Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

01 de Maio de 2019 as 01:05:51



O MERCADO, 3ª Feira: Ibovespa estável em 96.353 pontos. Dólar cai a R$ 3,921



Diário do Mercado na 3ª feira 30.04.2019
 
Ibovespa prossegue navegando ao redor dos 96 mil pts 
 
Comentário.
 
Este foi mais um pregão em que o índice brasileiro abriu ascendente e depois não teve forças para se sustentar, apenas reagindo no final para encerrar em pequena alta.
 
Tanto as notícias domésticas, como as externas, “não fizeram preço”, com os agentes optando pela cautela em véspera de feriado no Brasil e em diversos mercados pelo mundo, mas no qual as bolsas de valores norte-americanas funcionarão.
 
Ademais, mesmo com os agentes prevendo que o Fed vai manter a taxa de juros nesta quarta-feira no intervalo entre 2,25% e 2,50%, os investidores internos preferiram não correr maiores riscos no dia.
 
Enfim, em abril, o Ibovespa terminou acumulando alta de 0,98% (fechou aos 96.353 pts), mas, em termos de encerramento, pode-se dizer que ficou “de lado” nos três últimos meses, período no qual acumulou variação de -1,07%, após alta de 10,8% em janeiro.
 
Destaque este mês para as empresas ligadas ao agronegócio, com BRF (BRFS3: +37,1%); JBS (JBSS3: +24,2%) e Marfrig (MRFG3: +22,4%), que avançaram com a percepção de maiores exportações de produtos por conta do agravamento da crise de peste suína na China.  Externamente, repercutindo os balanços de empresas divulgados no dia, os índices Dow Jones e S&P500 subiram, mas o Nasdaq caiu.
 
No Brasil, o dólar comercial fechou cotado a R$ 3,9210 (-0,48%). Os juros futuros mostraram pequeno e progressivo recuo da ponta curta para a mais longa, na esteira do dólar. 
 
Ibovespa.
 
O índice subiu de início, mas após a primeira hora de negócios entrou e passou a maior parte do pregão em campo negativo. Na meia hora final, com a zeragem de posicionamentos neste final de mês e com a melhoria do S&P500, reagiu positivamente. O preliminar giro da Bovespa foi de R$ 13,071 bilhões, sendo R$ 12,739 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 26 de abril (último dado disponível), o ingresso líquido de capital estrangeiro foi de R$ 308,789 milhões na Bovespa, com a saída líquida passando a R$ 936,311 milhões em abril. Em 2019, o saldo positivo acumula agora R$ 315,778 milhões.
 
Câmbio e CDS. 
 
O dólar norte-americano recuou frente ao real, seguindo o comportamento do mercado internacional de moedas, no dia da formação da taxa PTAX que precificará os contratos vincendos na quinta-feira, dia 2. 
 
O dólar comercial (interbancário) fechou cotado a R$ 3,9210 (-0,48%), acumulando +0,39% na semana, +0,13% no mês, +1,19% no ano e +11,90% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país pelo CDS Brasil 5 anos cedeu a 173 pts de 174 pts. 
 
Juros.
 
Os juros futuros fecharam a sessão regular em queda progressiva ao longo de sua curva de estrutura a termo, acompanhando o movimento de baixa do dólar.
 
Em relação à véspera, assim finalizaram: o DI janeiro/2020 em 6,50% de 6,51%; o DI janeiro/2021 em 7,12% de 7,14%; o DI janeiro/2023 em 8,23% de 8,26%; o DI janeiro/2025 em 8,75% de 8,78%; e o DI janeiro/2027 em 9,06% de 9,10%. 
 
Agenda Econômica. 
 
No Brasil, a taxa de desemprego (PNAD contínua) atingiu 12,7% no trimestre móvel encerrado em março de 2019, acima do trimestre encerrado em dezembro de 2018 (11,6%) mas abaixo do mesmo período do ano anterior (13,1%). Já o déficit primário e o déficit nominal foram de R$ 18,6 bilhões e R$ 62,2 bilhões em março, respectivamente.
 
Para a semana
 
Brasil: PMI Manufatura; Balança Comercial Mensal; Utilização da capacidade e Produção industrial.
 
EUA: ADP Variação setor empregos; PMI Manufatura; Decisão taxa FOMC; Taxa de decisão FOMC; Novos pedidos seguro-desemprego; Payroll e Taxa de desemprego.
 
Alemanha: PMI Manufatura.
 
Zona do euro: PMI Manufatura.
 
Japão: PMI Manufatura.
 
Confira no anexo a íntegra do relatorio de análise do comportamento do mercado na 3ª feira, 30.4.2019, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrantes do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 21.08 Programe seu Investimento 21/08/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 21.08 Programe seu Investimento
 
O MERCADO, 21.08: Ibovespa volta superar 100.000 pts, Dólar cai a R$ 4,030 21/08/2019
O MERCADO, 21.08: Ibovespa volta superar 100.000 pts, Dólar cai a R$ 4,030
 
VAREJO - Desempenho do Setor no 1º Semestre/2019: Positivo 21/08/2019
VAREJO - Desempenho do Setor no 1º Semestre/2019: Positivo
 
O MERCADO, 20.08: Ibovespa em trajetória errática. Dólar cai a R$ 4,051 20/08/2019
O MERCADO, 20.08: Ibovespa em trajetória errática. Dólar cai a R$ 4,051
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.08 Programe seu Investimento 19/08/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.08 Programe seu Investimento
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures - Relatório de 13.08.2019 16/08/2019
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures - Relatório de 13.08.2019
 
O MERCADO, 16.08: Ibovespa sobe 0,76% a 99.805 pts. Dólar sobe a R$ 4,003 16/08/2019
O MERCADO, 16.08: Ibovespa sobe 0,76% a 99.805 pts. Dólar sobe a R$ 4,003
 
O MERCADO, 15.08, Ibovespa abaixo dos 100 mil pts com persistência de temores 16/08/2019
O MERCADO, 15.08, Ibovespa abaixo dos 100 mil pts com persistência de temores
 
O MERCADO, 14.08: Ibovespa cai 2,94% a 100.258 pts. Dólar sobe 1,79% a R$ 4,038 14/08/2019
O MERCADO, 14.08: Ibovespa cai 2,94% a 100.258 pts. Dólar sobe 1,79% a R$ 4,038
 
O MERCADO, 3ª Feira: R$ 5 BI líquidos deixaram a B3 em agosto. E R$ 15 BI no ano 14/08/2019
O MERCADO, 3ª Feira: R$ 5 BI líquidos deixaram a B3 em agosto. E R$ 15 BI no ano
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites