Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Política

Quarta-Feira, Dia 10 de Julho de 2019 as 16:07:43



E-SOCIAL Governo anuncia mudanças



Segundo secretário, sistema será dividido em dois até 2020
 
Rogério Marinho, secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, informou que o governo trabalha para “simplificar” o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Para ele, há “excesso de detalhamento” na alimentação de informações”
 
Segundo ele, em janeiro de 2020 vão ser implementados dois novos sistemas. Um para grandes e médias empresas, “já simplificado e desburocratizado”; e outro para pequenas e microempresas, “ainda mais simplificado”. A iniciativa afetará o uso do eSocial para empregados domésticos. “A ideia é também simplificar para o empregador individual”
 
“O fato de ser dois sistemas não quer dizer que vai aumentar a complexidade. Serão dois sistemas bem mais simples”,
 
promete o secretário. Conforme Marinho, os novos sistemas não incluirão informações tributárias.
 
“A ideia é que a Receita Federal disponibilize a partir de janeiro [de 2020] um sistema próprio diferenciada e também simplificado. E que remanesça no sistema a área de trabalho e de previdência”.
 
“Nós esperamos pelo menos a diminuição dos layouts atuais (...) A ideia é ter uma ferramenta de gestão e de controle da área de trabalho e da previdência que seja amigável por um lado, e por outro que seja confortável – tanto para quem precisa fazer a gestão pública, que é o governo federal, quanto por quem tem a necessidade de passar essas informações”,
 
explicou.
 
De acordo com o secretário, até a modificação definitiva o sistema permanece em uso e será “customizado” para facilitar o uso. Marinho assinalou que haverá uma sistemática de migração para “não prejudicar” as empresas que investiram “tempo e dinheiro” na alimentação do eSocial.
 
Criado em 2013, o eSocial atualmente unifica a prestação, por parte do empregador, de informações relativas aos empregados. Dados como o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), a Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia e de Informações à Previdência Social (GFIP) e informações pedidas pela Receita Federal são enviados em um único ambiente ao governo federal.


Fonte: AGENCIA BRASIL. Chamada de capa da Redação JF

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
VAREJO Resultados no 1º Trimestre/2020: Primeiros Impactos da Covid-19 02/06/2020
VAREJO Resultados no 1º Trimestre/2020: Primeiros Impactos da Covid-19
 
MORO tem negado seu Pedido para Atuar como Advogado 02/06/2020
MORO tem negado seu Pedido para Atuar como Advogado
 
FAKENEWS Maia buscará acordo com Alcolumbre em PL sobre FakeNews 02/06/2020
FAKENEWS Maia buscará acordo com Alcolumbre em PL sobre FakeNews
 
PGR envia ao Supremo parecer a favor de prorrogação de inquérito 02/06/2020
PGR envia ao Supremo parecer a favor de prorrogação de inquérito
 
WEINTRAUB silencia  em depoimento à Polícia Federal 30/05/2020
WEINTRAUB silencia em depoimento à Polícia Federal
 
Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe 30/05/2020
Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe
 
CÂMARA Comissão do Coronavírus debate Tabelamento de Preços de Medicamentos 29/05/2020
CÂMARA Comissão do Coronavírus debate Tabelamento de Preços de Medicamentos
 
AUGUSTO ARAS é lembrado por Bolsonaro para 3ª Vaga no STF 29/05/2020
AUGUSTO ARAS é lembrado por Bolsonaro para 3ª Vaga no STF
 
ATAQUES AO STF - Deputados criticam declarações de Bolsonaro 29/05/2020
ATAQUES AO STF - Deputados criticam declarações de Bolsonaro
 
RUPTURA INSTITUCIONAL não é descartada por Cientista Política 26/05/2020
RUPTURA INSTITUCIONAL não é descartada por Cientista Política
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites