Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

24 de Março de 2020 as 00:03:53



CYRELA Resultados no 4º trimestre /2019: POSITIVO



CYRELA - Resultados no 4º trimestre/2019
 
Mais trimestre de bom desempenho operacional; positivo
 
Os resultados do 4T19 da CYRELA foram positivos e um pouco acima dos estimados pelo BB-BI. Além disso, os lançamentos recentes têm se mostrado bem-sucedidos ao mesmo tempo em que a companhia está endereçando seus estoques, o que é um destaque bastante positivo.
 
Destaques Operacionais. 
 
Durante o 4T19, a CYRELA lançou 27 empreendimentos, que totalizaram R$ 1.7 bilhões (%CBR) em VGV (-7,9% a/a e +34,8% t/t). Vale ressaltar que 38,7% dos lançamentos concentraram-se no segmento de alta renda (ante 53,7% no 4T18), enquanto que as vendas do mesmo segmento representaram 41,8% das vendas totais (ante 60,7% em 4T18).
 
Destaca-se também que 42,7% dos lançamentos concentraram-se no segmento MCMV 2 e 3 (ante 33,9% no 4T18), enquanto que as vendas do mesmo segmento representaram 35,3% das vendas totais (ante 25,2% em 4T18). As vendas líquidas diminuíram 11,6% a/a e atingiram R$ 1.520 milhões.
 
As unidades lançadas foram responsáveis por 52,6% do total das vendas líquidas, enquanto as unidades concluídas representaram apenas 16,2% das vendas líquidas no período (as vendas das unidades concluídas aumentaram 22,7% em relação ao trimestre anterior e 25,1% em relação ao ano anterior).
 
Ao nosso ver, os esforços da companhia para vender seu estoque concluído ao longo do ano melhoraram o patamar do ano anterior, e apresentaram melhorias no perfil do estoque da CYRELA (unidades concluídas alcançaram 21,6% do estoque total, ante 40,1% em 2018).
 
Desempenho econômico-financeiro. 
 
O maior volume de lançamentos reconhecidos no período, aliado ao aumento das vendas de estoque, levou a receita líquida a atingir R$ 1.233 milhões, um decréscimo de 7,4% a/a (4.4% acima do BB-BIe). Além disso, o reconhecimento de lançamentos também impactou a margem bruta, que aumentou 6,1 p.p. a/a (-0.6 p.p. a/e), enquanto a margem EBITDA teve um incremento de 7,8 p.p. atingindo 21,2% (+4,8 p.p. a/e).
 
Por fim, a margem líquida atingiu 12,1%, (+3,7 p.p. a/a e +0.5 p.p. que o BB-BIe), positivamente impulsionada 
 
(i)    pela participação da CYRELA nos resultados da Cury; e, 
(ii)   pelos a ganhos com a valorização das ações da TCSA3 e da CCPR3, e 
(iii)  pelos ganhos com à operação realizada com o Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB). 
 
Por outro lado, o lucro líquido foi negativamente impactado por contingências judiciais e um impairment de estoques.
 
 
Conclusões.
 
Consideramos os resultados da CYRELA no 4T19 como positivos, como já havíamos dito em nosso relatório de prévias de resultados. A companhia apresentou melhorias nos indicadores operacionais e financeiros, em linha com que esperávamos.
 
Considerando os dados dos UDM, a VSO permanece acima dos 50% e nos mantém confiantes na tese de investimento da companhia. Além disso, os lançamentos recentes provaram ter sido muito bemsucedidos ao mesmo tempo em que a companhia endereça seus estoques, o que também é bastante positivo.
 
Em fevereiro, a CYRELA informou que a Cury Construtora e Incorporadora S.A. enviou o pedido de registro de seu IPO a B3. Entretanto, frente aos desdobramentos relacionados ao coronavírus, a companhia monitora a situação, adotando medidas mitigatórias para garantir a segurança de seus acionistas. 
 
Além disso, a companhia informou que fechará seus estandes de vendas de imóveis em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre a partir desta data. Também estão sendo reavaliados o cronograma de lançamentos para os próximos meses, e, por ora, os lançamentos de novos projetos estão suspensos.
 
Por enquanto, mantemos o nosso preço-alvo 20E para CYRE3 de R$ 31,70, e a recomendação de Outperform.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do desempenho da CYRELA no 4º trimestre/2019, elaborado por KAMILA OLIVEIRA, integrante do BB Investimentos 

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: KAMILA OLIVEIRA, integrante do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 27.03 Avalie se convém Investir 27/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 27.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 27.03: IBOVESPA cai 5,51% a 73.428 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,106 27/03/2020
O MERCADO, 27.03: IBOVESPA cai 5,51% a 73.428 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,106
 
VIA VAREJO - Resultado no 4º trimestre/2019: POSITIVO 27/03/2020
VIA VAREJO - Resultado no 4º trimestre/2019: POSITIVO
 
JBS  Resultado no 4º Trimestre /2019  ROBUSTO, POSITIVO 27/03/2020
JBS Resultado no 4º Trimestre /2019 ROBUSTO, POSITIVO
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 26.03 Avalie se convém Investir 26/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 26.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 26.03: IBOVESPA sobe 3,67% a 77.709 pts DÓLAR caiu a R$ 4,998 26/03/2020
O MERCADO, 26.03: IBOVESPA sobe 3,67% a 77.709 pts DÓLAR caiu a R$ 4,998
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 25.03 Avalie se convém Investir 25/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 25.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 25.03: IBOVESPA sobe 7,5% a 74.955 pts DÓLAR cai R$ 5,032 25/03/2020
O MERCADO, 25.03: IBOVESPA sobe 7,5% a 74.955 pts DÓLAR cai R$ 5,032
 
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 24.03 Avalie se convém Investir 25/03/2020
GUIA DE AÇÕES Conheça aqui as cotações de 24.03 Avalie se convém Investir
 
O MERCADO, 24.03: IBOVESPA sobe 9,69% a 69.729 pts DÓLAR cai a R$ 5,082 25/03/2020
O MERCADO, 24.03: IBOVESPA sobe 9,69% a 69.729 pts DÓLAR cai a R$ 5,082
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites