Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Justiça

Quarta-Feira, Dia 02 de Outubro de 2019 as 17:10:13



GILMAR MENDES chama Moro e Procuradores de "Gangsters a conduzir investigações"



Gilmar Mendes destrói Lava Jato e chama Moro e procuradores de “gangsters a conduzir investigações”
 
Gilmar leu reportagens da Vaza Jato no plenário e fez críticas duríssimas aos procuradores, chegando dizer que a operação Lava Jato tortura investigados e constitui um projeto político; o ministro deve colocar em pauta o HC de Lula ainda este mês
 
Durante votação de proposta de Toffoli sobre a Lava Jato nesta quarta-feira (2), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), citou no plenário as reportagens da Vaza Jato publicadas pelo  The Intercept Brasil e criticou de forma dura a atuação do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato. Ele disse que a operação torturava os investigados, desrespeitava o processo penal, perseguiam ministros do Supremo e articulavam um projeto político.
 
“Hoje se sabe de maneira muito clara que usava-se a prisão provisória como elemento de tortura. E quem defende tortura não pode ter assento na Suprema Corte do Brasil”, declarou o ministro, em uma de suas mais duras críticas à Lava Jato e em uma clara referência ao ex-juiz Sérgio Moro.
 
Gilmar ainda citou que havia um  “quadro de esquizofrenia” jurídica movido por “interesse midiático” de Moro. “Não parece haver dúvida de que o juiz Moro era o verdadeiro chefe da Força Tarefa de Curitiba. Quem acha que isto é normal certamente não está lendo a Constituição e o Código de Processo Penal”, disparou o ministro.
 
O magistrado criticou também o que se chamou de “projeto político” de Dallagnol, que pretendia lançar-se senador: “Veja, um partido dos procuradores, um projeto político!”. Ele ainda citou a perseguição da operação contra os ministros do Supremo, como Dias Toffoli, como quando os procuradores proferiram as frases “In Fux We Trust” e “Aha, uhu. O Fachin é nosso!”, além do ataque à Cármen Lúcia, que foi chamada de “frouxa”.
 
“O Brasil viveu uma era de trevas no processo penal. Você não combate crime cometendo crime. Cada um terá seu tamanho na história. Calcem as sandálias da humildade”, declarou. “Chegou ao momento de fazer uma avaliação crítica”, disse ainda.
 
As duras declarações de Gilmar Mendes apontam que o ministro pode pautar o habeas corpus do ex-presidente Lula ainda este mês.
 
Confira na  REVISTA FORUM a íntegra dessa matéria


Fonte: Revista Forum

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
PROCURADORA do DF pede Absolvição de LULA  e DILMA 18/10/2019
PROCURADORA do DF pede Absolvição de LULA e DILMA
 
TRF2 permite a TEMER  sair do Brasil para palestra na Inglaterra 10/10/2019
TRF2 permite a TEMER sair do Brasil para palestra na Inglaterra
 
FACHIN manda soltar ex-gerente da Petrobras preso na Lava Jato 03/10/2019
FACHIN manda soltar ex-gerente da Petrobras preso na Lava Jato
 
GILMAR MENDES chama Moro e Procuradores de 02/10/2019
GILMAR MENDES chama Moro e Procuradores de "Gangsters a conduzir investigações"
 
Desembargador libera ida de Temer à Inglaterra para palestra 27/09/2019
Desembargador libera ida de Temer à Inglaterra para palestra
 
STF julga Anulamento de Condenação Mal Feita pela Lava Jato 24/09/2019
STF julga Anulamento de Condenação Mal Feita pela Lava Jato
 
CVM multa EIKE BATISTA em R$ 536,5 Milhões 27/05/2019
CVM multa EIKE BATISTA em R$ 536,5 Milhões
 
MILITARES Réus no Assassinato do Músico no Rio 11/05/2019
MILITARES Réus no Assassinato do Músico no Rio
 
MILITARES do Exército são condenados por desvio de R$ 11 milhões 23/04/2019
MILITARES do Exército são condenados por desvio de R$ 11 milhões
 
CASO EVALDO - STM mantém prisão de militares acusados de matar o músico 12/04/2019
CASO EVALDO - STM mantém prisão de militares acusados de matar o músico
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites