Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

Sexta-Feira, Dia 14 de Junho de 2019 as 20:06:14



FACADA Juiz Federal absolve Adélio Bispo. Bolsonaro irá recorrer da decisão.



Adélio Bispo, considerado é inimputável por "transtorno delirante persistente" e absolvido.
 
Na última 4ª feira, 14.06, Adélio Bispo de Oliveira, autor do ataque a faca a Jair Bolsonaro, quando candidato à Presidência da República, durante a campanha eleitoral do ano passado, foi absolvido pelo juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora MG. 
 
O processo criminal considerou Adélio inimputável por "transtorno delirante persistente" e determinou que Adélio Bispo deverá ficar internado em um manicômio judiciário por tempo indeterminado.
 
Contudo, Adélio Bispo irá permanecer no presídio federal de Campo Grande, onde está preso desde o atentado, em razão de sua periculosidade. Caracterizado pela perícia judicial como portador de transtorno delirante persistente, foi considerado inimputável pelo juiz Bruno Savino, pelo que não poderá ser responsabilizado criminalmente por seus atos.
 
"Todos os profissionais médicos psiquiatras que atuaram no feito, tanto os peritos oficiais como os assistentes técnicos das partes, foram uníssonos em concluir ser o réu portador de transtorno delirante persistente. Quanto à avaliação sobre a capacidade de entendimento do caráter ilícito do fato e a capacidade de determinação do acusado, suas conclusões oscilaram entre a inimputabilidade e a semi-imputabilidade",
 
diz a decisão do juiz Bruno Sabino.
 
A defesa do agressor relata que ele agiu só e que o ataque foi “fruto de uma mente atormentada e possivelmente desequilibrada”.
 
Bolsonaro insatisfeito
 
O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista que vai recorrer da decisão que absolveu Adélio.
 
"O circo armado [é] que, a partir desse momento, se não houver recurso e [o processo] for transitado em julgado, se caso o Adélio queira falar quem pagou a ele para tentar me assassinar, não tem mais valor jurídico, ele é maluco. Agora, se fosse o contrário, o que estariam pensando a meu respeito? Então, a gente sabe que o circo é armado. Tentaram me assassinar, sim. Eu tenho a convicção de quem foi, mas não posso falar, não quero fazer o pré-julgamento de ninguém".


Fonte: da Redação com informações de Brasil 247





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
STF recebe propostas da PGR e AGU de aplicação dos R$ 2,5 BI que seriam embolsados pela LAVAJATO 15/07/2019
STF recebe propostas da PGR e AGU de aplicação dos R$ 2,5 BI que seriam embolsados pela LAVAJATO
 
PREVIDÊNCIA SOCIAL Confira os Pontos Principais aprovados em 1º Turno no Plenário 14/07/2019
PREVIDÊNCIA SOCIAL Confira os Pontos Principais aprovados em 1º Turno no Plenário
 
TURQUIA recebe mais componentes dos sistemas S-400 13/07/2019
TURQUIA recebe mais componentes dos sistemas S-400
 
PREVIDÊNCIA Somente em Agosto o Segundo Turno de Votações 12/07/2019
PREVIDÊNCIA Somente em Agosto o Segundo Turno de Votações
 
PREVIDÊNCIA Câmara retoma votação de destaques nesta 6ª feira 12/07/2019
PREVIDÊNCIA Câmara retoma votação de destaques nesta 6ª feira
 
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Câmara retoma análise dos Destaques 11/07/2019
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Câmara retoma análise dos Destaques
 
REFORMA TRIBUTÁRIA Câmara instala comissão especial 11/07/2019
REFORMA TRIBUTÁRIA Câmara instala comissão especial
 
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Câmara dos Deputados aprova texto-base 10/07/2019
REFORMA DA PREVIDÊNCIA Câmara dos Deputados aprova texto-base
 
PREVIDÊNCIA - Câmara vota Reforma nesta 4ª Feira 10/07/2019
PREVIDÊNCIA - Câmara vota Reforma nesta 4ª Feira
 
E-SOCIAL Governo anuncia mudanças 10/07/2019
E-SOCIAL Governo anuncia mudanças
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites