Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Editorial

25 de Dezembro de 2018 as 05:12:23



EDITORIAL - Oração de Natal



Oração de Natal
 
 
Por aguda estupidez e descompromisso com a Nação Brasileira pela elite dominante  -- aquelas 800 pessoas grandemente abastadas que dominam o País, 600 delas em São Paulo, como descreveu o professor Jessé Souza (*), --  o Brasil se encontra grandemente fragilizado.
 
Essa fragilidade não advém somente do despreparo, da precariedade intelectual e incapacidade de negociação democrática e inexperiência do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e de seu anunciado ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo, intelectualmente medíocre e declaradamente subalterno ao Império.
 
Tudo isso é determinante. Mas, a fragilidade do País neste especial momento advém igualmente de a Força Aérea Brasileira e a Marinha do Brasil, em um quadro mundial em que um amplo conflito bélico encontra-se em preparo, essas Forças contarem com meios de defesa do País insuficientes e tecnologicamente ultrapassados. 
 
Também o Exército Brasileiro apresenta algumas vulnerabilidades, tais como a total carência de baterias anti-aéreas modernas e de misseis de curto, médio e longo alcance e adequados para defesa anti-aérea.
 
Neste difícil momento em que o futuro governo antes mesmo da posse cria atritos com a China e países a Comunidade Árabe, fazem muita falta Getúlio, JK e Lula, por sua singular visão estratégica e capacidade de negociação. E lamentavelmente não há no horizontes substitutos à altura, exceto mentalidades toscas e obscurantistas, antidemocráticas e autoritárias, que desprezam o Povo do Brasil e desdenham a premência do resgate da gigantesca dívida social brasileira, em favor de uma perspectiva mercadófila medíocre e mesquinha,  concentradora de renda e subalterna aos interesses externos e ao capital financeiro.
 
Acrescente-se a tudo isso a generalizada desmoralização internacional do governo Bolsonaro, antes mesmo da posse, e quanto isso poderá operar negativamente em negociações internacionais, como já sinalizaram a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente francês Macron, o presidente da China, Xi Jin-ping e o secretário geral dos países da Liga Árabe.
 
Salvem-nos Santos e Guias Protetores da Nação Brasileira ... e em sua ausência, o Acaso ... pois, prossegue o Povo Brasileiro em sua histórica letargia pós-eleitoral, sob a liderança de uma esquerda exclusivamente eleitoreira e dominada por advogados e professores que operam sob o domínio do stablishment, totalmente perdida e sem saber como dar combate efetivo aos golpistas e emissários do capital financeiro e do império, cuja atuação imoral usurpou o Poder Popular estabelecido pela Constituição de 1988 e firmado pelo voto nas eleições de 2014, vilipendiou a Verdade, mata a Democracia, rouba Direitos dos Trabalhadores e destrói a economia do País.
 
 
(*) SOUZA, Jessé. A Classe Média no Espelho, Sua História, Seus Sonhos e Ilusões, Sua Realidade. 1ª edição, pág. 180, GMT Editores Ltda. Rio de Janeiro, 2018

 



Fonte: DA REDAÇÃO JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
EDITORIAL - O Lixo da História 16/05/2020
EDITORIAL - O Lixo da História
 
EDITORIAL - Inoperância da Classe Política acelera as 08/05/2020
EDITORIAL - Inoperância da Classe Política acelera as "Aproximações Sucessivas"
 
EDITORIAL Boicote do Ministério da Economia e  fogo-amigo ultra-liberal, barreiras ao Plano Pro-Brasil 23/04/2020
EDITORIAL Boicote do Ministério da Economia e fogo-amigo ultra-liberal, barreiras ao Plano Pro-Brasil
 
AUXÍLIO EMERGENCIAL - Caixa paga hoje a 3,6 Milhões de Beneficiários 16/04/2020
AUXÍLIO EMERGENCIAL - Caixa paga hoje a 3,6 Milhões de Beneficiários
 
EDITORIAL Pibinho Escancara Embuste das Reformas Liberais. E vem mais ! 04/03/2020
EDITORIAL Pibinho Escancara Embuste das Reformas Liberais. E vem mais !
 
EDITORIAL Glenn Greenwald, jornalista americano, heroi brasileiro 22/01/2020
EDITORIAL Glenn Greenwald, jornalista americano, heroi brasileiro
 
EDITORIAL - Até quando a Pasmaceira do Povo e a conivência da Oposição ? 13/12/2019
EDITORIAL - Até quando a Pasmaceira do Povo e a conivência da Oposição ?
 
EDITORIAL - Reservas Internacionais, Banco Central inicia a torra 30/10/2019
EDITORIAL - Reservas Internacionais, Banco Central inicia a torra
 
EDITORIAL - No Rio, Terrorismo de Estado, Afirmação de Poder e Dominação 19/09/2019
EDITORIAL - No Rio, Terrorismo de Estado, Afirmação de Poder e Dominação
 
EDITORIAL Crescimento? Talvez em 3 ou 4 anos, em 2022, ao final do mandato, diz Guedes 15/09/2019
EDITORIAL Crescimento? Talvez em 3 ou 4 anos, em 2022, ao final do mandato, diz Guedes
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites