes do Encontro do G7 08/06/2018
G7 - Líderes se degladiam pelo Twitter antes do Encontro do G7
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009