Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

28 de Agosto de 2019 as 00:08:53



BANRISUL Resultados no 2º Trimestre/2019 Levemente Negativo



BANRISUL - Resultados no 2º Trimestre/2019
 
Levemente negativo, apesar da melhora dos indicadores de inadimplência
 
O Banrisul divulgou seus resultados do 2T19 na 3ª feira, 13.08, com um lucro líquido levemente abaixo das nossas expectativas. O período foi caracterizado por estabilidade nas principais linhas de receita da instituição, como a margem financeira líquida que evoluiu 40 bps, consequência da evolução da carteira de crédito em apenas 10bps.
 
Paralelamente, a receita de serviços apresentou um crescimento de 2,2%, puxada pelas tarifas de conta corrente e receita de seguros, mas compensada pelo desempenho das receitas de adquirência. Entretanto, a surpresa positiva ficou por conta da qualidade da carteira de crédito, com melhora considerável no índice de cobertura e na inadimplência.
 
Carteira de crédito. 
 
A evolução da carteira de crédito ficou aquém do esperado na comparação com os dados de crédito divulgado pelo BCB. No 2T19, o saldo de crédito livre do SFN evoluiu 3,8% para PF e 2,3% para PJ, enquanto o banco alcançou uma evolução de 1,2% na PF e uma queda de 1,2% na PJ.
 
Durante a teleconferência de resultados, foi comentado que esse desempenho se deve ao acirramento da concorrência, especialmente pela característica de sua carteira, com 44% de participação do crédito consignado. Diante disso, o banco anunciou que iniciará a expansão de sua carteira de PJ e agro, que representam 17% e 7%, respectivamente.
 
Qualidade da carteira de crédito.
 
Apesar da não evolução da carteira de crédito, pôde-se notar uma evolução nos indicadores de qualidade da carteira. Como destaque temos
 
(i)  o recuo de 38 bps na inadimplência, contra uma melhora de 10 bps do SFN, e; 
(ii) o índice de cobertura (PDD / NPL90), que alcançou o patamar de 344,6%.
 
Ambos os dados são os melhores desde o início da série histórica (2010), permitindo que o banco adote estratégias menos conservadoras no futuro, como provisionar valores relativamente menores na comparação com a formação bruta de inadimplência.
 
Descontinuidade do guidance. 
 
Devido à intenção do governo do Rio Grande do Sul de realizar um follow on, para vender o excedente de ações que possui de BRSR6, na quantidade suficiente para manter o controle acionário da instituição, foi anunciado a descontinuidade do guidance para 2019. Esse fato era aguardado pelo mercado desde as eleições presidenciais de 2018, o que ajuda a explicar a valorização acima de 50% nos últimos 12 meses.
 
Perspectivas 
 
O Banrisul apresentou um resultado levemente negativo, na nossa visão, visto que a melhora da qualidade da carteira de crédito não foi suficiente para compensar o fraco desempenho de NII e receita de serviços. Todavia, continuamos com nossa visão otimista para a instituição, principalmente pela revisão de sua estratégia para o 2S19, focada em melhorar seu mix de carteira, com evolução do share de PJ e agro. 
 
Além disso, esperamos uma aceleração nas receitas para os próximos trimestres, especialmente em relação ao crédito. Nesse sentido, mantemos nosso preço alvo para 2019 em R$ 28,10, com o rating Outperform.
 
Confira no anexo a íntegra do estudo preparado a respeito por VINICIUS SOARES, Analista, WESLEY BERNABE, CFA, Chefe de Pesquisa, integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: VINICIUS SOARES, Analista, WESLEY BERNABE, CFA, Chefe de Pesquisa, integrantes do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103 18/09/2019
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir 17/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077 17/09/2019
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077
 
O MERCADO, 16.09: Ibovespa sobe 0,17% a 103.680 pts. Dólar estável a R$ 4,089 16/09/2019
O MERCADO, 16.09: Ibovespa sobe 0,17% a 103.680 pts. Dólar estável a R$ 4,089
 
O MERCADO, 13.09: Ibovespa cai 0,83% a 103.501 pts. Dólar sobe a R$ 4,086 13/09/2019
O MERCADO, 13.09: Ibovespa cai 0,83% a 103.501 pts. Dólar sobe a R$ 4,086
 
O MERCADO, 12.09: Ibovespa sobe 0,89%, Dólar cai face ao Panorama Externo Melhor 13/09/2019
O MERCADO, 12.09: Ibovespa sobe 0,89%, Dólar cai face ao Panorama Externo Melhor
 
PETROBRAS - Visita à plataforma P-68 - Relatório BB-BI 07/09/2019
PETROBRAS - Visita à plataforma P-68 - Relatório BB-BI
 
O MERCADO, 05.09: Ibovespa sobe com NY. Dólar a R$ 4,110 06/09/2019
O MERCADO, 05.09: Ibovespa sobe com NY. Dólar a R$ 4,110
 
O MERCADO, 06.09: Ibovespa sobe a 102.935 pts (+0,68%). Dólar cai a R$ 4,080 07/09/2019
O MERCADO, 06.09: Ibovespa sobe a 102.935 pts (+0,68%). Dólar cai a R$ 4,080
 
O MERCADO, 09.09: Ibovespa sobe a 103.180 (+0,24%). Dólar sobe a R$ 4,098 09/09/2019
O MERCADO, 09.09: Ibovespa sobe a 103.180 (+0,24%). Dólar sobe a R$ 4,098
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites