Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Quinta-Feira, Dia 16 de Maio de 2019 as 22:05:04



O MERCADO, 5ª feira: Ibovespa cai a 90.024 pts Dólar sobe a R$ 4,035



Diário do Mercado na 5ª feira, 16.05.2019
Ibovespa prossegue declinante, descolado do exterior  
 
Comentário
 
O índice brasileiro denotou mais um dia negativo, com trajetória descolada dos positivos principais índices acionários do mundo.
 
No mercado externo, na véspera, os investidores já haviam dado um voto de confiança ao presidente norte-americano, Donald Trump, em relação à guerra comercial com a China. Agora, declarações de membro do Fed em direção de uma política monetária mais branda junto com outro indicador econômico considerado favorável motivaram os investidores.
 
A aversão ao risco continuou decaindo globalmente e tanto as bolsas de Nova York, como os principais mercados acionários europeus avançaram pela terceira sessão consecutiva.
 
Todavia, internamente, não houve o propício contágio que poderia ser esperado, visto que os agentes prosseguem receosos quanto à consumação da articulação política do governo para aprovar o texto da reforma da previdência na Comissão Especial da Câmara dos Deputados.
 
Neste panorama, a bolsa brasileira, que prosseguiu apurando saída de capital externo - que é o “fiel da balança”, continuou em tendência de baixa no mês de maio, chegando no dia a operar levemente abaixo dos 90 mil pts já na parte final do pregão.
 
No Brasil, o dólar comercial encerrou valendo R$ 4,0350 (+0,98%), na maior cotação de fechamento desde 28 de setembro de 2018 (R$ 4,0500). Os juros futuros acompanharam o viés do câmbio e avançaram firme em toda a extensão de sua curva de estrutura a termo.
 
Ibovespa.
 
O índice, mais uma vez, abriu em baixa, mas reagiu após a primeira hora de negócios e oscilou ao redor dos 91.000 pts (-0,68%) com curtas variações até por volta das 15h. A partir daí, a pressão vendedora foi aumentando e o índice perdeu força rapidamente. As quedas das blue chips, Vale, Petrobras e setor de bancos pesaram sobre o índice.
 
O Ibovespa findou aos 90.024 pts (-1,75%), acumulando -4,49% na semana, -6,57% no mês, +2,43% no ano e +4,03% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 16,731 bilhões, sendo R$ 16,247 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 14 de maio (último dado disponível), a Bovespa contabilizou retirada líquida de capital estrangeiro de R$ 800,727 milhões, aumentando a saída líquida em maio para R$ 3,759 bilhões neste mês. Em 2019, o saldo negativo situa-se em R$ 3,252 bilhões.
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar encerrou em alta frente ao real nesta quinta-feira, influenciado pela valorização da moeda norte-americana no mercado externo e também pelos receios do mercado doméstico.
 
A divisa fechou cotada a R$ 4,0350 (+0,98%), acumulando +2,28% na semana, +2,91% no mês, +4,13% no ano e +9,80% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil avançou a 181 ante 177 pts da véspera. 
 
Juros
 
Os juros futuros encerraram a sessão regular em alta, sincronizado com o movimento de valorização do dólar e de um cenário doméstico duvidoso. Em relação à véspera, assim findaram: DI janeiro/2020 em 6,43% de 6,40%; DI janeiro/2021 em 6,92% de 6,84%; DI janeiro/2023 em 8,12% de 8,00%; DI janeiro/2025 em 8,72% de 8,61%; e DI janeiro/2027 em 9,05% de 8,94%.
 
Agenda Econômica. 
 
No Brasil, o IGP-10 subiu 0,68% em maio comparado a abril (1,00%). O número ficou abaixo da mediana de 0,72% estimada pelo mercado. No ano, o índice acumula oscilação de +3,27% e variou +8,02% em 12 meses.
 
Nos EUA, os pedidos de seguro-desemprego registraram 212.000 novos pedidos, 16.000 a menos quando comparado com a semana anterior, recuando acima do esperado.
 
Para a semana.
 
Brasil: Caged (criação de empregos formais), Coleta de impostos; IPC-FIPE.
 
EUA: Índice antecedente e Confiança Univ. de Michigan.
 
Confira no anexo a  íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 5ª feira, 16.05.2019, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.09 Avalie se convém Investir 20/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 20.09: Ibovespa sobe 0,46% a 104.817. Dólar cai a R$ 4,153 20/09/2019
O MERCADO, 20.09: Ibovespa sobe 0,46% a 104.817. Dólar cai a R$ 4,153
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures em 19.09.2019 20/09/2019
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures em 19.09.2019
 
PAPEL E CELULOSE  Análise Setorial do Desempenho na Bolsa - Setembro/2019 20/09/2019
PAPEL E CELULOSE Análise Setorial do Desempenho na Bolsa - Setembro/2019
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.09 Avalie se convém Investir 19/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.09 Avalie se convém Investir
 
LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos 19/09/2019
LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos
 
O MERCADO, 19.09: Ibovespa cai a 104.339 pts. Dólar sobe a R$ 4,162 19/09/2019
O MERCADO, 19.09: Ibovespa cai a 104.339 pts. Dólar sobe a R$ 4,162
 
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103 18/09/2019
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir 17/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077 17/09/2019
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites