Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

28 de Abril de 2019 as 06:04:08



ENTREVISTA DE LULA - A Dura Batalha para chegar até Lula


Presidente LULA, e seus netos
 
Cale-se Lula para o "Delenda Cartago"
 
Uma dura batalha. Mas, na última 6ª feira, 26.04, o ex-presidente Lula pôde enfim conceder a entrevista ansiosamente esperada, aos jornalistas Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, e Florestan Fernandes Junior, do jornal El Pais.
 
Preso desde 07.04.2018, há 386 dias, os jornalistas enfrentaram verdadeira maratona durante alguns meses para conseguir autorização para entrevista-lo. De início, solicitada autorização ao STF, o ministro Ricardo Lewandowiski autorizou a entrevista, contudo, a autorização foi suspensa pelo presidente da Corte, Dias Toffoli, no período anterior à votação no segundo turno das eleições presidenciais de 2018, sob a alegação de que a entrevista poderia tumultuar o quadro político.
 
Nos últimos dias, contudo, o panorama foi bastante alterado com a intensificação de ataques contra o STF promovidos pela direita radical que observa crescerem as chances de cair, em nova plenária do STF, a tese de prisão após sentença julgada em Segunda Instância, algo que poderia levar à soltura de Lula. 
 
Os ataques foram tão intensos aos membros da Corte, notadamente a Dias Toffoli e a Gilmar Mendes, que o ministroToffoli determinou ao ministro Alexandre de Moraes a incumbência de determinar à Polícia Federal uma investigação das origens de fake news difamatórias contra os membros da Corte. Simultaneamente, determinou a retirada de reportagens da revista Crusoé e do site O Antagonista que citavam o presidente da Corte, Dias Toffoli.
 
Raquel Dodge, chefe da PGR Procuradoria Geral da República, determinou o arquivamento do pedido de investigação, mas Alexandre de Moraes rejeitou o que entendeu como um pedido da PGR de arquivamento, e mandou a PF fazer buscas e apreensões que atingiram quatro pessoas suspeitas de envolvimento, inclusive um general da reserva ativista da extrema direita, Paulo Chagas, candidato derrotado ao governo do DF em 2018.
 
Houve forte reação da grande mídia (Estadão, Folha, O Globo, Veja, Isto é, Correio Brasiliense) contra a ação dos ministros em desfavor das duas publicações difamatórias. A retória da direita foi a defesa da liberdade de imprensa. Com isso, abriu-se a oportunidade de uma ação política da Corte. Embora mantendo a investigação das fake News, Toffoli e Morais voltaram atrás e cancelaram a ordem de retirada das reportagens da revista Cruzoé e do site O Antagonista. 
 
E, aproveitando o singular momento político de retórica de valorização da liberdade de imprensa, o ministro Toffoli liberou, simultaneamente, a autorização do ministro Ricardo Lewandowski -- que retivera por cinco meses -- à jornalista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo, e ao jornalista do El Pais, Florestan Fernandes Jr., para entrevistarem ambos o ex-presidente Lula. 
 
 
Cale-se Lula para o "Delenda Cartago"
 
Raquel Dodge, chefe da PGR, solicitou ao STF, em 19.04, suspender a autorização dessa entrevista, embora implicasse em restrição da liberdade de expressão do ex—presidente Lula, ferindo um princípio constitucional. 
 
“...  a proibição de que Luiz Inácio Lula da Silva conceda entrevistas em áudio e/ou vídeo, apesar de ser restritiva da sua liberdade de expressão, é medida proporcional e adequada a garantir que as finalidades da pena a ele imposta sejam concretizadas, sendo, portanto, compatível com a ordem jurídica do País”,
 
"O fato é que ele [Lula] é um detento em pleno cumprimento de pena e não um comentarista de política",
 
Afirmou a procuradora, em consonância, em nosso entender, com os acordos de cooperação, estabelecidos desde a gestão de Rodrigo Janot, entre a PGR e o Departamento de Justiça dos EUA, no sentido de retirar por completo o ex-presidente da vida pública do País, por tudo que o ex-presidente poderia representar de oposição e de capacidade de mobilização política em contrário á entrega do Pré-Sal à exploração pelas empresas norte-americanas, da Embraer  à Boeing, e da Base de Alcântara ao governo dos EUA, o grande objetivo, no plano nacional, da prisão do ex-presidente Lula ... no plano internacional, a desarticulação do BRICS. 
 
O pedido da PGR não foi acolhido pelo STF, embora tenha merecido articulação e editoriais em seu favor pela grande mídia mencionada. 
 
E a grande entrevista pôde finalmente acontecer na última 6ª feira, 26.04.2019. Ainda houve tentativa de tumulto pelo delegado da Polícia Federal, Luciano Flores Lima, a mando de Sérgio "Conjo" Moro. Por própria conta o delegado resolveu incluir entre os entrevistadores os jornalistas representantes da grande imprensa que, desde novembro de 2018, buscaram impedir a entrevista, sem considerar que o ex-presidente Lula não autorizara sua entrevista a essa mídia que o perseguira.  
 
Acionado o STF, o ministro Ricardo Lewandowiski determinou que a entrevista fosse exclusivamente concedida aos jornalistas Monica Bergamo e Florestan Fernandes Jr,por meio da seguinte sentença:
 
"À liberdade de imprensa, apesar de ampla, deve ser conjugado com o direito fundamental de expressão, que tem caráter personalíssimo, cujo exercício se dá apenas nas condições e na extensão desejadas por seu detentor, no caso, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva."
 
Na entrevista, o ex-presidente demonstrou a grande lucidez de sua visão a respeito do quadro político nacional e internacional, com alegria, bem estar, boa disposição para o diálogo, brilhantismo e com grandes sonhos a respeito da vida nacional. Em outra matéria iremos expor os pontos essenciais debatidos na entrevista por LULA.


Fonte: da Redação JF. Imagem de

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
COAF Presidente do BC nomeia o presidente do UIF, ex-Coaf 20/08/2019
COAF Presidente do BC nomeia o presidente do UIF, ex-Coaf
 
PSDB Conselho de Ética vota expulsão de AÉCIO NEVES na 4ª feira 20/08/2019
PSDB Conselho de Ética vota expulsão de AÉCIO NEVES na 4ª feira
 
FORÇAS ARMADAS em regime de Meio Expediente, tal como no governo neo-liberal de FHC 17/08/2019
FORÇAS ARMADAS em regime de Meio Expediente, tal como no governo neo-liberal de FHC
 
ARGENTINA tem novo ministro da Economia, Hernán Lacunza 17/08/2019
ARGENTINA tem novo ministro da Economia, Hernán Lacunza
 
MERCOSUL 17/08/2019
MERCOSUL "Brasil sai do Bloco se Argentina frear abertura", diz Guedes
 
PGR pede ao STJ acesso a inquérito sobre Caso MARIELLE 16/08/2019
PGR pede ao STJ acesso a inquérito sobre Caso MARIELLE
 
PREVIDÊNCIA NO SENADO - CCJ define Calendário 16/08/2019
PREVIDÊNCIA NO SENADO - CCJ define Calendário
 
6ª MARCHA DAS MARGARIDAS em Brasília: 100 mil mulheres de todo o País 14/08/2019
6ª MARCHA DAS MARGARIDAS em Brasília: 100 mil mulheres de todo o País
 
LEILÃO de três áreas portuárias nesta 3ª feira 13/08/2019
LEILÃO de três áreas portuárias nesta 3ª feira
 
DALAGNOL Conselho Nacional do MP desarquiva Processo Disciplinar 13/08/2019
DALAGNOL Conselho Nacional do MP desarquiva Processo Disciplinar
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites