Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

30 de Junho de 2018 as 02:06:31



GILMAR MENDES nega ação contra Prisão em 2ª instância



Gilmar Mendes nega ação do PT e PCdoB contra prisão em 2ª instância
 
 
O ministro do STF Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes rejeitou nesta 6ª feira, 29.06,  uma ação do PT e PCdoB contra a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, por suposta omissão, por não ter pautado novamente a questão da prisão em segunda instância.
 
Ao decidir o caso, o ministro disse que a questão já foi analisada pela Corte, que validou a prisão em segunda instância, e não há grave ameaça a algum direito fundamental por parte da presidência do STF.
 
"Por mais relevante que possa ser a questão debatida, a presidência do STF tem poder de organizar a ordem dos processos a serem julgados",
 
afirmou Mendes.
 
Em 28.06, por intermédio dos juristas Lênio Streck e Celso Antônio Bandeira de Mello e Fábio Konder Comparato, o PT e o PCdoB pediram a suspensão das decisões que determinaram prisões após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.
 
Na argumentação dos partidos, "diante da insistente recusa" da ministra Cármen Lúcia em pautar as ações que devem discutir definitivamente o tema, uma liminar para reconhecer que a prisão só pode ocorrer após o fim de todos os recursos possíveis, no STF, é necessária diante de "ato omissivo" da presidente.
 
"Milhares de prisões inconstitucionais estão sendo permitidas em razão da inércia da presidente ao deixar de pautar para julgamento a Medida Cautelar da ADC nº 54.",
 
diz a petição.
 
A Cármen Lúcia tem sido pressionada por alguns integrantes da Corte para que o plenário volte a julgar a questão da prisão em segunda instância.
 
A defesa de condenados na Operação Lava Jato, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer que seja revista a decisão do STF, tomada em 2016, que autoriza a prisão após o fim dos recursos na segunda instância. Cármen Lúcia já indicou que não pretende incluí-las na pauta do plenário.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
CNJ processa Moro para apurar indicação para o Ministério da Justiça 12/11/2018
CNJ processa Moro para apurar indicação para o Ministério da Justiça
 
CNJ quer explicações de MORO e desembargadores sobre HC de LULA 12/11/2018
CNJ quer explicações de MORO e desembargadores sobre HC de LULA
 
SE FOSSE TEMER, Vetaria Reajustes para os Magistrados 12/11/2018
SE FOSSE TEMER, Vetaria Reajustes para os Magistrados", afirma BOLSONARO
 
BOLSONARO Em apenas 9 dias Atritos Diplomáticos com diversos países 12/11/2018
BOLSONARO Em apenas 9 dias Atritos Diplomáticos com diversos países
 
REFORMA TRABALHISTA Completa o 1º Ano e não há o que comemorar 11/11/2018
REFORMA TRABALHISTA Completa o 1º Ano e não há o que comemorar
 
BOLSONARO tem nomes confirmados para 5 ministérios 08/11/2018
BOLSONARO tem nomes confirmados para 5 ministérios
 
PAULO GUEDES propõe votação de parte da Reforma da Previdência ainda em 2018 08/11/2018
PAULO GUEDES propõe votação de parte da Reforma da Previdência ainda em 2018
 
EXPERTS alertam Justiça Eleitoral não impediu o Uso Ilegal da Internet 07/11/2018
EXPERTS alertam Justiça Eleitoral não impediu o Uso Ilegal da Internet
 
FAKE NEWS influenciaram Eleições, dizem pesquisadores 02/11/2018
FAKE NEWS influenciaram Eleições, dizem pesquisadores
 
MORO Ministro, Especialistas avaliam futuro da Lava Jato 07/11/2018
MORO Ministro, Especialistas avaliam futuro da Lava Jato
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009