Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

07 de Junho de 2018 as 17:06:59



CONSTRUÇÃO CIVIL Câmara Federal disciplina cancelamento da Compra de Imóveis - Análise pelo BB-BI



Construção Civil
 
Nota de pesquisa:
Proposta legislativa de Cancelamentos da Compra de Imóveis
 
07.06.2018
 
Nota da Pesquisa: Proposta Legislativa de Cancelamentos A Câmara dos Deputados aprovou, na 4ª feira, 06.06, a proposta legislativa 1.220/15 que disciplina o cancelamento da compra de imóveis.
 
Entre as condições estabelecidas, destacamos
 
(i) a incidência de uma multa de 50% sobre o valor pago pelo comprador, além de
 
(ii) o desconto da comissão de corretagem e os impostos incidentes sobre a propriedade antes da devolução do valor devido ao comprador.
 
Atualmente, devido à falta de uma lei que decida a questão, a maioria dos cancelamentos está sendo discutida em juízo, onde as decisões determinaram a retenção de 10% a 25% dos valores recebidos pelas empresas.
 
A novidade é positiva para o setor, principalmente para empresas voltadas ao segmento de média e alta renda (com destaque para Cyrela, Eztec, Even e Gafisa), sendo este o mais impactado pelos cancelamentos nos anos anteriores, devido a um maior endividamento da SBPE. restrição e taxas de juros mais altas que, juntamente com taxas de desemprego mais elevadas, tornaram difícil para os compradores de imóveis honrarem sua dívida.
 
Considerando o volume de distratos sobre entregas nos últimos 12 meses, Eztec, Even e Gafisa atingiram 32,4%, 24,7% e 58,9%, respectivamente (a Cyrela não divulga os números de seus cancelamentos), enquanto a média do setor, segundo dados divulgados pela Abrainc, atingiu 38,8% em março / 18.
 
Vale ressaltar, no entanto, que as empresas citadas já anteciparam um menor volume de entregas neste ano, reduzindo o impacto positivo das notícias no curto prazo, uma vez que já era esperado que os cancelamentos fossem menos onerosos para as empresas neste ano.
 
A maior parte dos lançamentos anteriores à crise, que respondem pelo maior volume de cancelamentos, já foram entregues em anos anteriores. Além disso, houve retração nos lançamentos durante a crise doméstica (em 2016 e 2017, principalmente), impactando negativamente as entregas a partir deste ano.
 
Embora a notícia seja positiva para construtoras, a deterioração dos fundamentos do mercado brasileiro aumentou a aversão ao risco e continua pressionando o mercado de ações do Brasil como um todo, o que leva o Ibovespa a sua baixa de seis meses hoje.
 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise elaborado por GEORGIA JORGE, CNPI, Analista Senior. do BB-BI

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: BB BI Georgia Jorge, CNPI, Analista Senior.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
CÂMARA aprova MP 870/19: COAF fica na Economia e FUNAI, na Justiça 22/05/2019
CÂMARA aprova MP 870/19: COAF fica na Economia e FUNAI, na Justiça
 
QUEIROZ pode ter sido assassinado, sugere Paulo Coelho 21/05/2019
QUEIROZ pode ter sido assassinado, sugere Paulo Coelho
 
Bolsonaro tornou Brasil submisso aos EUA, afirma Dilma Rousseff 21/05/2019
Bolsonaro tornou Brasil submisso aos EUA, afirma Dilma Rousseff
 
REFORMA TRIBUTÁRIA Relator apresenta parecer favorável na CCJ 16/05/2019
REFORMA TRIBUTÁRIA Relator apresenta parecer favorável na CCJ
 
RODRIGO MAIA assume interinamente a Presidência da República. 16/05/2019
RODRIGO MAIA assume interinamente a Presidência da República.
 
CASO MARIELLE  Nassif divulga hipótese consistente que envolve BOLSONARO 15/05/2019
CASO MARIELLE Nassif divulga hipótese consistente que envolve BOLSONARO
 
RODRIGO MAIA Extrema Direta no Poder não apresentou Projeto de Longo Prazo 14/05/2019
RODRIGO MAIA Extrema Direta no Poder não apresentou Projeto de Longo Prazo
 
UNIVERSIDADES Câmara convoca ministro para explicar corte orçamentario 15/05/2019
UNIVERSIDADES Câmara convoca ministro para explicar corte orçamentario
 
PRISÃO ILEGAL Ministros do STJ mandam soltar TEMER 14/05/2019
PRISÃO ILEGAL Ministros do STJ mandam soltar TEMER
 
JUSTIÇA CARIOCA quebra Sigilo Fiscal e Bancário de Flávio Bolsonaro e de Queiroz 14/05/2019
JUSTIÇA CARIOCA quebra Sigilo Fiscal e Bancário de Flávio Bolsonaro e de Queiroz
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites