Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

09 de Outubro de 2018 as 17:10:13



ITAMARATI cobra explicações sobre suposto Suicídio de Opositor de MADURO



Brasil cobra explicações sobre suposto suicídio de opositor de Maduro
 
 
O governo brasileiro, por meio do Ministério das Relações Exteriores, cobrou nesta 3ª feira, 09.10, explicações do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, sobre a morte do seu opositor Fernando Albán.
 
Em nota, o Itamaraty informa que há dúvidas sobre as circunstâncias em que ele morreu e pede investigação transparente do caso.
 
O vereador venezuelano Fernando Albán estava detido na sede do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), sob acusação de envolvimento com o atentado contra Maduro, no início de agosto. De acordo com a Polícia do país, ele se jogou do décimo andar de um edifício na Plaza Venezuela de Caracas, quando ia ser levado para os tribunais.
 
“As circunstâncias da morte de Fernando Albán em instalações prisionais sob direto e integral controle das autoridades venezuelanas suscitam legítimas e fundadas dúvidas quanto a eventuais responsabilidades e exigem a mais rigorosa, independente e transparente investigação”,
 
diz a nota do Itamaraty.
 
De forma objetiva e direta, o Itamaraty cobra explicações de Maduro:
 
“O governo brasileiro recorda a obrigação do Estado venezuelano e do governo do Presidente Nicolás Maduro de garantir a integridade de todos aqueles que tenham sob sua custódia.”
 
O Ministério Público da Venezuela informou que há uma investigação em curso. O Primero Justicia (PJ), partido do vereador, denunciou o caso como assassinato.
 
Acnur
 
O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) informou que vai investigar a morte de Fernando Albán como parte do relatório elaborado pelo Conselho de Direitos Humanos sobre os abusos cometidos na Venezuela.
 
Ravina Shamdasani, porta-voz do Acnur, disse que a morte do vereador será um dos assuntos da investigação sobre as violações dos direitos humanos da organização.
 
"O Conselho de Direitos Humanos encarregou nosso escritório de elaborar um relatório sobre a Venezuela, por isso, investigaremos todos os aspectos da situação dos direitos humanos no país",
 
disse ela.
 
Manifestação
 
Ontem, simpatizantes de opositores venezuelanos presos se manifiestaram, em frente ao edificio do serviço de inteligência Sebin. Com cartazes, eles exigem provas de vida de opositores ao regime de Nicolás Maduro detidos nos últimos meses e a que consideram presos políticos.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
TRUMP anuncia Emergência Nacional para construir Muro 16/02/2019
TRUMP anuncia Emergência Nacional para construir Muro
 
VENEZUELA China e Cuba enviam medicamentos e kits de diagnóstico em doações 14/02/2019
VENEZUELA China e Cuba enviam medicamentos e kits de diagnóstico em doações
 
BLOQUEIO A CUBA Senadores Republicanos e Democratas dos EUA Apresentam Projeto para Suspensão 14/02/2019
BLOQUEIO A CUBA Senadores Republicanos e Democratas dos EUA Apresentam Projeto para Suspensão
 
EUA prepara Aventura Militar Disfarçada de Ajuda Humanitária à Venezuela, informa o Governo Cubano 14/02/2019
EUA prepara Aventura Militar Disfarçada de Ajuda Humanitária à Venezuela, informa o Governo Cubano
 
VENEZUELA em Manobras Militares gigantes de 10 a 15 de fevereiro 13/02/2019
VENEZUELA em Manobras Militares gigantes de 10 a 15 de fevereiro
 
MOODY'S eleva Rating Soberano da RÚSSIA 10/02/2019
MOODY'S eleva Rating Soberano da RÚSSIA
 
MADURO anuncia Execícios Militares em Grande Escala 10/02/2019
MADURO anuncia Execícios Militares em Grande Escala
 
FACEBOOK Alemanha restringe coleta de dados de usuários 09/02/2019
FACEBOOK Alemanha restringe coleta de dados de usuários
 
JAMAL KHASHOGGI - ONU diz que morte de jornalista foi planejada pela Arábia Saudita 09/02/2019
JAMAL KHASHOGGI - ONU diz que morte de jornalista foi planejada pela Arábia Saudita
 
VENEZUELA Militares bloqueiam ponte para impedir Ajuda Humanitária da Colômbia 08/02/2019
VENEZUELA Militares bloqueiam ponte para impedir Ajuda Humanitária da Colômbia
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009