Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

16 de Abril de 2019 as 23:04:09



PREVIDÊNCIA Guedes promete detalhar dados financeiros à Comissão Especial da Câmara


Paulo Guedes na CCJ da Câmara
 
Após o fiasco da audiência da semana passada na CCJ da Câmara, em que foi desmascarado brilhantemente pelo deputado Reginaldo Lopes1, Paulo Guedes, a pedido de comitiva de17 deputados do PSDB, deverá corrigir omissões informativas sobre as fontes de recursos para a economia de R$ 1 trilhão proposta pelo governo para a reforma da Previdência. 
 
O ministro da Economia, Paulo Guedes, apresentará, na primeira audiência da comissão especial da Câmara dos Deputados que discute a reforma da Previdência, uma previsão detalhada de quanto o governo pretende economizar com cada um dos itens da proposta. Ele repassou a informação ao líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP).
 
“O próprio ministro reconheceu que [os dados detalhados] não foram apresentados ainda e assumiu o compromisso de, na primeira audiência pública na comissão especial, levar todos os dados, inclusive os microdados que possam nortear a discussão de cada um dos itens abordados na reforma”,
 
disse Sampaio. Acompanhado de 17 deputados do partido, ele reuniu-se com Paulo Guedes para explicar a posição da legenda em torno da reforma da Previdência.
 
Segundo Sampaio, o importante é que a reforma da Previdência seja economicamente adequada e socialmente justa. Ele listou seis pontos em torno do qual o PSDB pretende apresentar sugestões: prazo de transição para as novas regras, envolvimento dos estados e dos municípios na reforma, aposentadoria rural, Benefício de Prestação Continuada (BPC), aposentadoria por invalidez e pensão por morte.
 
“São todos temas caros à sociedade brasileira e precisamos de dados justamente para saber quais são as sugestões de aprimoramento que precisamos fazer”,
 
justificou o líder do PSDB. Ele reiterou que o partido continua independente em relação ao governo e não faz parte da base de apoio.
 
“O PSDB tem autonomia, independência, não é base do governo, mas quer colaborar com esse governo e ajudar o país”.
 
Mais cedo, Guedes reuniu-se com 14 deputados do PSD, também para discutir a reforma da Previdência. Ao longo desta semana, o ministro deve continuar a se encontrar com partidos independentes e da base aliada para debater os impactos da reforma, que atualmente tramita na CCJ Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.
 


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa e Subtítulo da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
COAF Presidente do BC nomeia o presidente do UIF, ex-Coaf 20/08/2019
COAF Presidente do BC nomeia o presidente do UIF, ex-Coaf
 
PSDB Conselho de Ética vota expulsão de AÉCIO NEVES na 4ª feira 20/08/2019
PSDB Conselho de Ética vota expulsão de AÉCIO NEVES na 4ª feira
 
FORÇAS ARMADAS em regime de Meio Expediente, tal como no governo neo-liberal de FHC 17/08/2019
FORÇAS ARMADAS em regime de Meio Expediente, tal como no governo neo-liberal de FHC
 
ARGENTINA tem novo ministro da Economia, Hernán Lacunza 17/08/2019
ARGENTINA tem novo ministro da Economia, Hernán Lacunza
 
MERCOSUL 17/08/2019
MERCOSUL "Brasil sai do Bloco se Argentina frear abertura", diz Guedes
 
PGR pede ao STJ acesso a inquérito sobre Caso MARIELLE 16/08/2019
PGR pede ao STJ acesso a inquérito sobre Caso MARIELLE
 
PREVIDÊNCIA NO SENADO - CCJ define Calendário 16/08/2019
PREVIDÊNCIA NO SENADO - CCJ define Calendário
 
6ª MARCHA DAS MARGARIDAS em Brasília: 100 mil mulheres de todo o País 14/08/2019
6ª MARCHA DAS MARGARIDAS em Brasília: 100 mil mulheres de todo o País
 
LEILÃO de três áreas portuárias nesta 3ª feira 13/08/2019
LEILÃO de três áreas portuárias nesta 3ª feira
 
DALAGNOL Conselho Nacional do MP desarquiva Processo Disciplinar 13/08/2019
DALAGNOL Conselho Nacional do MP desarquiva Processo Disciplinar
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites