Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

11 de Setembro de 2018 as 04:09:15



MUSEU NACIONAL Nova Agência assume reconstrução, a Agência Brasileira de Museus



Nova agência vai assumir reconstrução do Museu Nacional
 
 
Com a criação da ABRAM Agência Brasileira de Museus, a UFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro deixará o papel central na reconstrução do Museu Nacional do Rio de Janeiro.
 
Na Medida Provisória (MP) que cria a agência, a responsabilidade pelas reformas do museu muda de mãos.
 
O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, explicou que a criação da Abram não excluirá a universidade do processo.
 
“Também por via da MP, estamos atribuindo à Abram a reconstrução do Museu Nacional, respondendo àqueles que clamavam por um modelo de gestão e governança, em parceria estreita com a UFRJ”,
 
disse Leitão.
 
Integrantes da área técnica da Casa Civil destacaram a importância do papel da universidade no desenvolvimento educacional de pesquisas em relação ao museu, mas acreditam que a Abram poderá gerir com mais eficiência o processo de reconstrução, inclusive captando mais recursos.
 
Uma forma de captação, e a mais exaltada pelo governo, é a criação de um fundo patrimonial. São fundos de recursos privados, destinados a fins específicos. O primeiro fundo será criado justamente pela Abram em prol do Museu Nacional, captando recursos de empresas e bancos privados.
 
Essa facilidade dos fundos patrimoniais em captar e destinar recursos sem submetê-los às burocracias e limitações do orçamento público, são o principal argumento do governo para afirmar que, no futuro, o Museu Nacional poderá ser administrado pela Abram, desde que a UFRJ abra mão dessa gestão.
 
A universidade já rejeitou a ideia de separá-la do museu. Em nota divulgada na última 6ª feira, 07.09, a instituição afirmou que ambas são indissociáveis e separá-los seria um “ato arbitrário e autoritário contra a autonomia universitária”. A nota explica que o museu é unidade de ensino, extensão e pesquisa da UFRJ e afirma que sua indissociabilidade está prevista no artigo 207 da Constituição.
 
Repasse do MEC
 
A UFRJ é a responsável pela administração e pelos repasses financeiros ao Museu Nacional. No dia 3 de setembro, o Ministério da Educação anunciou a liberação de R$ 10 milhões para o Museu Nacional. Neste caso, a Abram fica fora deste processo. Mas isso não significa que os recursos vão passar obrigatoriamente pela universidade. A contratação das obras emergenciais poderá ser feita pelo próprio ministério.
 
O ministro interino da Educação, Henrique Sartori, disse que o ministério e a UFRJ estão em tratativas para realizar um “termo de execução descentralizada” e trabalham para que o valor chegue ao museu.
 
“No cronograma estabelecido, todos fazendo sua parte, estamos cumprindo para que, o mais rápido possível, esse valor já chegue na ponta, com a contratação das empresas em modo emergencial para providenciar essa etapa, que é a proteção do museu nesse primeiro momento”.
 
Já o ministro do Planejamento, Esteves Colnago, destacou uma “menor liberdade” da UFRJ em gerir seus recursos.
 
“Ela tem um limite orçamentário que ela tem que respeitar, então o recurso que entrar vai concorrer com outros recursos que lá estão. A UFRJ tem menos liberdade para alocar recursos a mais no museu”,
 
afirmou. A UFRJ, no entanto, já iniciou as contratações emergenciais, mesmo sem ter recebido ainda o dinheiro.
 


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
RAQUEL DODGE recomenda ao STF impedir LULA de conceder Entrevistas 20/04/2019
RAQUEL DODGE recomenda ao STF impedir LULA de conceder Entrevistas
 
INVASÃO DE TERRAS tem que ser tipificada como Terrorismo, diz Bolsonaro 19/04/2019
INVASÃO DE TERRAS tem que ser tipificada como Terrorismo, diz Bolsonaro
 
ALEXANDRE DE MORAIS volta atrás 19/04/2019
ALEXANDRE DE MORAIS volta atrás
 
BOLSONARO defende Mineração e Agricultura em Terras Indígenas 19/04/2019
BOLSONARO defende Mineração e Agricultura em Terras Indígenas
 
BOLSONARO acusa Pescadores de Fraude no Seguro-Defeso 19/04/2019
BOLSONARO acusa Pescadores de Fraude no Seguro-Defeso
 
TOFFOLI libera processo a Lewandowski para LULA para conceder entrevista a jornalistas 19/04/2019
TOFFOLI libera processo a Lewandowski para LULA para conceder entrevista a jornalistas
 
CAMINHONEIROS Comando Nacional dos Transporte é contra a greve 18/04/2019
CAMINHONEIROS Comando Nacional dos Transporte é contra a greve
 
MORO convoca Força Nacional de Segurança para o Planalto. PSOL vai à Luta. 17/04/2019
MORO convoca Força Nacional de Segurança para o Planalto. PSOL vai à Luta.
 
PREVIDÊNCIA Guedes promete detalhar dados financeiros à Comissão Especial da Câmara 16/04/2019
PREVIDÊNCIA Guedes promete detalhar dados financeiros à Comissão Especial da Câmara
 
SALÁRIO MÍNIMO Governo propõe R$ 1.040 para 2.020 15/04/2019
SALÁRIO MÍNIMO Governo propõe R$ 1.040 para 2.020
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites