Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Terça-Feira, Dia 21 de Maio de 2019 as 21:05:18



O MERCADO, 3ª Feira: Ibovespa sobe a 94.484 pts (+2,76%). Dólar caiu R$ 4,0470 (-1,36%)



Diário do Mercado na 3ª Feira, 21.05.2019
 
Mercados acionários avançam pelo mundo e também no Brasil     
 
Comentário.
 
O Ibovespa avançou firme no dia, dando continuidade ao movimento da véspera, com nova alta generalizada e com volume financeiro um pouco melhor, dando a entender também que pode ter ocorrido ingresso de capital estrangeiro.
 
Internamente, houve a percepção que a articulação política do governo está mais sólida, inclusive, com possíveis aprovações de medidas provisórias que estão próximas de vencer, induzindo mais ímpeto aos investidores.
 
Neste panorama, os agentes aumentaram as chances de aprovação da reforma da previdência, inclusive com o relator do texto na Comissão Especial da Câmara dos Deputados ratificando empenho em manter a economia da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) em pelo menos R$ 1 trilhão nos próximos dez anos.
 
Externamente, o governo norte-americano resolveu suspender, temporariamente, as restrições impostas à companhia chinesa Huawei, sendo entendido como um alívio na guerra comercial entre EUA e China, refletindo-se em uma menor aversão ao risco.
 
Na Europa, também foi visto com bons olhos pelo mercado a decisão da primeira-ministra britânica, Theresa May, de levar ao parlamento local uma nova proposta para o Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia).
 
Neste cenário, tanto os índices das bolsas de valores em Nova York, como os principais mercados acionários europeus terminaram o dia em alta e contribuíram também para melhorar o humor doméstico.
 
No Brasil, o dólar comercial terminou cotado na mínima do dia, valendo R$ 4,0470 (-1,36%). A curva da estrutura a termo da taxa de juros cedeu como um todo, acompanhando o recuo da moeda norte-americana.
 
Ibovespa.
 
O índice abriu em alta, mas, firmou-se realmente com tendência ascendente no dia após a primeira hora de negócios e logo superou os 93 mil pts. Na parte da tarde, avançou um pouco mais e suplantou os 94 mil pts. As blue chips subiram, com destaque maior novamente para o setor de bancos e a Petrobras, depois, para o setor de siderurgia.
 
As empresas do setor aéreo, Gol e Azul, avançaram na esteira de provável votação da MP (medida provisória) que permite 100% de capital estrangeiro nessas empresas.
 
O Ibovespa findou aos 94.484 pts (+2,76%), acumulando +4,99% na semana, -1,94% no mês, +4,99% no ano e +15,49% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 12,204 bilhões, sendo R$ 11,921 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 17 de maio (último dado disponível), a Bovespa apurou retirada líquida de capital estrangeiro de R$ 465,947 milhões, elevando a saída líquida em maio para R$ 5,781 bilhões neste mês.
 
Em 2019, o saldo negativo passou a R$ 5,274 bilhões.
 
Câmbio. 
 
A moeda norte-americana recuou frente ao real, que apresentou o melhor desempenho entre as principais moedas emergentes e globais, refletindo o recuo da aversão ao risco externo e a melhora no ambiente político interno.
 
A dólar comercial (interbancário) fechou cotado a R$ 4,0470 (-1,36%), acumulando +3,21% no mês, +4,44% no ano e +9,85% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil baixou a 178 ante 183 pts da véspera.
 
Juros.
 
Os juros futuros encerraram a sessão regular de hoje em queda, acompanhando o movimento de baixa do dólar refletindo.
 
Em relação à sessão anterior, assim findaram: DI janeiro/2020 em 6,42% de 6,44%; DI janeiro/2021 em 6,87% de 6,97%; DI janeiro/2023 em 8,05% de 8,19%; DI janeiro/2025 em 8,63% de 8,79%; e DI janeiro/2027 em 8,95% de 9,13%.
 
Agenda Econômica. 
 
Nos EUA, as vendas de casas usadas caíram 0,4% em abril frente a março, registrando 5,19 milhões de unidades (anualizado). No ano, vendas avançaram 3,6%.   
 
Para esta semana.
 
Brasil: CAGED; Coleta de impostos; Confiança do consumidor; IPCA-15.
 
EUA: FOMC – Ata; Novos pedidos de seguro desemprego; PMI Manufatura e Vendas de casas novas. 
 
Alemanha: PIB e PMI Manufatura.
 
França e Zona do euro: PMI Manufatura.
 
Japão: PMI Manufatura.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 3ª feira, 21.05.2019, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.09 Avalie se convém Investir 20/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 20.09: Ibovespa sobe 0,46% a 104.817. Dólar cai a R$ 4,153 20/09/2019
O MERCADO, 20.09: Ibovespa sobe 0,46% a 104.817. Dólar cai a R$ 4,153
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures em 19.09.2019 20/09/2019
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures em 19.09.2019
 
PAPEL E CELULOSE  Análise Setorial do Desempenho na Bolsa - Setembro/2019 20/09/2019
PAPEL E CELULOSE Análise Setorial do Desempenho na Bolsa - Setembro/2019
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.09 Avalie se convém Investir 19/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.09 Avalie se convém Investir
 
LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos 19/09/2019
LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos
 
O MERCADO, 19.09: Ibovespa cai a 104.339 pts. Dólar sobe a R$ 4,162 19/09/2019
O MERCADO, 19.09: Ibovespa cai a 104.339 pts. Dólar sobe a R$ 4,162
 
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103 18/09/2019
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir 17/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077 17/09/2019
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites