Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

26 de Agosto de 2019 as 23:08:30



O MERCADO, 26.08: Ibovespa cai a 96.429 pts. Dólar sobe a R$ 4,139



Diário do Mercado na 2ª feira, 208.2019
 
Ibovespa recua, não acompanhando o melhor humor externo 
 
Comentário.
 
O Ibovespa manteve a tendência descendente dos dois últimos pregões e tornou a cair, não acompanhando as altas das bolsas de Nova York.
 
Externamente, houve mais uma trégua na guerra comercial entre EUA e China, que se arrasta desde o final do primeiro trimestre deste ano. Após as medidas de elevações de tarifas por ambas as partes na última 6ª feira, que acirrou a disputa, o presidente norte-americano declarou agora que houve contato posterior dos chineses para que as negociações retornem. Isto trouxe alívio aos mercados internacionais.
 
Contudo, além das preocupações dos agentes com o crescimento global, toda hora surge uma notícia nova referente ao embate entre as duas maiores economias do mundo, que acaba abalando os mercados de risco. Em relação aos emergentes, os investidores ainda têm optado pela cautela.
 
Domesticamente, também,  não foi um dia animador, inclusive, com os agentes trazendo dúvidas sobre a expectativa de crescimento do País este ano, conforme denotado no relatório Focus do Banco Central. 
 
No Brasil, o dólar comercial fechou cotado a R$ 4,1390 (+0,36%), mas teve máxima no dia de R$ 4,1630 (+0,95%). A curva da estrutura a termo da taxa de juros subiu como um todo, exceto os juros de curtíssimo prazo, visto que espera-se recuo da taxa Selic em setembro.
 
Ibovespa.
 
O índice chegou a abrir em alta, mas depois da primeira hora de negócios entrou definitivamente em campo negativo, com a baixa se acentuando pouco depois das 14h. As ações da Petrobras, da Vale e do setor de bancos terminaram negativas, em uma sessão onde apenas seis papéis findaram positivos.
 
O Ibovespa fechou aos 96.429 pts (-1,27%), acumulando -5,29% no mês, +9,72% no ano e +26,44% em 12 meses. O mais fraco giro financeiro preliminar da Bovespa foi de R$ 14,584 bilhões, sendo R$ 13,375 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 22 de agosto (último dado disponível), houve saída líquida de R$ 472,7 milhões em capital estrangeiro da Bolsa, com a retirada líquida passando a R$ 10,968 bilhões no mês. Em 2019, o saldo acumulado está negativo em R$ 21,402 bilhões.
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, o déficit em conta corrente foi de -US$ 9,035 bilhões em julho, passando a acumular saldos negativos de -US$ 21,683 bilhões no ano e -US$ 24,392 bilhões (1,31% do PIB) em 12 meses.
 
Já o Investimento Direto no País somou US$ 7,658 bi em julho, acumulando US$ 44,996 bilhões no ano e US$ 94,892 bilhões (5,09% do PIB) em 12 meses.  
 
Câmbio e CDS.
 
A divisa norte-americana findou em alta perante o real, refletindo uma pior percepção externa dos agentes em relação aos países emergentes, mesmo com nova trégua na guerra comercial entre EUA e China, com o dólar se fortalecendo perante diversas divisas no mercado internacional. 
 
O dólar comercial (interbancário) fechou cotado a R$ 4,1390 (+0,36%), variando +8,38% no mês, +6,81% no ano e +0,83% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil 5 anos subiu a 141 pts de 139 pts na 6ª feira passada. 
 
Juros.
 
Os juros juros futuros, menos os de curtíssimo prazo, mais uma vez, tiveram ascensão, acompanhando a subida do dólar, destacadamente com contratos de médio prazo em diante.
 
Em relação à sessão anterior, assim findaram: DI janeiro/2020 em 5,44% de 5,41%; DI janeiro/2021 em 5,51% de 5,44%; DI janeiro/2023 em 6,59% de 6,44%; DI janeiro/2025 em 7,06% de 6,94%; DI janeiro/2027 em 7,34% de 7,24%.
 
Para a próxima semana.
 
Brasil: IPC FIPE, Custos de construção/FGV, Dados do setor de crédito, Dívida federal, IGP-M/ FGV, PIB, Resultado primário do governo central, Taxa de desemprego nacional, Resultado primário e nominal do setor público consolidado;
 
EUA: PIB, Consumo pessoal, Balança comercial, Estoques de varejo, Estoques no atacado, Novos pedidos seguro-desemprego, Renda e gastos pessoais, PCE (Núcleo), PMI Chicago, Índ Conf Consumidor Univ de Mich;
 
Alemanha: PIB, IPC;
 
França: PIB IPC; zona do euro: IPC;
 
Japão: Taxa de desemprego, IPC, Produção industrial, PMI Manuf;
 
China: Lucros industriais, PMI manuf, Caixin PMI Manuf.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 2ª feira, 26.08.2019, eaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos 

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103 18/09/2019
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir 17/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077 17/09/2019
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077
 
O MERCADO, 16.09: Ibovespa sobe 0,17% a 103.680 pts. Dólar estável a R$ 4,089 16/09/2019
O MERCADO, 16.09: Ibovespa sobe 0,17% a 103.680 pts. Dólar estável a R$ 4,089
 
O MERCADO, 13.09: Ibovespa cai 0,83% a 103.501 pts. Dólar sobe a R$ 4,086 13/09/2019
O MERCADO, 13.09: Ibovespa cai 0,83% a 103.501 pts. Dólar sobe a R$ 4,086
 
O MERCADO, 12.09: Ibovespa sobe 0,89%, Dólar cai face ao Panorama Externo Melhor 13/09/2019
O MERCADO, 12.09: Ibovespa sobe 0,89%, Dólar cai face ao Panorama Externo Melhor
 
PETROBRAS - Visita à plataforma P-68 - Relatório BB-BI 07/09/2019
PETROBRAS - Visita à plataforma P-68 - Relatório BB-BI
 
O MERCADO, 05.09: Ibovespa sobe com NY. Dólar a R$ 4,110 06/09/2019
O MERCADO, 05.09: Ibovespa sobe com NY. Dólar a R$ 4,110
 
O MERCADO, 06.09: Ibovespa sobe a 102.935 pts (+0,68%). Dólar cai a R$ 4,080 07/09/2019
O MERCADO, 06.09: Ibovespa sobe a 102.935 pts (+0,68%). Dólar cai a R$ 4,080
 
O MERCADO, 09.09: Ibovespa sobe a 103.180 (+0,24%). Dólar sobe a R$ 4,098 09/09/2019
O MERCADO, 09.09: Ibovespa sobe a 103.180 (+0,24%). Dólar sobe a R$ 4,098
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites