Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Editorial

12 de Julho de 2019 as 16:57:58



EDITORIAL Requiem para Paulo Henrique Amorim



Réquiem para Paulo Henrique Amorim 

 

Sobre a morte de PHA Paulo Henrique Amorim, há indícios de ter sido mais um assassinato político, a despeito de ter sido cardíaco e de ter feito uma cirurgia hiper-invasiva no coração tempos atrás.

Contra essa tese, há também o fator stress, pois tinha contra si cerca de cem processos judiciais em razão de matérias jornalísticas com denúncias contra poderosos. 

Contudo, a história brasileira desmente a tese de perfil pretensamente não-cruento da política do País. Sabe-se que ela que já vitimou Eduardo Campos, Teori Zavaski, Ulisses Guimarães, Severo Gomes, além dos casos escandalosos da morte de Mariele Franco, Juscelino Kubitscheck, João Goulart, Carlos Lacerda, Castelo Branco e muitos outros, que, em seus momentos finais vivenciavam ações importantes de resistência contra a movimentação política conservadora.

Enfim, há uma série de mortes de personagens relevantes da vida política brasileira que a mera "coincidência" com decisões, efemérides e momentos decisivos, pelo grande número de casos dessas mortes, não dá conta de explicar.  

O afastamento de PHA da TV Record foi o primeiro movimento em prol da neutralização de PHA pelo stablishment, embora o contrato com aquele emissora não tivesse sido rescindido. Todavia, esse afastamento não seria suficiente para calá-lo, em razão da continuidade do exercício da reconhecida lucidez política e do ataque mordaz empreendido por PHA, em sua midia "Conversa Afiada", contra o autoritarismo e a destruição da jovem Democracia Brasilia e o entreguismo liberalóide alucinado dos golpistas "canalhas, canalhas, canalhas", apoiados por líderes militares brasileiros, vítimas de "lavagem cerebral", como denunciou PHA, diante da desavergonhada entrega da EMBRAER, da Petrobras, do Pré-Sal, da Amazônia, da Base de Alcântara aos interesses norte-americanos.

Por esses fatores seria imprescindível ao stablishment calar a voz de PHA para dar-se continuidade ao massacre que impõem à Nação Brasileira a imbecilidade liberal, que oferece substrato ideológico ao anti-nacionalismo e à ausência de compromisso com o Povo Brasileiro pela elite canalha do País.

Todas as honras ao grande jornalista e grande brasileiro Paulo Henrique Amorim. O reconhecimento da direção do JF do importante papel que exerceu na resistência ao massacre imposto à Nação pelos "Canalhas, Canalhas, Canalhas".



Fonte: da Redação JF

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
EDITORIAL A ultra-direita não mais nega ilegalidades. Argumenta que fins justificam os meios 20/08/2019
EDITORIAL A ultra-direita não mais nega ilegalidades. Argumenta que fins justificam os meios
 
EDITORIAL A Luta Inglória de Donald Trump 18/08/2019
EDITORIAL A Luta Inglória de Donald Trump
 
EDITORIAL - Apenas Bile 09/08/2019
EDITORIAL - Apenas Bile
 
EDITORIAL Wilbur Ross vem dar o fecho à ação destruidora lavajatista 01/08/2019
EDITORIAL Wilbur Ross vem dar o fecho à ação destruidora lavajatista
 
EDITORIAL  Requiem para Paulo Henrique Amorim 12/07/2019
EDITORIAL Requiem para Paulo Henrique Amorim
 
EDITORIAL - O Estado quer a Morte de Lula 01/06/2019
EDITORIAL - O Estado quer a Morte de Lula
 
EDITORIAL Nenhum Plano, Ideia ou Ação contra o Desemprego: Impeachment 31/05/2019
EDITORIAL Nenhum Plano, Ideia ou Ação contra o Desemprego: Impeachment
 
EDITORIAL  Raquel Dodge Confronta o STF no Inquérito sobre FakeNews 06/05/2019
EDITORIAL Raquel Dodge Confronta o STF no Inquérito sobre FakeNews
 
EDITORIAL - A Entrevista de Lula ... e 30/04/2019
EDITORIAL - A Entrevista de Lula ... e "Pelé" entra em campo
 
EDITORIAL - LULA, Um ano de Prisão Arbitrária, Ilegal e Injusta 08/04/2019
EDITORIAL - LULA, Um ano de Prisão Arbitrária, Ilegal e Injusta
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites