Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Quarta-Feira, Dia 08 de Maio de 2019 as 23:05:39



O MERCADO, 4ª Feira: Ibovespa sobe a 95.956 (+1,28). Dólar cai a R$ 3,933



Diário do Mercado na 4ª feira, 08.05.2019
 
Ibovespa sobe com articulação política, descolando-se de Nova York 
 
Comentário.
 
O Ibovespa tornou a avançar, após dois pregões adversos por conta da elevação global da aversão ao risco. Internamente, os agentes consideraram favorável a possibilidade da recriação de dois novos ministérios, cidades e integração nacional, que fariam parte do processo inicial de articulação política do governo, que também poderia ser proveitoso em relação à reforma da previdência.
 
De outra mão, o balanço da Petrobras foi digerido pelos analistas e terminou sendo ponderado como positivo, com os papéis da empresa sendo destaques de contribuição ponderada para a alta na sessão. Externamente, os investidores operaram com certa cautela nas bolsas de Nova York, ainda aguardando as novas negociações comerciais que ocorrerão esta semana entre EUA e China.
 
Ibovespa.
 
O índice principiou progredindo rapidamente superou os 95 mil pts. Em seguida, prosseguiu ascendente e antes da primeira hora da tarde chegou a superar os 96 mil pts.
 
A partir daí, arrefeceu levemente passou a circundar esta pontuação, perdendo um pouco mais de força na meia hora final do pregão. As ações da Petrobras e do setor de bancos foram as que mais contribuíram positivamente para a alta no dia.
 
O Ibovespa fechou aos 95.596 pts (+1,28%), acumulando agora -0,43% na semana, -0,79% no mês, +8,77% no ano e +15,24% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 15,346 bilhões, sendo R$ 15,098 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 6 de maio (último dado disponível), ocorreu saída de capital estrangeiro de R$ 825,975 milhões na Bovespa, passando a registrar retirada de R$ 532,989 milhões em maio. Em 2019, o saldo tornou-se negativo em R$ 26,364 milhões.
 
Câmbio e CDS
 
O Real obteve o melhor desempenho tanto na cesta das 16 principais moedas globais, quanto em um grupo de 24 divisas emergentes.
 
O dólar comercial (interbancário) fechou a R$ 3,9330 (-0,91%), acumulando +0,31% no mês, +1,50% no ano e +10,23% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país pelo CDS Brasil 5 anos cedeu a 173 de 176 pts. 
 
Juros.
 
Os juros futuros encerraram a sessão regular em queda ao longo de toda a curva, se sobressaindo a ponta mais longa, acompanhando o comportamento do dólar e a trégua externa em relação à guerra comercial entre EUA e China.
 
Em relação à véspera, assim findaram: DI janeiro/2020 em 6,43% de 6,45%; DI janeiro/2021 em 7,00% de 7,04%; DI janeiro/2023 em 8,10% de 8,18%; DI janeiro/2025 em 8,61% de 8,70%; e DI janeiro/2027 em 8,92 de 9,00%. 
 
Agenda Econômica. 
 
No Brasil, O IGP-DI (inflação ao atacado) desacelerou para +0,90% em abril versus +1,07% em março. O indicador passou a acumular +3,33% no ano e +8,25% em 12 meses. Assim variaram seus subíndices; IPA-DI em +1,09% (+1,35% em março); o IPC-DI em +0,63% (+0,65% em março); e o INCC-DI em +0,38% (+0,31% em março). 
 
Já o COPOM manteve a taxa de juros no menor patamar de sua série histórica pela nona reunião consecutiva, em 6,5% a.a., por unanimidade, como esperado pelo mercado. 
 
*** Na China, a balança comercial teve superávit de U$ 13,84 bilhões em abril, inferior à previsão de U$ 34,58 Bilhões. As exportações (A/A) caíram inesperadamente -2,7% em abril (+13,8% em março) – consenso em +3,0%; e as importações (A/A) superaram as previsões de -2,1%, com alta de +4,0% (-7,9% em março). 
 
Para a semana
 
Brasil:  Vendas a varejo; IGP-M (prévia) e IPCA;
 
EUA:    Balança comercial e Orçamento mensal.
 
França e Reino Unido: Produção industrial.
 
Japão: PMI Manufatura.
 
 Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 4ª feira, 08.05.2019, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos   

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
VALE - Resultado no 4º Trimestre/2019: Neutro. 21/02/2020
VALE - Resultado no 4º Trimestre/2019: Neutro.
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.02, 5ª feira. Avalie se convém investir 21/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.02, 5ª feira. Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 20.02: IBOVESPA cai 1,66%. DÓLAR sobe a R$ 4,391 20/02/2020
O MERCADO, 20.02: IBOVESPA cai 1,66%. DÓLAR sobe a R$ 4,391
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.02, 4ª feira. Avalie se convém investir 19/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.02, 4ª feira. Avalie se convém investir
 
GERDAU  -  Resultado no 4º trimestre/2019 e Atualização de Preço da Ações 19/02/2020
GERDAU - Resultado no 4º trimestre/2019 e Atualização de Preço da Ações
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 18.02, 3ª feira. Avalie se convém investir 18/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 18.02, 3ª feira. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.02, 2ª feira. Avalie se convém investir 17/02/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.02, 2ª feira. Avalie se convém investir
 
ALIMENTOS & BEBIDAS - Resultado no 4º trimestre/2019: Números fortes para Carne 17/02/2020
ALIMENTOS & BEBIDAS - Resultado no 4º trimestre/2019: Números fortes para Carne
 
SUZANO - Resultado no 4º trimestre de 2019: Neutro 17/02/2020
SUZANO - Resultado no 4º trimestre de 2019: Neutro
 
USIMINAS - Resultados no 4º trimestre de 2019: Margens Mais Baixas 17/02/2020
USIMINAS - Resultados no 4º trimestre de 2019: Margens Mais Baixas
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites