Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

Quinta-Feira, Dia 13 de Fevereiro de 2020 as 21:02:53



ARGENTINA pede apoio do Brasil para renegociar dívida com FMI


Imagem de arquivo.
A Argentina vive uma “situação difícil”, com graves problemas de demanda interna e externa, queda no superavit e uma dívida externa absurda que teria por base um "sistema cambial irresponsável“, segundo o ministro argentilo Felipe Solá.
 
A Argentina quer o apoio do Brasil para renegociar sua dívida com o FMI Fundo Monetário Internacional, disse o ministro de Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto da Argentina, Felipe Solá, na 4ª feira, 12.02, durante encontro com o chanceler brasileiro, Ernesto Araújo, no Palácio do Itamaraty.
 
Na oportunidade, o ministro argentino classificou a viagem ao Brasil como um “marco de aproximação e amizade”, apesar de ter sido adiada “por outros fatores”.
 
“A missão que lidero tem como objetivo discutir o Mercosul e a agenda bilateral e outros temas, em uma conversa franca. Tem também a responsabilidade e o propósito de esclarecer o estado das coisas do atual governo argentino”,
 
acrescentou Solá.
 
Segundo Solá, a Argentina vive uma “situação difícil”, com graves problemas de demanda interna e externa, queda no superavit e uma “dívida externa absurda” que teria por base um “sistema cambial irresponsável”.
 
Além disso, acrescentou, o país vizinho vive “uma inflação altíssima, com cifras astronômicas, se comparadas às do Brasil”. Para ele, essa situação precisa ser encarada “sem artifícios mágicos”.
 
Diante desse cenário, a Argentina tem buscado renegociar a dívida que tem com o FMI.
 
“Já fizemos visitas, na busca de apoio de países europeus. Pedimos também ao governo brasileiro que nos apoie nessa questão com o FMI, de forma a darmos o primeiro passo para um acordo. Queremos tempo para podermos crescer e pagar nossas dívidas”,
 
disse o argentino.
 
Solá acrescentou que seu país tem atuado fortemente para superar pendências que tem na área agrícola e sanitária, visando à superação de barreiras comerciais.
 
Em discurso, o ministro Ernesto Araújo disse que o Brasil tem “convicção e expectativa” de contar com a parceria da Argentina em temas essenciais para o projeto de consolidação do Mercosul como plataforma de inserção na economia internacional.
 
“Temos interesse comercial de nos posicionarmos como polo de crescimento econômico; na determinação de trabalhar pela democracia na nossa região e na dimensão da segurança e combate ao crime organizado”,
 
disse o ministro brasileiro.
 
De acordo com Araújo, Brasil e Argentina se reunirão com representantes de outros países no Canadá na semana que vem, para discutir como contribuir para a redemocratização da Venezuela.
 
“Na nossa conversa, falamos de nossa preocupação e empenho pela democracia. Temos aspiração democrática fundacional em nosso bloco. Nesse sentido decidimos contribuir para a transição democrática da Venezuela”,
 
afirmou Araújo.


Fonte: AGENCIA BRASIL





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
BORIS JOHNSON internado em UTI em piora do quadro de Covid-19 06/04/2020
BORIS JOHNSON internado em UTI em piora do quadro de Covid-19
 
ESPANHA - Mortes sobem  pelo Covid-19, mas ritmo desacelera 06/04/2020
ESPANHA - Mortes sobem pelo Covid-19, mas ritmo desacelera
 
EUA, com mais de 9 mil mortes, entram na semana mais difícil, 06/04/2020
EUA, com mais de 9 mil mortes, entram na semana mais difícil,
 
CONSUL DA CHINA escreve Carta Aberta ao nº 3, Eduardo Bolsonaro 04/04/2020
CONSUL DA CHINA escreve Carta Aberta ao nº 3, Eduardo Bolsonaro
 
ARÁBIA SAUDITA nega boatos de que pretende derrubar Mercado de Petróleo de Xisto 04/04/2020
ARÁBIA SAUDITA nega boatos de que pretende derrubar Mercado de Petróleo de Xisto
 
BRASIL  precisa se fechar, diz Trump em telefonema a Bolsonaro 02/04/2020
BRASIL precisa se fechar, diz Trump em telefonema a Bolsonaro
 
SOFT POWER Com 4 mil mortos e 190 mil infectados, EUA recebem equipamentos médicos cedidos pela RÚSSIA 02/04/2020
SOFT POWER Com 4 mil mortos e 190 mil infectados, EUA recebem equipamentos médicos cedidos pela RÚSSIA
 
EUA se aproveitam de pandemia para pressionar Venezuela, diz senador paraguaio 01/04/2020
EUA se aproveitam de pandemia para pressionar Venezuela, diz senador paraguaio
 
VENEZUELA rejeita plano de Mike Pompeu de governo interino 01/04/2020
VENEZUELA rejeita plano de Mike Pompeu de governo interino
 
ARGENTINA - 27 Mortos e.1.054 infectados pelo COVID19 01/04/2020
ARGENTINA - 27 Mortos e.1.054 infectados pelo COVID19
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites