Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Editorial

18 de Agosto de 2019 as 02:08:16



EDITORIAL A Batalha de Trump para impedir o avanço da China


Trump, em desabafo esclarecedor
 
Editorial
 
A Batalha perdida de Trump 
 
Na última 6ª feira, 16.08, Trump afirmou que a China está frente a "extrema forma de retaliação", referindo-se à movimentação policial chinesa na eventual necessidade de contenção do movimento popular em Hong Kong, contrário à aproximação com o governo da China continental, manifestação que ocorreu pacificamente neste sábado, 17.08. 
 
Trump afirmou que quer que a China "resolva o problema [de Hong Kong] de forma humana". 
 
Não há como acreditar em propósitos humanitários do atual ocupante da Casa Branca. É notório e evidente a todos que Trump vem blefando e brincando de jogar o planeta em um confronto militar desde o início de seu mandato.
 
Após impor tarifas sobre importações americanas de produtos chineses, nesta semana, no montante de US$ 300 BI, acabou sendo "jantado" por Xi Jinping nesta mesma semana, por meio da determinação do governo chinês de que nenhuma empresa da China doravante comprará produtos agrícolas norte-americanos.
 
A materialização dessa estratégia chinesa "derruba" a base de apoio eleitoral de Trump, em sua busca por re-eleição no próximo ano.
 
Diante disso, Trump apela para retórica extra-mercado, fazendo ingerências no embate político a respeito da soberania de Hong Kong. Em campanha eleitoral, possa de humanitário para abafar o fracasso de sua medida de contenção de importações chinesas.
 
Trump expressa desesperada busca da elite norte-americana pela permanência da hegemonia dos EUA, como potência dominante em termos militares, econômicos, financeiros, tecnológicos e culturais. Luta inglória e de fim previsível desfavorável para a potência cujo Duplo Déficit já comemora 50 anos, vê próxima a perda da senhoriagem internacional, reluta em reduzir gastos militares astronômicos e experimentou gigantesca concentração de renda, derivada das políticas liberais adotadas desde os anos Reagan, minando um elemento essencial da pujança da economia norte-americana, o elevado poder de consumo de sua sociedade; enfim, um país despreparado para o enfrentamento da gigantesca crise econômica que se avizinha, ainda mais intensa que aquela de 2007-2008. 


Fonte: da REDAÇÃO JF

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
EDITORIAL - No Rio, Terrorismo de Estado, Afirmação de Poder e Dominação 19/09/2019
EDITORIAL - No Rio, Terrorismo de Estado, Afirmação de Poder e Dominação
 
EDITORIAL Crescimento? Talvez em 3 ou 4 anos, em 2022, ao final do mandato, diz Guedes 15/09/2019
EDITORIAL Crescimento? Talvez em 3 ou 4 anos, em 2022, ao final do mandato, diz Guedes
 
EDITORIAL A ultra-direita não mais nega ilegalidades: Fins justificam Meios, alega 20/08/2019
EDITORIAL A ultra-direita não mais nega ilegalidades: Fins justificam Meios, alega
 
EDITORIAL A Batalha de Trump para impedir o avanço da China 18/08/2019
EDITORIAL A Batalha de Trump para impedir o avanço da China
 
EDITORIAL - Apenas Bile 09/08/2019
EDITORIAL - Apenas Bile
 
EDITORIAL Wilbur Ross vem dar o fecho à ação destruidora lavajatista 01/08/2019
EDITORIAL Wilbur Ross vem dar o fecho à ação destruidora lavajatista
 
EDITORIAL  Requiem para Paulo Henrique Amorim 12/07/2019
EDITORIAL Requiem para Paulo Henrique Amorim
 
EDITORIAL - O Estado quer a Morte de Lula 01/06/2019
EDITORIAL - O Estado quer a Morte de Lula
 
EDITORIAL Nenhum Plano, Ideia ou Ação contra o Desemprego: Impeachment 31/05/2019
EDITORIAL Nenhum Plano, Ideia ou Ação contra o Desemprego: Impeachment
 
EDITORIAL  Raquel Dodge Confronta o STF no Inquérito sobre FakeNews 06/05/2019
EDITORIAL Raquel Dodge Confronta o STF no Inquérito sobre FakeNews
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites