Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

22 de Maio de 2019 as 03:05:33



TRUMP dá chapéu em Bolsonaro e Brasil fica distante da OCDE



Após 'chapéu' dos EUA, Brasil segue distante da OCDE, dizem especialistas
 
Depois do encontro entre Donald Trump e Jair Bolsonaro, o governo brasileiro fomentou uma expectativa de que os EUA ajudariam o Brasil a entrar na OCDE. O governo, no entanto, já não conta mais com esse movimento. A Sputnik Brasil ouviu dois especialistas em Relações Internacionais para explicar por que isso aconteceu.
 
Desde os governos de Fernando Henrique Cardoso, entre 1995 e 2002, o Brasil cultiva o desejo de se tornar um membro da OCDE Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico.
 
Apesar de as intenções terem ficado mornas durante os governos petistas, o mote pela entrada na organização voltou à tona durante o governo de Michel Temer (MDB).
 
Também conhecida como "clube dos ricos", a OCDE hoje reúne 36 das principais economia do mundo. Sua fundação em 1961 tem origem através da antiga Organização para a Cooperação Econômica Europeia (OCEE).
 
Em 2019, o presidente Jair Bolsonaro deu mais passos em direção à organização. Durante visita em março aos Estados Unidos, fez concessões e tomou em troca a palavra do presidente norte-americano de que o Brasil teria apoio dos EUA para a entrada na OCDE. No entanto, os EUA não parecem dispostos a colocar esse plano em prática tão cedo.
 
"A promessa, para falarmos português claro, a promessa do presidente Trump, não se revelou por inteiro, não se completou. Na última observação, que é essa reunião de ministros que deve ocorrer dia 23 em Paris, na reunião preparatória para esse encontro, a diplomacia norte-americana já repetiu o mesmo mote: 'não temos instruções sobre o que fazer com o Brasil'. Na prática, o veto norte-americano prossegue",
 
explica Leonardo Trevisan, professor de Relações Internacionais na Escola Superior de Propagando e Marketing de São Paulo (ESPM), em entrevista à Sputnik Brasil.
 
A OCDE realizará um encontro de ministros de países membros e convidados entre os dias 22 e 23 de maior deste ano.
 
"O sinal mais evidente de uma espécie de 'desistência' do Brasil de acelerar o processo está no fato de que o ministro da Economia, Paulo Guedes, desistiu de ir na reunião e mandou, na verdade, o secretário-executivo do Ministério, Marcelo Guaranys",
 
ressalta Trevisan, que enxerga a medida como uma "uma percepção do governo brasileiro de que nós fomos de alguma forma deixados para depois", diz Trevisan, que aponta ainda que a reunião deve contemplar mais as adesões de Romênia e Argentina e que a pretensão do Brasil poderia voltar à mesa em 2020.
 


Fonte: SPUTINIK NEWS

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
MOHAMED MURSI Ex-Presidente Egípcio morre no Tribunal durante Julgamento 17/06/2019
MOHAMED MURSI Ex-Presidente Egípcio morre no Tribunal durante Julgamento
 
HONG KONG Milhares voltam a protestar contra Extradição 17/06/2019
HONG KONG Milhares voltam a protestar contra Extradição
 
IRÃ salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no Golfo de Omã 13/06/2019
IRÃ salva 44 marinheiros de petroleiros atacados no Golfo de Omã
 
ATAQUE A PETROLEIROS Japão duvida de versão dos EUA de culpa do Irã  16/06/2019
ATAQUE A PETROLEIROS Japão duvida de versão dos EUA de culpa do Irã
 
ISRAEL - Exército de Israel inicia ataques na Faixa de Gaza 13/06/2019
ISRAEL - Exército de Israel inicia ataques na Faixa de Gaza
 
IRÃ não abandonará Programa de Mísseis, diz aiatolá Ali Khamenei 06/06/2019
IRÃ não abandonará Programa de Mísseis, diz aiatolá Ali Khamenei
 
MOSCOU apoia Pacto de Não-Agressão entre IRÃ e Países do Golfo 03/06/2019
MOSCOU apoia Pacto de Não-Agressão entre IRÃ e Países do Golfo
 
TRUMP em Campanha Eleitoral 02/06/2019
TRUMP em Campanha Eleitoral
 
FILIPINAS  Presidente DUTERTE diz que 01/06/2019
FILIPINAS Presidente DUTERTE diz que "se curou" de ser gay
 
ISRAEL terá Novas Eleições após  fracasso de NETANYAHU em formar governo. 31/05/2019
ISRAEL terá Novas Eleições após fracasso de NETANYAHU em formar governo.
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites