Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

28 de Setembro de 2019 as 02:09:20



O MERCADO: Ibovespa cai 0,23% a 105.077 pts. Dólar cai a R$ 4,155



Diário do Mercado na 6ª feira, 27.09.2019
 
Ibovespa sucumbe com exterior desfavorável, mas giro menor
 
Comentário
 
O índice brasileiro tentou manter o otimismo doméstico com a percepção pelos agentes do ciclo de queda de juros pelo Banco Central para patamares mínimos históricos.
 
Contudo, externamente, a notícia que os EUA poderia restringir investimentos norte-americanos na China azedou o humor do mercado, principalmente acentuado por ser véspera de final de semana. Ou seja, foi veiculado mais um possível entrave na possibilidade de EUA e chineses firmarem um acordo para dissipar a guerra comercial entre os dois países, cujas negociações estão agendadas para dia 10 de outubro próximo. Neste panorama, os índices acionários em Nova York recuaram e contaminaram negativamente o Ibovespa.
 
No Brasil, o dólar comercial fechou cotado a R$ 4,1550 (-0,17%). Os juros futuros curtos fecharam quase estáveis e os intermediários e longos em baixa.
 
Ibovespa.
 
O índice esteve oscilante até a primeira hora da tarde. A partir daí, seguiu a tendência negativas dos índices de Wall Street e sucumbiu.
 
O Ibovespa fechou aos 105.077 pts (-0,23%), acumulando +0,25% na semana, +3,90% no mês, +19,56% no ano e +31,35% em 12 meses. O giro financeiro preliminar da Bovespa foi de R$ 12,1 bi, sendo R$ 11,2 bi no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 25 de setembro (último dado disponível), a entrAda líquida de capital estrangeiro foi de R$ 3,529 milhões na Bovespa, com o saldo positivo passando a R$ 812,148 milhões no mês. Em 2019, a saída líquida acumulada passou a -R$ 20,417 bilhões.
 
Agenda Econômica.
 
No Brasil, a taxa de desemprego trimestral (junho a agosto) recuou para 11,8% versus 12,3% no trimestre de março a maio de 2019 e ante o 12,1% do mesmo trimestre do ano passado. Entre os trimestres acima neste ano,a quantidade de desocupados baixou 419 mil, para 12,6 milhões de pessoas; e abaixo dos 12,7 milhões em relação ao mesmo trimestre de 2018.
 
O rendimento médio real habitual no trimestre de junho a agosto passou a R$ 2.298, estável em relação ao R$ 2.297 do trimestre anterior e ligeiramente menor do que o R$ 2.302 do mesmo trimestre do ano passado. Já a massa de rendimento real habitual, em R$ 209,9 bilhões, ficou praticamente inalterada em ambas as comparações. 
 
O IGP-M mostrou deflação de -0,01% setembro frente a -0,67% em agosto, acima do consenso de -0,13%. O indicador passou a acumular 3,37% no ano e 4,09% em 12 meses.
 
Nos EUA, o núcleo (A/A) do PCE (Personal Comsumption Expenditures), que é a variação de preços monitorada pelo Fed, passou a  1,8% em agosto ante 1,7% (revisado de 1,6%) em julho, ainda abaixo da meta de 2,0%. O índice de confiança do consumidor da universidade de Michigan subiu a 93,2 pts em setembro, de 89,8 em agosto.
 
Câmbio e CDS
 
O dólar cedeu ante ao real e findou cotado em baixa, após passar grande parte da manhã operando de forma instável.
 
A moeda fechou cotada a R$ 4,1550 (-0,17%), variando +0,05% na semana, +0,31% no mês, +7,23% no ano e +3,95% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil 5 anos passou a 138 pts ante 137 pts na véspera.
 
Juros.
 
Os juros encerraram a sessão regular estáveis nos contratos de curtíssimo prazo e em queda no restante de sua curva de estrutura a termo, firmados pelo movimento de baixa do dólar no mercado interno.
 
Em relação à sessão anterior, assim fecharam: DI janeiro/2020 em 5,07% de 5,08; DI janeiro/2021 em 4,96% de 4,98%; DI janeiro/2023 em 6,06% de 6,09%; DI janeiro/2025 6,66% em de 6,69%; DI janeiro/2027 em 7,00% de 7,02%.
 
Agenda.
 
Brasil: Resultado primário e nominal do setor público, prod. industrial, PMI manuf, balança comercial e utilização da capacidade;
 
EUA: payroll (criação de vagas na economia) e taxa de desemprego;
 
Alemanha e França: PMI Manuf.;
 
Reino Unido: PIB e PMI manuf.
 
Confira no anexo a integra do relatório de análise do comportamento do mercado na 6ª feira, 27.09.2019, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos 

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 18.10: Ibovespa em pequena baixa, segue bolsas no exterior. Dólar cai a R$ 4,118 18/10/2019
O MERCADO, 18.10: Ibovespa em pequena baixa, segue bolsas no exterior. Dólar cai a R$ 4,118
 
VAREJO & SHOPPINGS Perspectivas de Desempenho no 3º Trimestre/2019 17/10/2019
VAREJO & SHOPPINGS Perspectivas de Desempenho no 3º Trimestre/2019
 
O MERCADO, 16.10: Ibovespa avança na expectativa de Selic mais baixa. Dólar a R$ 4,153 16/10/2019
O MERCADO, 16.10: Ibovespa avança na expectativa de Selic mais baixa. Dólar a R$ 4,153
 
O MERCADO, 17.10: Realização de Lucros na B3. Dólar a R$ 4,169 17/10/2019
O MERCADO, 17.10: Realização de Lucros na B3. Dólar a R$ 4,169
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.10 Avalie se convém Investir 17/10/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.10 Avalie se convém Investir
 
RENDA FIXA  DEBÊNTURES - Mercado Secundário em 14.10.2019 15/10/2019
RENDA FIXA DEBÊNTURES - Mercado Secundário em 14.10.2019
 
O MERCADO, 15.10: Ibovespa sobe puxado por NY. Dólar sobe a R$ 4.164 15/10/2019
O MERCADO, 15.10: Ibovespa sobe puxado por NY. Dólar sobe a R$ 4.164
 
O MERCADO, 14.10: Ibovespa fecha em alta, mas liquidez reduzida. Dólar sobe a R$ 4,128 14/10/2019
O MERCADO, 14.10: Ibovespa fecha em alta, mas liquidez reduzida. Dólar sobe a R$ 4,128
 
O MERCADO, 11.10: Ibovespa sobe 1,98% a 103.831 pts. Dólar cai a R$ 4,093 12/10/2019
O MERCADO, 11.10: Ibovespa sobe 1,98% a 103.831 pts. Dólar cai a R$ 4,093
 
VALE Tour de Analistas e Investidores - Novo Preço-Alvo 2020e da Ação 12/10/2019
VALE Tour de Analistas e Investidores - Novo Preço-Alvo 2020e da Ação
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites