Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

05 de Junho de 2019 as 21:06:31



O MERCADO, 4ª Feira: Ibovespa cai a 95.998 pts (-1,42%) e Dólar sobe a R$ 3,894



Diário do Mercado na 4ª feira, 05.06.2019
 
Ibovespa recua com quedas de commodities e postergação de votação 
 
Comentário.
 
O índice doméstico operou mais um dia descolado das bolsas de Nova York. No cenário doméstico, os investidores se retraíram no dia diante do adiamento da votação, para o próximo dia 11 de junho, na Comissão Mista do Orçamento (CMO) do crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões solicitado pelo governo. Isto trouxe certa inquietude aos agentes sobre a desenvoltura da articulação política para a tendência atual de aprovação de reformas.
 
Também, boatos de mercado sobre mudanças no teto de gastos e o julgamento pelo STF (Supremo Tribunal Federal) da necessidade de privatizações passarem pelo Congresso pesaram sobre o mercado acionário.
 
No mercado externo, as quedas dos preços de commodities de energia e metálicas influenciou impactou negativamente. Nos EUA, o chamado “Livro Bege” do Fed, com comentários sobre a situação econômica local atual, citou que houve modesta expansão de abril até meados de maio e que a inflação permaneceu caminhando moderadamente – sem maiores surpresas.
 
Assim, os agentes continuaram a digerir as declarações consideradas favoráveis do presidente do Fed, que prosseguiram sendo interpretadas como sinalizadoras de redução futura da taxa de juros ainda ao longo deste ano. Neste panorama, os índices acionários de Wall Street terminaram positivos.     
 
No Brasil, o dólar comercial subiu para R$ 3,8940 (+0,99%), refletindo o comportamento da divisa no mercado internacional. A curva de juros futuros subiu como um todo, em linha com o movimento cambial, progressivamente da ponta mais curta para a mais longa.
 
Ibovespa.
 
O Índice ameaçou repique positivo de início, mas, após uma hora de negócios não resistiu e realizou com quedas de preços das commodities nos mercados internacionais e com notícias domésticas.
 
O Ibovespa terminou aos 95.998 pts (-1,42%), acumulando -1,06% na semana (e no mês), +9,23% no ano e +25,26% em 12 meses. O giro financeiro preliminar da Bovespa foi de R$ 11,928 bilhões, sendo R$ 11,454 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 31 de maio (último dado disponível), houve ingresso líquido de capital estrangeiro de R$ 1,234 bilhão na Bovespa, com a saída líquida finalizando em R$ 4,161 bilhões no mês passado. Em 2019, o saldo negativo acumulado situa-se em R$ 3,654 bilhões.
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, No Brasil o PMI Serviços caiu 49,9 pts em abril para 47,8 em maio, o resultado representa a segunda contração consecutiva no setor. 
 
Nos EUA, o setor privado abriu 27 mil vagas de emprego em maio ante 271 mil vagas em abril, o resultado veio bem abaixo dos 185 mil previstos pelo mercado. A atividade econômica apresentou melhoria entre os meses de abril e maio, apesar da tímida expansão na atividade econômica. A inflação manteve-se abaixo da meta de 2% e os gastos do consumidor foram moderados, conforme explicitado Beige Book do Fed. Em seu discurso, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, fomentou as expectativas de um corte na taxa de juros.    
  
Câmbio e CDS.
 
Após três sessões seguidas de queda, a divisa norte-americana voltou a encerrar em alta ante ao real, que apresentou a segunda maior queda entre as principais moedas globais, retornando ao patamar de R$ 3,89.
 
O dólar comercial (interbancário) fechou cotado a R$ 3,8940 (+0,99%), acumulando -0,79% no mês, +0,49% no ano e +2,20% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil passou de 174 pts para 175 pts.
 
Juros.
 
Guiados pela elevação da cotação do dólar no cenário doméstico, os juros futuros findaram a sessão regular em alta, acelerando após a pauta interna a respeito da flexibilização do teto de gastos.
 
Em relação à sessão anterior, assim findaram: DI janeiro/2020 em 6,28% de 6,23%; DI janeiro/2021 em 6,48% de 6,38%; DI janeiro/2023 em 7,44% de 7,41%; DI janeiro/2025 em 8,01% de 7,84%; e DI janeiro/2027 em 8,36% de 8,20%.
 
Para a semana.
 
Brasil: IGP-DI e IPCA.
 
EUA: Payroll (criação de vagas na economia).
 
Alemanha: PMI Manufatura e Produção Industrial;
 
França, Reino Unido e zona do euro: PMI Manufatura.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 4ª feira, 05.06.2019, elaborado por HAMILTON ALVES, CNPI-T, do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON ALVES, CNPI-T, do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.09 Avalie se convém Investir 20/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 20.09: Ibovespa sobe 0,46% a 104.817. Dólar cai a R$ 4,153 20/09/2019
O MERCADO, 20.09: Ibovespa sobe 0,46% a 104.817. Dólar cai a R$ 4,153
 
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures em 19.09.2019 20/09/2019
RENDA FIXA Mercado Secundário de Debêntures em 19.09.2019
 
PAPEL E CELULOSE  Análise Setorial do Desempenho na Bolsa - Setembro/2019 20/09/2019
PAPEL E CELULOSE Análise Setorial do Desempenho na Bolsa - Setembro/2019
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.09 Avalie se convém Investir 19/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 19.09 Avalie se convém Investir
 
LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos 19/09/2019
LOJAS AMERICANAS e B2W DIGITAL Parceria Ame e Linx - Análise: BB Investimentos
 
O MERCADO, 19.09: Ibovespa cai a 104.339 pts. Dólar sobe a R$ 4,162 19/09/2019
O MERCADO, 19.09: Ibovespa cai a 104.339 pts. Dólar sobe a R$ 4,162
 
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103 18/09/2019
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir 17/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077 17/09/2019
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites