Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

20 de Fevereiro de 2019 as 11:02:56



REFORMA DA PREVIDÊNCIA - Bolsonaro entrega proposta à Câmara. Saiba aqui o Processo.



 
O presidente Jair Bolsonaro entregou na manhã desta 4ª feira, 20.02, a proposta da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Acompanhado dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ele chegou por volta das 9h30 ao prédio do Congresso Nacional.
 
Bolsonaro e os ministros foram recepecionados pelos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).
 
Tramitação
 
Inicialmente, a proposta é submetida à análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, e depois será discutida e votada em uma comissão especial da Casa, antes de seguir para o plenário.
 
308 votos são necessários na Câmara
 
No plenário, a aprovação do texto depende de dois dois turnos de votação com, no mínimo, três quintos dos deputados (308 votos) de votos favoráveis.
 
Em seguida, a proposta vai para o Senado cuja tramitação também envolve discussão e votações em comissões para depois, ir a plenário.
 
65 e 62 anos, para homens e mulheres
 
O texto elaborado pelo governo propõe idade mínima para aposentadoria para homens (65 anos) e mulheres (62 anos), além de um período de transição.
 
Oposição em Aventais Laranjas
 
A oposição, contrária à proposta, protestou em frente ao gabinete da presidência da Câmara. Um grupo de deputados, usando aventais alaranjados e laranjas nas mãos, fez críticas à reforma da Previdência.
 
PEC 6/2019, na CCJ da Câmara
 
O projeto de reforma da Previdência entregue por Bolsonaro vai tramitar na Câmara dos Deputados como PEC 6/2019.
 
A matéria será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), que, no prazo de cinco sessões do plenário, deve se pronunciar sobre sua admissibilidade e votar parecer elaborado pelo relator. A CCJ vai analisar se a proposta está de acordo com a Constituição Federal.
 
Se o texto for aprovado na CCJ, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), designará uma comissão especial para análise do mérito da proposição. Esse colegiado terá o prazo de 40 sessões do plenário, a partir de sua constituição, para aprovar um parecer. Apenas na comissão especial poderão ser apresentadas emendas, com o mínimo de 171 assinaturas de deputados cada uma, no prazo de dez sessões.
 
Após a publicação do parecer e intervalo de duas sessões, a proposta será votada em plenário, em dois turnos de discussão e votação. Entre os dois turnos há um intervalo de cinco sessões do plenário.
 
Para ser aprovada, a PEC precisa ter, em dois turnos, 308 votos dos deputados (3/5), em votação nominal.
 
Senado
 
Aprovada, a proposta segue para o Senado, onde será analisada apenas pela Comissão de Constituição e Justiça e pelo plenário da Casa. No Senado, a PEC também precisa ser aprovada em dois turnos.
 
Para a aprovação, são necessários 49 votos dos senadores (3/5) em cada turno.
 
Se o Senado aprovar a proposta recebida da Câmara com o mesmo conteúdo, o texto será promulgado pelo Congresso Nacional e torna-se uma emenda à Constituição.
 
Mas, no caso de a Casa aprovar texto diferente do da Câmara, a PEC volta para ser analisada pelos deputados.
 
Para uma emenda ser promulgada, o mesmo texto precisa ser aprovado pelas duas Casas. As novas regras passam a valer após a promulgação pelo presidente do Congresso.
 
 
Confira no anexo a íntegra do texto do Projeto PEC 06/2019, do governo Bolsonaro, elaborado pelo ministro Paulo Guedes e encaminhado à Câmara dos Deputados em 20.02.2019.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa e Subtítulos da Redação JF

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
LEVY descarta irregularidades no Fundo da Amazônia 26/05/2019
LEVY descarta irregularidades no Fundo da Amazônia
 
SUDENE apresenta Projeto de Desenvolvimento para o Nordeste: 24/05/2019
SUDENE apresenta Projeto de Desenvolvimento para o Nordeste:
 
BIOECONOMIA Programa federal fomentará cadeias produtivas da bioeconomia 24/05/2019
BIOECONOMIA Programa federal fomentará cadeias produtivas da bioeconomia
 
CÂMARA aprova MP 870/19: COAF fica na Economia e FUNAI, na Justiça 22/05/2019
CÂMARA aprova MP 870/19: COAF fica na Economia e FUNAI, na Justiça
 
QUEIROZ pode ter sido assassinado, sugere Paulo Coelho 21/05/2019
QUEIROZ pode ter sido assassinado, sugere Paulo Coelho
 
Bolsonaro tornou Brasil submisso aos EUA, afirma Dilma Rousseff 21/05/2019
Bolsonaro tornou Brasil submisso aos EUA, afirma Dilma Rousseff
 
REFORMA TRIBUTÁRIA Relator apresenta parecer favorável na CCJ 16/05/2019
REFORMA TRIBUTÁRIA Relator apresenta parecer favorável na CCJ
 
RODRIGO MAIA assume interinamente a Presidência da República. 16/05/2019
RODRIGO MAIA assume interinamente a Presidência da República.
 
CASO MARIELLE  Nassif divulga hipótese consistente que envolve BOLSONARO 15/05/2019
CASO MARIELLE Nassif divulga hipótese consistente que envolve BOLSONARO
 
RODRIGO MAIA Extrema Direta no Poder não apresentou Projeto de Longo Prazo 14/05/2019
RODRIGO MAIA Extrema Direta no Poder não apresentou Projeto de Longo Prazo
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites