Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

Sexta-Feira, Dia 04 de Janeiro de 2019 as 20:01:23



BOLSONARO se equivocou, afirma Lorenzoni



Governo não vai aumentar impostos, afirma Onyx
 
 
O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta 6ª feira, 04.01,  que o governo não vai aumentar impostos.
 
“É um princípio deste governo não haver aumento de carga tributária”,
 
afirmou Onyx, ao explicar a sanção do projeto de incentivos fiscais para as superintendências de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Nordeste (Sudene).
 
Segundo Onyx, o aumento do IOF Imposto sobre Operações Financeiras era uma das possibilidades para assegurar o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em virtude da aprovação dos incentivos fiscais para a Amazônia e o Nordeste, mas essa possibilidade foi afastada.
 
“O presidente [Jair Bolsonaro] ontem [3] assinou a sanção. Este poderia ter sido o caminho de hoje, assinado o decreto. A solução [de não aumentar o IOF] foi encontrada porque a equipe da Receita e da Casa Civil buscou a solução. E nós optamos, validamos com o presidente, por essa solução”,
 
afirmou o ministro.
 
 
Jair Bolsonaro “se equivocou”
 
De acordo com Onyx, o presidente Jair Bolsonaro “se equivocou” ao dizer que havia assinado o aumento do IOF.
 
“Ele se equivocou. Ele assinou a continuidade do projeto da Sudam e da Sudene”,
 
disse Onyx, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.
 
 
Orçamento
 
O ministro Onyx Lorenzoni disse que os incentivos aprovados para Sudam e Sudene não terão influência em 2019 e, por isso, não atingem a LRF. Conforme Onyx, existe um prazo de 12 a 14 meses entre a empresa apresentar proposta para se beneficiar desses incentivos fiscais e de fato começar a usufruir desses benefícios.
 
“Portanto, colocamos lá que, para o exercício de 2020 e 2021, como a peça orçamentária será constituída em 2019, o governo fará a devida previsão orçamentária”,
 
disse o ministro.
 
“Sancionou porque é meritório, as regiões Norte e Nordeste precisam. Tinha que ter sido resolvido pelos governo que estava no poder.”
 
A SUDECO Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste, no entanto, ficou de fora. Segundo Onyx, a situação desta era diferente da da Sudam e da Sudene e comprometeria a LRF e o orçamento público.
 
“Trata de uma prorrogação de cinco anos, podendo ser prorrogado por mais cinco. No caso da Sudeco, era a criação de um novo programa, e isso não é suportado pela peça orçamentária, nem pela Lei de Responsabilidade Fiscal. E por isso foi vetado.”


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
THE INTERCEPT publica 3ª Rodada: Moro, o verdadeiro chefe da LavaJato 15/06/2019
THE INTERCEPT publica 3ª Rodada: Moro, o verdadeiro chefe da LavaJato
 
GENERAL SANTOS CRUZ bloqueou dinheiro para Olavo de Carvalho 15/06/2019
GENERAL SANTOS CRUZ bloqueou dinheiro para Olavo de Carvalho
 
THE INTERCEPT publica mais conversas comprometedoras em Moro e Força Tarefa LavaJato 15/06/2019
THE INTERCEPT publica mais conversas comprometedoras em Moro e Força Tarefa LavaJato
 
BOLSONARO critica decisão do STF de Criminalizar Homofobia 15/06/2019
BOLSONARO critica decisão do STF de Criminalizar Homofobia
 
BOLSONARO critica decisão do Senado de sustar decreto de armas 14/06/2019
BOLSONARO critica decisão do Senado de sustar decreto de armas
 
14/06/2019
FACADA Juiz Federal absolve Adélio Bispo. Bolsonaro irá recorrer da decisão.
 
ACOSSADO PELO INTERCEPT Moro alega 14/06/2019
ACOSSADO PELO INTERCEPT Moro alega "Descuido" nas mensagens
 
GLEISI HOFFMANN rechaça ataque desesperado do general HELENO 14/06/2019
GLEISI HOFFMANN rechaça ataque desesperado do general HELENO
 
MORO e DALLAGNOL são Mentirosos. E TV Globo os protege, acusa LULA 13/06/2019
MORO e DALLAGNOL são Mentirosos. E TV Globo os protege, acusa LULA
 
ANTES DA RUÍNA Gen. Santos Cruz deixa Secretaria de Governo; general RAMOS assume 13/06/2019
ANTES DA RUÍNA Gen. Santos Cruz deixa Secretaria de Governo; general RAMOS assume
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites