Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

05 de Março de 2018 as 23:03:49



MINISTRO BARROSO quebra sigilo bancário de TEMER



Barroso quebra sigilo bancário de Temer;
presidente garante divulgação total
 
 
Em nota, divulgada na noite desta 2ª feira, 05.03, a Presidência da República informou que o presidente Michel Temer irá solicitar ao Banco Central todos os seus extratos bancários e a divulgação desses após o ministro Luís Roberto Barroso, do STF Supremo Tribunal Federal, ter autorizado a quebra do sigilo bancário do presidente, conforme divulgado pela imprensa. 
 
"O presidente Michel Temer solicitará ao Banco Central os extratos de suas contas bancárias referentes ao período mencionado hoje no despacho do iminente ministro Luís Roberto Barroso. E dará à imprensa total acesso a esses documentos. O presidente não tem nenhuma preocupação com as informações constantes em suas contas bancárias",
 
diz a nota, assinada pela Secretaria Especial de Comunicação Social.
 
Barroso é o responsável no STF pelo inquérito que investiga o suposto favorecimento da empresa Rodrimar S.A. por meio da edição do chamado Decreto dos Portos (Decreto 9.048/2017), assinado pelo presidente Michel Temer em maio do ano passado.
 
Na ação, além de Temer, são investigados o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures e os empresários Antônio Celso Grecco e Ricardo Mesquita, donos da Rodrimar, empresa que atua no Porto de Santos.
 
Em janeiro, ao responder por escrito aos questionamentos dos delegados responsáveis pelo caso, a defesa do presidente Temer declarou que ele nunca foi procurado por empresários do setor portuário para tratar da edição do decreto, tampouco autorizou qualquer pessoa a fazer tratativas em seu nome.
 
 
Outro revés para Temer
 
Além desse processo, que envolve a suspeita de favorecimento da empresa Rodrimar S.A., o ministro do STF  Edson Fachin, na condição de relator da Lava Jato, autorizou na semana passada a inclusão de Temer como um dos investigados em outro inquérito, atendendo a pedido da Procuradora Geral da Repúbica, Rachel Dodge. Trata-se da investigação de repasses da Odebrecht ao PMDB, em 2014, no valor de R$ 10 milhões
 
Os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha já são alvo dessa mesma investigação deflagrada pelo então procurador, Rodrigo Janot, que na ocasião do início da operação avaliou que a Constituição Federal o impedia de investigar Temer por suspeitas de crimes anteriores ao periodo do mandato em curso.  Rachel Dodge reconsiderou esse entendimento e obteve a concordância de Edson Fachin.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir    Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


 Outras notícias.
ROSA WEBER  eleita presidente do TSE 20/06/2018
ROSA WEBER eleita presidente do TSE
 
PETROLEIROS ocupam a Câmara para barrar votação do PL 8939/17 20/06/2018
PETROLEIROS ocupam a Câmara para barrar votação do PL 8939/17
 
PETROBRAS perderá R$ 500 BI para Multinacionais do Petróleo com PL 8939/17 20/06/2018
PETROBRAS perderá R$ 500 BI para Multinacionais do Petróleo com PL 8939/17
 
PETROLEIROS Ação na Justiça contra venda de 4 Refinarias da Petrobras 20/06/2018
PETROLEIROS Ação na Justiça contra venda de 4 Refinarias da Petrobras
 
GLEISI HOFFMANN  2ª Turma do STF inocenta a senadora por Falta de Provas 20/06/2018
GLEISI HOFFMANN 2ª Turma do STF inocenta a senadora por Falta de Provas
 
STF 2ª Turma julga Pedido de Liberdade de Lula em 26.06 17/06/2018
STF 2ª Turma julga Pedido de Liberdade de Lula em 26.06
 
TEMER e MARUN discutem Agenda Entreguista: Eletrobras e Petrobras 15/06/2018
TEMER e MARUN discutem Agenda Entreguista: Eletrobras e Petrobras
 
ESCOLAS PÚBLICAS Senado aprova testes de visão e audição em alunos 15/06/2018
ESCOLAS PÚBLICAS Senado aprova testes de visão e audição em alunos
 
CONTAS DE TEMER Parecer do TCU sobre contas do governo chega ao Congresso 15/06/2018
CONTAS DE TEMER Parecer do TCU sobre contas do governo chega ao Congresso
 
SERPRO diz que não vendeu dados de brasileiros a site investigado 14/06/2018
SERPRO diz que não vendeu dados de brasileiros a site investigado
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009