Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Segunda-Feira, Dia 02 de Setembro de 2019 as 21:09:16



EMBRAER - Resultado no 2º trimestre de 2019: NEUTRO



EMBRAER - Resultado no 2º trimestre de 2019
 
Acionistas serão agraciados com dividendos no total de US$ 1,6 BI,
resultantes de venda do controle da EMBRAER à BOEING 
 
A Embraer apresentou desempenho neutro no 2T19, em nossa opinião. A carteira de pedidos firmes atingiu US$ 16,9 bilhões contra US$ 17,4 bilhões no 2T18, no entanto, US$  900 milhões acima do 1T19.
 
Apesar da queda de US$ 500 milhões em relação ao ano anterior, o volume de pedidos firmes no 2T19 foi o mais alto dos últimos três trimestres.
 
Com relação às entregas, no segmento de Aviação Comercial, a Embraer entregou 26 aeronaves no 2T19 contra 28 aeronaves comerciais no 2T18. Assim, a receita líquida na divisão de aviação comercial caiu 16,6% a/a para US $ 631 milhões, contra US$ 757 milhões no 2T18.
 
Quanto à divisão de jatos executivos, foram entregues 5 jatos acima do 2T18, encerrando o trimestre com 25 jatos entregues. Portanto, na divisão de jatos executivos, a receita líquida aumentou 43,5% a/a, para US$ 297 milhões no 2T19 contra US$ 207 milhões no 2T18.
 
A divisão de Serviços e Suporte registrou receita líquida de US$ 255 milhões no 2T19, em linha com os US$ 256 milhões registrados no ano anterior. Por fim, o segmento de Defesa e Segurança registrou receita líquida de US$ 196 milhões, contra US$ 32 milhões no 2T18.
 
Vale ressaltar que os números do 2T18 foram prejudicados pelo incidente do KC-390, o que levou à revisão da base de custos naquele trimestre.
 
Dessa forma, a receita líquida consolidada foi de US$ 1,3 bilhão, um aumento de 10% a/a, enquanto as despesas consolidadas de SG&A foram de US$ 119 milhões contra US$ 112 milhões no 2T18, impactadas por despesas de separação de negócios de US$ 32 milhões. Assim, o EBIT ajustado atingiu US $ 27 milhões com margem de 1,9%, contra um EBIT negativo de US $ 20 milhões no 2T18.
 
O EBITDA consolidado foi de US$ 67 milhões no 2T19, com margem de 4,9%, contra um EBITDA de US$ 41,5 milhões no 2T18 e margem de 3,3%. O lucro líquido reportado no 2T19 foi de US$ 7,2 milhões, contra uma perda líquida de US$ 131,4 milhões no 2T18. A Embraer encerrou o trimestre com uma dívida líquida de US$ 1,0 bilhão, resultando em caixa total próximo a US$ 2,4 bilhões e dívida total de US$ 3,5 bilhões.
 
Opinião do analista.
 
Como esperado, a carteira de pedidos firmes da empresa manteve seu ritmo de recuperação nos últimos trimestres. Além disso, a manutenção de suas diretrizes para 2019 sugere que este será um ano de equilíbrio na margem operacional da Embraer.
 
Permanecemos com uma visão positiva das perspectivas futuras da Embraer apoiadas por sua parceria com a Boeing, que levará a uma distribuição extraordinária de dividendos de US$ 1,6 bilhão. Nesse sentido, mantemos o rating Outperform e nosso preço-alvo no YE20 de R$ 22,50.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do desempenho da EMBRAER no 2º trimestre/2019, elaborado por RENATO HALLGREN, analista senior do BB Investimentos.
Tradução e Subtítulo da Redação JF

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RENATO HALLGREN, analista senior do BB Investimentos. Tradução e Subtítulo da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103 18/09/2019
O MERCADO, 18.09: Ibovespa estável em 104.531 pts. Dólar sobe a R$ 4,103
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir 17/09/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.09 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077 17/09/2019
O MERCADO, 17.09: Ibovespa sobe 0,90% a 104.616 pts. Dólar cai a R$ 4,077
 
O MERCADO, 16.09: Ibovespa sobe 0,17% a 103.680 pts. Dólar estável a R$ 4,089 16/09/2019
O MERCADO, 16.09: Ibovespa sobe 0,17% a 103.680 pts. Dólar estável a R$ 4,089
 
O MERCADO, 13.09: Ibovespa cai 0,83% a 103.501 pts. Dólar sobe a R$ 4,086 13/09/2019
O MERCADO, 13.09: Ibovespa cai 0,83% a 103.501 pts. Dólar sobe a R$ 4,086
 
O MERCADO, 12.09: Ibovespa sobe 0,89%, Dólar cai face ao Panorama Externo Melhor 13/09/2019
O MERCADO, 12.09: Ibovespa sobe 0,89%, Dólar cai face ao Panorama Externo Melhor
 
PETROBRAS - Visita à plataforma P-68 - Relatório BB-BI 07/09/2019
PETROBRAS - Visita à plataforma P-68 - Relatório BB-BI
 
O MERCADO, 05.09: Ibovespa sobe com NY. Dólar a R$ 4,110 06/09/2019
O MERCADO, 05.09: Ibovespa sobe com NY. Dólar a R$ 4,110
 
O MERCADO, 06.09: Ibovespa sobe a 102.935 pts (+0,68%). Dólar cai a R$ 4,080 07/09/2019
O MERCADO, 06.09: Ibovespa sobe a 102.935 pts (+0,68%). Dólar cai a R$ 4,080
 
O MERCADO, 09.09: Ibovespa sobe a 103.180 (+0,24%). Dólar sobe a R$ 4,098 09/09/2019
O MERCADO, 09.09: Ibovespa sobe a 103.180 (+0,24%). Dólar sobe a R$ 4,098
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites