Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

Terça-Feira, Dia 04 de Dezembro de 2018 as 19:12:16



FIM DO MINISTÉRIO DO TRABALHO - Ministro teme Desmanche da Fiscalização



Ministro do Trabalho teme desmanche na fiscalização com fim da pasta
 
 
O ministro do Trabalho e Emprego, Caio Vieira de Mello, disse nesta 3ª feira, 04.12, que a extinção da pasta no futuro governo de Bolsonaro provocará um “desmanche” nas atividades de fiscalização do trabalho.
 
“É um ato complexo, de uma repercussão social grande. É um desmanche de maior fiscalização, piora a condição social do trabalhador”,
 
disse o ministro em entrevista a Rádio Nacional.
 
Vieira de Mello espera que Bolsonaro repense a decisão.
 
“Eu espero que repensem. O Ministério do Trabalho é um órgão histórico. É um seio de direito social”. Ele acrescentou que o órgão foi “inteiramente saneado”.
 
A extinção do MTE foi confirmada na 2ª feira, 03.12, pelo futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.
 
Em meados deste ano, a Polícia Federal revelou um amplo esquema de corrupção dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho, com suspeita de envolvimento de servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares.
 
A partir de janeiro do ano que vem, as atribuições do ministério serão divididas entre três pastas. Tanto as concessões de cartas sindicais quanto a fiscalização das condições de trabalho ficarão a cargo do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Sob o guarda-chuva do Ministério da Economia e da Cidadania serão divididas as políticas de emprego, contemplando ações voltadas para o empregador e para empresários.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
TARIFAS DE ÔNIBUS Justiça suspende aumento  em São Paulo 16/02/2019
TARIFAS DE ÔNIBUS Justiça suspende aumento em São Paulo
 
HOMOFOBIA  Celso de Mello admite Omissão do Congresso em não criminalizar 15/02/2019
HOMOFOBIA Celso de Mello admite Omissão do Congresso em não criminalizar
 
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Bolsonaro aprova idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres 14/02/2019
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Bolsonaro aprova idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres
 
BOLSONARO tem alta hospitalar e segue a Brasília 13/02/2019
BOLSONARO tem alta hospitalar e segue a Brasília
 
PREVIDÊNCIA - Texto da Reforma pronto, aguarda Bolsonaro 12/02/2019
PREVIDÊNCIA - Texto da Reforma pronto, aguarda Bolsonaro
 
EMBRAER - 181 jatos executivos e comerciais entreges em 2018 11/02/2019
EMBRAER - 181 jatos executivos e comerciais entreges em 2018
 
BOLSONARO quer que PF identifique responsáveis por Facada 10/02/2019
BOLSONARO quer que PF identifique responsáveis por Facada
 
Ministro da Saúde defende Educação Sexual nas Escolas 09/02/2019
Ministro da Saúde defende Educação Sexual nas Escolas
 
CT DO FLAMENGO  Prefeitura do Rio pediu interdição em 2017 09/02/2019
CT DO FLAMENGO Prefeitura do Rio pediu interdição em 2017
 
CARTEIRA DE TRABALHO VERDE E AMARELA Guedes defende a Redução de Direitos e Custos Trabalhistas 07/02/2019
CARTEIRA DE TRABALHO VERDE E AMARELA Guedes defende a Redução de Direitos e Custos Trabalhistas
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites
JORNAL FRANQUIA - Todos os direitos reservados 2009