Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sábado, Dia 04 de Janeiro de 2020 as 22:48:56



O MERCADO, 03.01: Ibovespa cai 0,73% a 117.706 pts. Dólar sobe a R$ 4,055



Diário do Mercado na 6ª feira, 03.01.2019
 
Ação militar no Irã abala o quadro geopolítico, mas o mercado interno se sustenta  
 
Comentário.
 
Em dia tenso, os mercados globais sofreram fortes movimentos de venda de ativos e aversão a risco, intensificados por estratégias de busca por proteção, por parte dos agentes, recorrendo aos títulos do Tesouro norte-americano, ao ouro e ao iene japonês.
 
O ataque promovido pelos EUA, que resultou na morte de um alto comandante militar iraniano, afetou os mercados domésticos logo pela manhã, mas, ao longo do dia, a Bolsa reagiu e reduziu parte das perdas, com elevada liquidez, enquanto os juros futuros praticamente não se alteraram.
 
Operadores de mercado mostraram-se otimistas com o maior ingresso de recursos estrangeiros na Bolsa, nos pregões de ontem e de hoje, e com a redução da posição vendida no índice futuro.
 
No entanto, o dólar se valorizou em sinal de cautela, diante dos receios com os desdobramentos de uma possível retaliação militar por parte do Irã.
 
Ibovespa.
 
O índice iniciou o dia em queda, repercutindo as primeiras incertezas da tensão geopolítica, mas voltou a se valorizar, gradativamente, ao longo do pregão, descolando-se dos índices globais de ações, fechando aos 117.706 pontos (-0,73%), acumulando +8,03% em um mês e +28,55% em 12 meses.
 
A ação da Natura renovou máxima diária após confirmar a conclusão do negócio com a Avon, enquanto Braskem se valorizou, após assinar um acordo com moradores em áreas de risco em Alagoas. Os papéis de Gol e Azul caíram, em face da alta do petróleo.
 
O giro financeiro preliminar da Bovespa totalizou R$ 29,1 bilhões.
 
Capitais Externos na Bolsa
 
No último pregão do ano passado, dia 30 de dezembro (último dado disponível), a Bovespa registrou saída líquida de capital estrangeiro no total de R$ -1,013 bilhão, com retirada saída líquida de R$ -5,261 bilhões em dezembro. Em 2019, a saída líquida atingiu R$ 44,517 bilhões.
 
Agenda Econômica.
 
Em contexto de agenda global fraca, a ata do Fomc apontou preocupações com a inflação persistentemente abaixo dos 2% e incertezas nas relações comerciais dos EUA, mas a sua repercussão foi ofuscada pela ação militar no Irã. Na Zona do Euro, a produção industrial recuou em -7,2% em novembro (contra -3,9% no mês anterior).
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) se valorizou frente ao real, especialmente no meio da tarde, como reflexo da cautela com os desdobramentos do ataque militar no Irã, mas com baixa liquidez.
 
A moeda encerrou cotada a R$ 4,0550 (+0,77%), acumulando -3,57% em um mês e +7,93% em 12 meses.
 
Risco País
 
O risco-país medido pelo CDS Brasil de 5 anos se elevou discretamente, de 97 (no último dia) para 99 pontos.
 
Juros.
 
Os juros futuros oscilaram na abertura, mas fecharam perto da estabilidade. Os vencimentos longos apresentaram discreta elevação, em seu conjunto, acompanhando as tensões geopolíticas. Em relação ao pregão anterior, assim fecharam:
 
DI janeiro/2021 estável em 4,52%;
DI janeiro/2022 em 5,28% de 5,25%;
DI janeiro/2023 em 5,81% de 5,77%;
DI janeiro/2025 em 6,45% de 6,38%;
DI janeiro/2027 em 6,79% de 6,71%.
 
Agenda.
 
Brasil: IPC-Fipe, vendas de veículos pela Anfavea, IPC-S, IGP-DI, prévia do IGP-M, IPCA, Produção Industrial, volume do setor de serviços, índice de atividade IBC-Br.
 
EUA: PMI Markit, pedidos de fábrica, dados do emprego pela ADP.
 
China: índices PMI Caixin, IPP, IPC, PIB;
 
Alemanha: IPC, PMI Markit, PIB, Pesquisa do instituto ZEW.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório sobre o comportamento do mercado na 6ª feira, 03.01.2020, elaborado por RENATO ODO, CNPI-P, e HENRIQUE TOMAZ DE AQUINO, CFA, ambos analistas integrantes do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: RENATO ODO, CNPI-P, e HENRIQUE TOMAZ DE AQUINO, CFA, ambos analistas integrantes do BB Investimentos

 
Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 27.01, 2ª feira. Avalie se convém Investir 27/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 27.01, 2ª feira. Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 27.01: IBOVESPA caiu 3,29% a 114.481 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,209 27/01/2020
O MERCADO, 27.01: IBOVESPA caiu 3,29% a 114.481 pts. DÓLAR sobe a R$ 4,209
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 24.01, 6ª feira. Avalie se convém Investir 25/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 24.01, 6ª feira. Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 24.01: IBOVESPA cai 0,96% a 118.376 pts DÓLAR sobe a R$ 4,184 25/01/2020
O MERCADO, 24.01: IBOVESPA cai 0,96% a 118.376 pts DÓLAR sobe a R$ 4,184
 
O MERCADO, 22.01: IBOVESPA sobe 1,17% a 118.391 pts, DÓLAR cai a R$ 4,175 23/01/2020
O MERCADO, 22.01: IBOVESPA sobe 1,17% a 118.391 pts, DÓLAR cai a R$ 4,175
 
O MERCADO, 21.01: IBOVESPA cai 1,54% a 117.026 pts DÓLAR sobe a R$ 4,205 22/01/2020
O MERCADO, 21.01: IBOVESPA cai 1,54% a 117.026 pts DÓLAR sobe a R$ 4,205
 
DÓLAR fecha no maior valor do ano: R$ 4,206 22/01/2020
DÓLAR fecha no maior valor do ano: R$ 4,206
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.01, 2ª feira. Avalie se convém Investir 21/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 20.01, 2ª feira. Avalie se convém Investir
 
MARKET UPDATE - Destaques na Economia - 17.01.2020 18/01/2020
MARKET UPDATE - Destaques na Economia - 17.01.2020
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.01, 6ª feira. Avalie se convém Investir 18/01/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 17.01, 6ª feira. Avalie se convém Investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites