Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

14 de Março de 2019 as 00:03:27



NETANYAHU, "Ladrão que lidera Israel", afirma Erdogan, o presidente da Turquia


Erdogan e Netaniahu
Erdogan está em campanha eleitoral e, verdade ou não, utiliza a seu favor eleitoral a técnica de mobilização da população turca face ao ataque sistêmico de Netaniahu à população palestina
 
 
O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, durante um comício de campanha eleitoral nesta 4ª feira, 13.03, referiu-se ao premiê israelense Benjamin Netanyahu como "o ladrão que lidera Israel".
 
O líder turco também qualificou Netanyahu como um "tirano que massacra crianças palestinas de 7 anos".
 
Os comentários explosivos de Erdogan vieram após o tweet do seu porta-voz, Ibrahim Kalin, que acusou o premiê israelense por seus comentários sobre o status dos árabes em Israel.
 
​Netanyahu diz que Israel é "um Estado-nação não de todos os seus cidadãos, mas apenas do povo judeu".
 
"Condeno veementemente este flagrante racismo e discriminação. Em Israel vivem 1,6 milhão de árabes/muçulmanos. Será que os governos ocidentais vão reagir ou ficar novamente silenciosos sob pressão?"
 
Estado de Apartheid
 
Anteriormente, o presidente turco também havia estabelecido comparações entre as ações de Israel e a perseguição nazista aos judeus, repudiando Netanyahu como o "premiê de um Estado de apartheid", que tem "o sangue de palestinos em suas mãos".
 
Como resposta, o primeiro-ministro israelense afirmou que "um homem que envia milhares de soldados turcos para manter a ocupação do norte do Chipre e invade a Síria não nos vai dar sermões".
 
Desde abril de 2018, Erdogan e Netanyahu estão envolvidos em uma guerra de palavras aparentemente interminável, desencadeada principalmente pelos confrontos mortais na Faixa de Gaza, no auge da Grande Marcha do Retorno dos palestinos.
 
A violência atingiu seu clímax no dia da abertura oficial da Embaixada dos EUA em Jerusalém — seis meses depois que o presidente norte-americano Donald Trump anunciou o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel.
 
As autoridades israelenses culpam o Hamas pela violência, com os militares respondendo aos lançamentos de foguetes e balões incendiários desde a Faixa de Gaza com ataques aéreos, principalmente contra alvos do grupo palestino. Esses confrontos já custaram a vida de cerca de 200 pessoas.
 
 


Fonte: SPUTINIK NEWS. Subtítulos e Copidescagem da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
BORIS JOHNSON concorre ao cargo de Premiê Britânico 26/05/2019
BORIS JOHNSON concorre ao cargo de Premiê Britânico
 
THEREZA MAY João Bôbo Político, perdido no BREXIT 25/05/2019
THEREZA MAY João Bôbo Político, perdido no BREXIT
 
NOVA ROTA DA SEDA - Como impulsionará o Crescimento Chinês no Futuro 25/05/2019
NOVA ROTA DA SEDA - Como impulsionará o Crescimento Chinês no Futuro
 
MOURÃO encontrou-se com Xi Jinping em Pequim na 6ª feira 25/05/2019
MOURÃO encontrou-se com Xi Jinping em Pequim na 6ª feira
 
XI JINPING recebeu Hamilton Mourão no Palácio do Povo, em Pequim 25/05/2019
XI JINPING recebeu Hamilton Mourão no Palácio do Povo, em Pequim
 
THEREZA MAY renuncia ao cargo de Primeira-Ministra 24/05/2019
THEREZA MAY renuncia ao cargo de Primeira-Ministra
 
MOURÃO será recebido pelo presidente XI JINPIN nesta 6ª feira 24/05/2019
MOURÃO será recebido pelo presidente XI JINPIN nesta 6ª feira
 
TRUMP dá chapéu em Bolsonaro e Brasil fica distante da OCDE 22/05/2019
TRUMP dá chapéu em Bolsonaro e Brasil fica distante da OCDE
 
MORGAN STANLEY  Muito cedo para comprar dívida de emergentes 22/05/2019
MORGAN STANLEY Muito cedo para comprar dívida de emergentes
 
NASA Asteroide Gigante e Veloz passará perto da Terra em 26.05 21/05/2019
NASA Asteroide Gigante e Veloz passará perto da Terra em 26.05
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites