Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

30 de Setembro de 2018 as 23:09:45



REINO UNIDO Governo blefa contra a Rússia sobre Uso de Armas Químicas na Síria



Autoridades do Reino Unido prosseguem nas acusações à Rússia sobre pretenso uso de armas químicas na Síria, em busca de camuflar atuação sabotadora do serviço de inteligência inglês MI-6
 
 
Jeremy Hunt, secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, fez neste domingo, 30.09. ameaças à Rússia caso o Kremlin utilize armas químicas. 
 
"Sob os conservadores, a Grã-Bretanha tem uma mensagem simples para o Kremlin: se você tentar intimidar esse país, se usar armas químicas, se não seguir as regras internacionais, o preço sempre será alto demais",
 
disse Hunt. na Conferência do Partido Conservador.
 
A Rússia não mais possui armas desse tipo, uma vez que destruiu todo seu arsenal qúimico, conforme atesta a OPAQ Organização para a Proibição de Armas Químicas.
 
Em 4 de março deste ano, o agente duplo russo Sergei Skripal e sua filha Yulia foram encontrados inconscientes em um banco de shopping da cidade britânica de Salisbury, com sintomas de envenenamento que logo levaram Londres a acusar Moscou de ter utilizado um agente nervoso na tentativa de assassinar o ex-espião, com uma substância identificada como A-234.
 
 
Laboratório não atestou origem
 
Embora o laboratório responsável tenha afirmado que não poderia provar a origem da substância utilizada no ataque, as acusações contra a Rússia continuaram, desencadeando fortes tensões diplomáticas entre os dois países. 
 
Moscou sempre negou e segue negando as acusações de envolvimento no ataque, dizendo que o caso Skripal estaria desmoronando devido à falta de provas sobre a suposta participação russa.
 
 
OPAQ chancela argumento russo
 
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia enviou cerca de 60 notas diplomáticas ao Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido exigindo que a Rússia tivesse acesso à investigação e aos Skripals, que têm cidadania russa, além de propor assistência jurídica e cooperação, mas as autoridades britânicas não responderam a nenhuma dessas notas.
 
A Rússia também enfatizou que continua comprometida com a Convenção sobre Armas Químicas (CWC), lembrando que seu arsenal de armas químicas foi totalmente destruído, o que foi confirmado pela Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) em setembro de 2017. 
 
 
EUA mantem arsenal de armas químicas
 
De acordo com o presidente russo, Vladimir Putin, ao contrário do seu país, são os Estados Unidos que não cumprem suas obrigações para eliminar suas armas químicas, permanecendo o único grande dono de agentes de guerra química no mundo e adiando seu prazo para a destruição dessas armas para 2023.
 
 
VEJA TAMBÉM
 


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa e Subtítulo da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
IRÃ salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no Golfo de Omã 13/06/2019
IRÃ salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no Golfo de Omã
 
ATAQUE A PETROLEIROS Japão duvida de versão dos EUA de culpa do Irã  16/06/2019
ATAQUE A PETROLEIROS Japão duvida de versão dos EUA de culpa do Irã
 
ISRAEL - Exército de Israel inicia ataques na Faixa de Gaza 13/06/2019
ISRAEL - Exército de Israel inicia ataques na Faixa de Gaza
 
IRÃ não abandonará Programa de Mísseis, diz aiatolá Ali Khamenei 06/06/2019
IRÃ não abandonará Programa de Mísseis, diz aiatolá Ali Khamenei
 
MOSCOU apoia Pacto de Não-Agressão entre IRÃ e Países do Golfo 03/06/2019
MOSCOU apoia Pacto de Não-Agressão entre IRÃ e Países do Golfo
 
TRUMP em Campanha Eleitoral 02/06/2019
TRUMP em Campanha Eleitoral
 
FILIPINAS  Presidente DUTERTE diz que 01/06/2019
FILIPINAS Presidente DUTERTE diz que "se curou" de ser gay
 
ISRAEL terá Novas Eleições após  fracasso de NETANYAHU em formar governo. 31/05/2019
ISRAEL terá Novas Eleições após fracasso de NETANYAHU em formar governo.
 
BRASIL NA OCDE  Economista da UFRJ explica o processo 30/05/2019
BRASIL NA OCDE Economista da UFRJ explica o processo
 
JAPÃO Esfaqueamento em massa deixou 2 mortos e 17 crianças feridas em Kanagawa 28/05/2019
JAPÃO Esfaqueamento em massa deixou 2 mortos e 17 crianças feridas em Kanagawa
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites