Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

10 de Janeiro de 2019 as 00:01:23



POSSE DE MADURO - Federação das Favelas repudia 'Grupo de Lima"



Nota da Federação de Favelas do Rio de Janeiro em repúdio ao Grupo de Lima.
 
 
"A Federação de Favelas do Rio de Janeiro considera minúscula a decisão do governo brasileiro e do Grupo de Lima de não reconhecer Nicolás Maduro como presidente eleito na Venezuela. 
 
"Nos últimos anos temos visto uma grande processo de polarização política desafiando as democracias do mundo a respeitarem a decisões, esperanças e reivindicações que o povo deposita nas urnas.
 
"Nós das favelas e periferias do Brasil respeitamos o processo democrático, embora nunca tenhamos experimentado em nossos territórios o sabor de uma democracia plena. 
 
"A contradição entre capitalismo e democracia permite que as favelas participem dos pleitos eleitorais, embora nos coloquem em uma posição marginal em relação à sociedade.
 
"Dessa forma, mesmo com todas as diferenças ideológicas reconhecemos o governo Bolsonaro eleito democraticamente. Exigimos que o Grupo de Lima e o governo brasileiro reconheça Nicolás Maduro como presidente da Venezuela assegurando a paz, estabilidade e soberania popular em nosso continente.
 
"O governo de Jair Bolsonaro representa o avanço da extrema direita que toma conta do mundo e da América Latina. A história nos mostra que governos como esses são capazes de produzir episódios lamentáveis para humanidade como Fascismo, Nazismo, Holocausto e duas Guerras Mundiais.
 
"O governo de Nicolás Maduro representa a soberania popular e a Revolução Bolivariana iniciada pelo comandante Hugo chávez. Maduro foi democraticamente eleito com 67,84% dos votos, inclusive com a participação de observadores internacionais durante o pleito eleitoral. Nas ultimas décadas a Revolução Bolivariana tem mostrado que o verdadeiro protagonista e dirigente dos rumos da nação venezuelana é o povo.
 
"Denunciamos a intenção espúria do Grupo de Lima ao se alinhar aos Estados Unidos em uma clara associação imperialista que visa desestabilizar a Venezuela e saquear sua principal riqueza que é o petróleo.
 
"Exigimos que tanto o Grupo de Lima quanto o governo brasileiro respeitem o princípio de autodeterminação dos povos e procurem o diálogo franco e aberto para solucionar eventuais conflitos entre os países de nosso continente. Devemos estar unidos através do MERCOSUL para rechaçar os ataques do governo de Donald Trump a nossa América Latina. Também devemos buscar aproximação diplomática e comercial às diversas potências do mundo como China e Rússia com o objetivo de alavancar nosso crescimento e desenvolvimento.
 
"Esperamos que o Grupo de Lima e o governo brasileiro reconheçam a soberania popular e chancelem o governo de Nicolás Maduro na Venezuela eleito democraticamente.
 
"Com Chávez e Maduro o povo está seguro!
 
"Rio de Janeiro 09 de Janeiro de 2018.
 
Assina: Federação de Favelas do Estado do Rio de Janeiro."
 
 


Fonte: Federação das Favelas do Rio de Janeiro





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
IRÃ salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no Golfo de Omã 13/06/2019
IRÃ salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no Golfo de Omã
 
ATAQUE A PETROLEIROS Japão duvida de versão dos EUA de culpa do Irã  16/06/2019
ATAQUE A PETROLEIROS Japão duvida de versão dos EUA de culpa do Irã
 
ISRAEL - Exército de Israel inicia ataques na Faixa de Gaza 13/06/2019
ISRAEL - Exército de Israel inicia ataques na Faixa de Gaza
 
IRÃ não abandonará Programa de Mísseis, diz aiatolá Ali Khamenei 06/06/2019
IRÃ não abandonará Programa de Mísseis, diz aiatolá Ali Khamenei
 
MOSCOU apoia Pacto de Não-Agressão entre IRÃ e Países do Golfo 03/06/2019
MOSCOU apoia Pacto de Não-Agressão entre IRÃ e Países do Golfo
 
TRUMP em Campanha Eleitoral 02/06/2019
TRUMP em Campanha Eleitoral
 
FILIPINAS  Presidente DUTERTE diz que 01/06/2019
FILIPINAS Presidente DUTERTE diz que "se curou" de ser gay
 
ISRAEL terá Novas Eleições após  fracasso de NETANYAHU em formar governo. 31/05/2019
ISRAEL terá Novas Eleições após fracasso de NETANYAHU em formar governo.
 
BRASIL NA OCDE  Economista da UFRJ explica o processo 30/05/2019
BRASIL NA OCDE Economista da UFRJ explica o processo
 
JAPÃO Esfaqueamento em massa deixou 2 mortos e 17 crianças feridas em Kanagawa 28/05/2019
JAPÃO Esfaqueamento em massa deixou 2 mortos e 17 crianças feridas em Kanagawa
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites