Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

11 de Janeiro de 2018 as 14:01:58



MALTRATO INFANTIL Governo da Etiópia proíbe adoção internacional de crianças



 
O Parlamento da Etiópia aprovou uma lei que proíbe a adoção internacional.  As adoções internacionais na Etiópia estavam suspensas desde abril de 2017 por causa de informações de casos de abusos de pais adotivos a crianças etíopes. Na última 3ª feira, 09.01, o Parlamento aprovou  a lei que as proibe definitivamente essas adoções.
 
O Ministério da Mulher e da Infância trabalha há alguns anos para estabelecer mecanismos com o objetivo de favorecer as adoções dentro do próprio país. Com isso, conseguiu uma tendência crescente, com resultados otimistas, de acordo o diretor de Relações Públicas do Ministério da Mulher e da Infância, Alemayehu Mammo.
 
"Acreditamos que há demanda suficiente para adotar crianças dentro da Etiópia e assim ajudá-las a crescer na sua própria cultura e manter sua identidade", 
 
Segundo ele, muitas famílias que davam seus filhos para adoção o faziam por motivos econômicos, embora nem sempre porque vivessem em situações de pobreza ou não pudessem mantê-los.
 
Apesar de não existirem dados oficiais sobre o número de adoções internacionais no país, os casos anuais passaram de milhares para 400 em 2017, segundo Mammo.
 
 
Abusos
 
Em um desses casos de abuso, um casal adotivo americano recebeu uma condenação de 37 e 28 anos de prisão (a mulher e o marido, respectivamente) em 2013 por deixar que sua filha, adotada na Etiópia em 2008, morresse de fome e frio.
 
O país africano é o preferido das famílias americanas para adotar, com casos conhecidos como o da atriz Angelina Jolie.
 
Mammo explicou que a principal razão da aprovação da lei é prevenir os abusos e as crises de identidade que as crianças adotadas sofrem".
 
O país não tinha mecanismos para identificar antecedentes e personalidade das famílias estrangeiras adotivas, a fim de poder controlar as crianças nos países de destino, alegou Mammo.O Parlamento da Etiópia aprovou uma lei que proíbe a adoção internacional.  


Fonte: AGÊNCIA BRASI. Copidescagem da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
Apoio a BOLSONARO afasta RIVALDO e RONALDINHO GAÚCHO do BARCELONA 16/10/2018
Apoio a BOLSONARO afasta RIVALDO e RONALDINHO GAÚCHO do BARCELONA
 
EUA x CHINA A Visão do Embaixador da China nos EUA 15/10/2018
EUA x CHINA A Visão do Embaixador da China nos EUA
 
FASCISMO - 09/10/2018
FASCISMO - "Temos de reagir ao fascismo na América Latina" diz MADURO
 
ITAMARATI cobra explicações sobre suposto Suicídio de Opositor de MADURO 09/10/2018
ITAMARATI cobra explicações sobre suposto Suicídio de Opositor de MADURO
 
BOLSONARO ganha no Exterior; CIRO fica em segundo 08/10/2018
BOLSONARO ganha no Exterior; CIRO fica em segundo
 
HADDAD 07/10/2018
HADDAD "PT apresentou candidatura com sabedoria", afirma ex-ministro argentino
 
EUA x CHINA Conflito já não é mais somente comercial, afirma especialista 06/10/2018
EUA x CHINA Conflito já não é mais somente comercial, afirma especialista
 
POTENCIAS querem livrar-se da Hegemonia do DÓLAR 06/10/2018
POTENCIAS querem livrar-se da Hegemonia do DÓLAR
 
PETRÓLEO Barril deve passar dos US$ 100 nas próximas semanas 06/10/2018
PETRÓLEO Barril deve passar dos US$ 100 nas próximas semanas
 
HADDAD 04/10/2018
HADDAD "PT apresentou candidatura com sabedoria", afirma ex-ministro argentino
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009