Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Quarta-Feira, Dia 27 de Novembro de 2019 as 03:11:51



O MERCADO, 26.11: IBOVESPA cai 1,26% a 107.059 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,244



Diário do Mercado na 3ª feira, 26.11.2019
 
Ibovespa tem perda com pressão cambial e rebalanceamento externo
 
Comentário.
 
O índice doméstico sofreu revés no dia com vigoroso volume financeiro. O impacto veio da pressão sobre o câmbio, que elevou a curva de juros futuros, além do rebalanceamento do portfólio de ações de um player global, com redução de participação de papéis brasileiros.
 
O temor dos agentes é que uma maior desvalorização cambial possa elevar a inflação, induzindo uma maior taxa básica de juros no futuro. Em verdade, as recentes turbulências em países da América do Sul têm trazido incertezas, que acabam se refletindo sobre a percepção de risco da região como um tudo, não estando o Brasil imune a este panorama.
 
Por outro lado, uma mudança de alocação de ativos na bolsa brasileira por investidor estrangeiro sinaliza um menor interesse externo em proceder aplicações de recursos em empresas do País.
 
Externamente, declarações do presidente norte-americano, Donald Trump, que o acordo comercial “fase 1 “ com a China está indo bem, mantiveram o otimismo cauteloso, levando os índices acionários de Nova York a encerrarem com pequenos ganhos, mas renovando seus recordes de pontuações históricas de fechamentos.
 
No Brasil, o dólar comercial renovou sua nova máxima histórica de fechamento (desde o plano real), findando cotado a R$ 4,2400 (+0,62%). Os juros futuros subiram como um todo, destacadamente nos vencimentos intermediários.   
 
Ibovespa.
 
O índice principiou cadente e antes do meio dia passou a navegar basicamente entre os 106 mil e 107 mil pts, firmando-se acima desta última pontuação na meia hora final do pregão.
 
O Ibovespa findou aos 107.059 pts (-1,26%), passando a acumular -1,50% na semana, -0,15% no mês, +21,81% no ano e +25,15% em 12 meses. O robusto preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 26,8 bilhões, tendo o mercado à vista negociado R$ 24,9 bilhões.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No dia 22 de novembro (último dado disponível), a Bovespa teve ingresso de R$ 37,861 milhões de capital estrangeiro, com a saída líquida passando a -R$ 5,190 bilhões em novembro. Em 2019, o saldo negativo líquido acumulado situa-se em -R$ 35,595 bilhões.
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) iniciou ascendente e chegou a perder força com uma primeira intervenção do Banco Central. Todavia, como prosseguiu sua escalada pouco depois, somente arrefeceu sua alta com uma segunda intervenção pouco depois do meio da tarde. Mesmo assim, a moeda perfez novo recorde histórico de fechamento desde o plano real (1994). 
 
A moeda terminou cotada a R$ 4,2440 (+0,62%), acumulando +1,15% na semana, +5,68%  no mês, +9,42% no ano e +8,11% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil 5 anos permaneceu em 124 pts.
 
Juros
 
Os juros futuros avançaram como um todo, acompanhando o comportamento altista do câmbio. Os vencimentos intermediários foram destaques de alta.
 
Em relação ao pregão anterior, assim fecharam os contratos: DI janeiro/2020 em 4,69% de 4,68%; DI janeiro/2021 em 4,73% de 4,65%; DI janeiro/2022 em 5,44% de 5,37%; DI janeiro/2023 em 5,98% de 5,94%; DI janeiro/2025 em 6,59% de 6,54%; DI janeiro/2027 em 6,92% de 6,85%.
 
Agenda.
 
Brasil: IPC-FIPE, dados do setor de crédito, IGP-M inflação ao atacado, Taxa de desemprego, Resultados primário e nominal do setor público;
 
EUA: PIB, Consumo pessoal, Pedidos de bens duráveis, PCE (núcleo), Livro Bege;
 
França: PIB;
 
Japão: Produção industrial;
 
China: Lucros industriais, PMI manuf., PMI não manuf.  
 
Confira no anezo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 3ª feira, 26.11.2019, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos.

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 06.12 Avalie se convém Investir 07/12/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 06.12 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 06.12: IBOVESPA sobe 0,46% a 111.125 pts. DÓLAR cai 1,0% a R$ 4,146 06/12/2019
O MERCADO, 06.12: IBOVESPA sobe 0,46% a 111.125 pts. DÓLAR cai 1,0% a R$ 4,146
 
O MERCADO, 04.12: Ibovespa subiu 1,23% a 110.300 pts, Dólar estável em R$ 4,202 04/12/2019
O MERCADO, 04.12: Ibovespa subiu 1,23% a 110.300 pts, Dólar estável em R$ 4,202
 
O MERCADO, 02.12: IBOVESPA sobe 064% a 108.927 pts. DÓLAR cai a R$ 4,211 02/12/2019
O MERCADO, 02.12: IBOVESPA sobe 064% a 108.927 pts. DÓLAR cai a R$ 4,211
 
O MERCADO, 29.11 - R$ 8,2 BI de Capitais Externos deixam a bolsa B3 em Novembro 30/11/2019
O MERCADO, 29.11 - R$ 8,2 BI de Capitais Externos deixam a bolsa B3 em Novembro
 
MEGA SENA sorteia prêmio de R$ 44 Milhões neste sábado 30/11/2019
MEGA SENA sorteia prêmio de R$ 44 Milhões neste sábado
 
BRASKEM - Resultado no 3º trimestre de 2019: Negativo 30/11/2019
BRASKEM - Resultado no 3º trimestre de 2019: Negativo
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 28.11 Avalie se convém Investir 29/11/2019
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 28.11 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 28.11: IBOVESPA sobe 0,54% a 108.290 pts. DÓLAR cai a R$ 4,215 28/11/2019
O MERCADO, 28.11: IBOVESPA sobe 0,54% a 108.290 pts. DÓLAR cai a R$ 4,215
 
O MERCADO, 26.11: IBOVESPA cai 1,26% a 107.059 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,244 27/11/2019
O MERCADO, 26.11: IBOVESPA cai 1,26% a 107.059 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,244
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites