Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Economia e Finanças

11 de Abril de 2019 as 23:04:02



O MERCADO, 5ª feira: Ibovespa cai 1,25% a 94.754 pts. Dólar sobe a R$ 3,856



Diario do Mercado na 5ª feira, 11.04.2019
 
Mercado acionário torna a cair com a “armadilha da previdência”
 
Comentário.
 
O cerne da questão para os investidores é a reforma da previdência. Isto tornou-se tão crucial que nenhuma outra notícia benéfica parece conseguir aplacar seja qual for o temor em relação ao tema, com os agentes extremamente sensíveis a qualquer obstáculo pontual.
 
No dia, positivamente, o governo enviou para a Câmara dos Deputados o projeto de autonomia do Banco Central. Também, favoravelmente, em avaliação veiculada na imprensa, cumpriu integralmente 18 e parcialmente 17 propostas planejadas e divulgadas em janeiro deste ano – ou seja, implementou todas as 35 metas comprometidas para os primeiros 100 dias do governo do Presidente Jair Bolsonaro – fato nunca ocorrido anteriormente.
 
Todavia, a possibilidade de transitório atraso na admissibilidade da reforma da previdência na CCJ (Câmara de Constituição e Justiça), por conta de disputas políticas, trouxe receio aos agentes e terminou por compelir pressão vendedora sobre o Ibovespa, que terminou negativo pelo terceiro pregão consecutivo.
 
Externamente, sem nenhuma informação mais relevante no dia, os índices das bolsas de Nova York operaram não distantes da estabilidade.  
 
No Brasil, o dólar comercial subiu e terminou cotado a R$ R$ 3,8230 (-0,78%). Os juros futuros foram na mesma direção e avançaram em toda a extensão de sua estrutura a termo, com realce para a parte intermediária da curva.
 
Ibovespa.
 
O índice abriu e perfez logo em seguida trajetória descendente até pouco antes da primeira hora da tarde. A partir daí, passou a oscilar ao redor dos 94.500 pts, melhorando um pouco na meia hora final.
 
O Ibovespa fechou aos 94.754 pts (-1,25%), passando a acumular -2,42% na semana, -0,69% no mês, +7,81% no ano e +11,15% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 11,336 bilhões, sendo R$ 10,878 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 7 de abril (último dado disponível), houve retirada líquida de capital estrangeiro de R$ 533,447 milhões, com montante de R$ 454,12 milhões no mês. Em 2019, passou a acumular saldo positivo de R$ 1,706 bilhões.
 
Câmbio e CDS.
 
A divisa norte-americana encerrou em alta ante ao real na quinta-feira, influenciado diretamente pela valorização do dólar no exterior e, tanto quanto, pelo cenário doméstico de cautela, com os investidores atentos ao andar da proposta da reforma da Previdência.
 
O dólar comercial (interbancário) fechou cotado a R$ 3,8560 (+0,86%), acumulando agora -1,53% no mês, -0,42% no ano e +13,88% em 12 meses. A taxa Ptax fechou valendo R$ 3,8399 (+0,14%).
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil subiu a 173 pts, ante 169 pts na véspera.
 
Juros.
 
Os juros encerraram a sessão regular em alta, num movimento estimulado pela valorização do dólar no mercado global e por incertezas em relação a um possível atraso na admissão da reforma da Previdência na CCJ.
 
Em relação à véspera, as taxas assim finalizaram: o DI janeiro/2020 em 6,48% de 6,47%; o DI janeiro/2021 em 7,13% de 7,06%; o DI janeiro/2023 em 8,24% de 8,16%; o DI janeiro/2025 em 8,73% de 8,67%; e o DI janeiro/2027 em 9,05% de 8,99%. 
 
Agenda Econômica.
 
Nos EUA, o total de pedidos semanais de seguro-desemprego cederam a 196 mil novos pedidos atingindo o menor nível desde 1969, com o recuo de 8 mil solicitações em relação à semana anterior, informou o Departamento do Trabalho local. 
 
Para a sexta-feira
 
Brasil: Confiança do consumidor; Volume setor de serviços e Atividade Econômica.
 
Zona do Euro: Produção industrial.
 
China: IPC; IPP e Balança comercial. 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 5ª feira, 11.04.2019, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos, que respondem integralmente por análises, diagnósticos aqui e ali apresentados. 

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrantes do BB Investimentos.

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
CARRO HÍBRIDO-FLEX lançado em São Paulo pela Toyota 18/04/2019
CARRO HÍBRIDO-FLEX lançado em São Paulo pela Toyota
 
PADRÃO-OURO - O Sistema Monetário atual irá terminar em breve ? 18/04/2019
PADRÃO-OURO - O Sistema Monetário atual irá terminar em breve ?
 
INFLAÇÃO DE VOLTA - IGP-M alcança 8,5% em 12 meses, cálculo da FGV 17/04/2019
INFLAÇÃO DE VOLTA - IGP-M alcança 8,5% em 12 meses, cálculo da FGV
 
PIBINHO cai 0,4% em fevereiro e sobe 1,1% no acumulado de 12 meses 17/04/2019
PIBINHO cai 0,4% em fevereiro e sobe 1,1% no acumulado de 12 meses
 
DIESEL Bolsonaro suspende o aumento. Caem as Ações da Petrobras 12/04/2019
DIESEL Bolsonaro suspende o aumento. Caem as Ações da Petrobras
 
SETOR DE SERVIÇOS - Desempenho Setorial em Fevereiro/2019, pelo BB-BI 12/04/2019
SETOR DE SERVIÇOS - Desempenho Setorial em Fevereiro/2019, pelo BB-BI
 
SIDERURGIA E MINERAÇÃO Relatório Setorial de Desempenho - Março/2019 12/04/2019
SIDERURGIA E MINERAÇÃO Relatório Setorial de Desempenho - Março/2019
 
O MERCADO, 5ª feira: Ibovespa cai 1,25% a 94.754 pts. Dólar sobe a R$ 3,856 11/04/2019
O MERCADO, 5ª feira: Ibovespa cai 1,25% a 94.754 pts. Dólar sobe a R$ 3,856
 
IPCA de março acima do esperado 11/04/2019
IPCA de março acima do esperado
 
IGP-DI tem Inflação de 1,07% em março 09/04/2019
IGP-DI tem Inflação de 1,07% em março
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites