Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

25 de Julho de 2018 as 02:07:57



CARMEN LÚCIA libera Leilão de 6 Distribuidoras de Energia barrado por LEWANDOWSKY



Presidente do STF decide manter leilão de distribuidoras da Eletrobras
 
 
A presidente do STF Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, negou nesta 2ª feira, 23.07, o pedido de liminar feito pela AEEL Associação dos Empregados da Eletrobras para suspender o leilão distribuidoras estaduais de energia elétrica, subsidiárias da Eletrobras.
 
Na 5ª feira, 26.07, a CEPISA Companhia Energética do Piauí será a primeira das seis distribuidoras da Eletrobras que serão leiloadas. O leilão da Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), da Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), da Boa Vista Energia (Roraima) e da Amazonas Distribuidora de Energia (Amazonas Energia) está previsto para 30 de agosto.
 
No pedido liminar que chegou ao Supremo, a associação dos empregados contestou a liminar proferida pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador André Fontes, que liberou o leilão, após uma decisão da primeira instância que barrou a venda das empresas.
 
Para a Aeel, a decisão do desembargador descumpriu uma liminar do ministro Ricardo Lewandowski, que proibiu o governo de vender, sem autorização do Legislativo, o controle acionário de empresas públicas de economia mista.  As informações foram publicadas pela Agência Brasil.
 
 
Cármen Lúcia desqualificou análise do caso por Lewandowsky ?
 
Ao analisar o caso, Cármen Lúcia entendeu que o desembargador não descumpriu a decisão de Lewandowski e que o caso não pode ser analisado profundamente por meio de uma reclamação constitucional, tipo de ação utilizada para questionar a liberação do leilão.
 
"A decisão reclamada não se afasta dessa exigência. Ao contrário, ao examinar os diplomas legislativos correspondentes, assenta a existência de autorização legislativa para a alienação do controle acionário das distribuidoras elencadas no edital de Leilão n. 2/2018. Eventual desacerto nesta avaliação deve ser questionado na via recursal própria, não podendo ser sanada pela reclamação",
 
decidiu a ministra.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Subtítulo intermediário e Chamada de capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
PAULISTA - 70 MIL Trabalhadores fazem manifestação em frente ao Masp 23/03/2019
PAULISTA - 70 MIL Trabalhadores fazem manifestação em frente ao Masp
 
ESCLEROSE MÚLTIPLA - SUS vai oferecer medicamento para pacientes 03/01/2019
ESCLEROSE MÚLTIPLA - SUS vai oferecer medicamento para pacientes
 
Moreira Franco e Coronel Lima deixam sede da PF, deslocados ao Batalhão da PM 22/03/2019
Moreira Franco e Coronel Lima deixam sede da PF, deslocados ao Batalhão da PM
 
O MERCADO, 5ª feira: Ibovespa cai a 96.729 pts (-1,34%). Dólar sobe a R$ 3,800 21/03/2019
O MERCADO, 5ª feira: Ibovespa cai a 96.729 pts (-1,34%). Dólar sobe a R$ 3,800
 
RODRIGO MAIA anuncia Comissão Especial para analisar Reforma dos Militares 19/03/2019
RODRIGO MAIA anuncia Comissão Especial para analisar Reforma dos Militares
 
21/03/2019
MPF acusa Temer e Moreira Franco de corrupção em obras de Angra 3
 
TEMER Preso em São Paulo a mando do Juiz Marcelo Bretas 21/03/2019
TEMER Preso em São Paulo a mando do Juiz Marcelo Bretas
 
'MOLEQUE INCONSEQUENTE'  Advogada Conselheira da OAB-DF ataca Procurador da Lava Jato 16/03/2019
'MOLEQUE INCONSEQUENTE' Advogada Conselheira da OAB-DF ataca Procurador da Lava Jato
 
Pesquisa IBOPE revela queda da aprovação de Bolsonaro 20/03/2019
Pesquisa IBOPE revela queda da aprovação de Bolsonaro
 
CHANTAGEM - Paulo Guedes ameaça abandonar governo 16/03/2019
CHANTAGEM - Paulo Guedes ameaça abandonar governo
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites