Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

13 de Maio de 2019 as 16:05:15



CAOA condiciona novos investimentos à reforma da Previdência. Chantagem ?


Carlos Alberto O. Andrade, presidente do Grupo CAOA
 
O presidente do Conselho de Administração do grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, condicionou nesta 2ª feira, 13.05, o aumento dos investimentos no País à aprovação da reforma da Previdência.
 
O empresário, que se reuniu nesta manhã com o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que é preciso fazer a reforma para recuperar a confiança.
 
“O que nós queremos do governo é que resolva o problema da Previdência e dessa crise que o Brasil está passando, para termos confiança de fazer o investimento. Tudo no Brasil hoje está dependendo muito da Previdência. Se a Previdência passar, nossos investimentos se multiplicarão”,
 
disse, ao deixar o Ministério da Economia, em Brasília.
 
Ford
 
Andrade disse que o grupo continua negociando a compra da fábrica da Ford no ABC Paulista.
 
“Já estivemos com os chineses que estão interessados em fabricar carros conosco lá. Existe uma grande possibilidade de a Ford voltar a funcionar, absorvendo todos os empregos”,
 
afirmou. Segundo ele, a negociação está sendo feita com sócios do grupo e será preciso ainda conversar com sindicatos dos trabalhadores e fornecedores.
 
Impostos em Goiás
 
Sobre o possível aumento do ICMS  Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, em Goiás, Andrade disse que o governador Ronaldo Caiado precisa tomar medidas para melhorar as finanças do Estado e que isso não será motivo para o grupo deixar Anápolis, em Goiás, onde há uma fábrica.
 
“É uma fábrica muito sólida. O investimento feito naquela fábrica é monstruoso e os equipamentos são super sofisticados. O governador Caiado é um homem íntegro e com certeza encontraremos uma solução”,
 
disse.
 
Inicialmente, a reunião do empresário com o ministro teria também a participação do governador de São Paulo, João Doria. Mas o governador participa de um compromisso em Nova York hoje.
 
 
Nota da Redação JF
 
O empresariado deixou de investir no Brasil ao longo do governo Dilma, a despeito de todos os incentivos. A rigor, o boicote continua até o presente momento. O Ceo da CAOA verbalizou a chantagem envolvendo a Reforma da Previdência de Guedes-Bolsonaro, assim como CEO da ALCOA havia feito à presidenta Dilma Rousseff, em 2013.
 
Nada mudou: continua o mesmo o pouco apreço da elite brasileira pela democracia. A elite empresarial que financiou o golpe contra Dilma é a mesma que articula a derrubada de Bolsonaro, consciente de que seu governo nada se dispôs a fazer ou conseguirá fazer para a volta do crescimento econômico.  


Fonte: AGENCIA BRASIL. Subtítulo da Redação JF. Imagem de arquivo.

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
COAF Presidente do BC nomeia o presidente do UIF, ex-Coaf 20/08/2019
COAF Presidente do BC nomeia o presidente do UIF, ex-Coaf
 
PSDB Conselho de Ética vota expulsão de AÉCIO NEVES na 4ª feira 20/08/2019
PSDB Conselho de Ética vota expulsão de AÉCIO NEVES na 4ª feira
 
FORÇAS ARMADAS em regime de Meio Expediente, tal como no governo neo-liberal de FHC 17/08/2019
FORÇAS ARMADAS em regime de Meio Expediente, tal como no governo neo-liberal de FHC
 
ARGENTINA tem novo ministro da Economia, Hernán Lacunza 17/08/2019
ARGENTINA tem novo ministro da Economia, Hernán Lacunza
 
MERCOSUL 17/08/2019
MERCOSUL "Brasil sai do Bloco se Argentina frear abertura", diz Guedes
 
PGR pede ao STJ acesso a inquérito sobre Caso MARIELLE 16/08/2019
PGR pede ao STJ acesso a inquérito sobre Caso MARIELLE
 
PREVIDÊNCIA NO SENADO - CCJ define Calendário 16/08/2019
PREVIDÊNCIA NO SENADO - CCJ define Calendário
 
6ª MARCHA DAS MARGARIDAS em Brasília: 100 mil mulheres de todo o País 14/08/2019
6ª MARCHA DAS MARGARIDAS em Brasília: 100 mil mulheres de todo o País
 
LEILÃO de três áreas portuárias nesta 3ª feira 13/08/2019
LEILÃO de três áreas portuárias nesta 3ª feira
 
DALAGNOL Conselho Nacional do MP desarquiva Processo Disciplinar 13/08/2019
DALAGNOL Conselho Nacional do MP desarquiva Processo Disciplinar
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites