Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

25 de Março de 2020 as 01:03:29



CHINA respira, Itália em colapso ... o resto do mundo preparara-se para o pior



China já respira, Itália em colapso, Espanha à beira dele
e o resto do mundo a preparar-se para o pior
 
O covid-19, que teve o primeiro surto em dezembro do ano passado em Whuan, na China, já chegou a 182 países, segundo a Organização Mundial da Saúde, que a classificou como pandemia a 11 de março. Como estão a reagir os sistemas de saúde ao vírus que parou o mundo?
 
Enquanto de Whuan chegam imagens de gente na rua e relatos de como a vida lentamente volta ao normal, uma vez "praticamente contido o vírus, segundo o presidente chinês, Xi Jinping, e fechados os 16 hospitais que tinham sido construídos em semanas para responder ao surto de covid-19 que infetou mais de 81 mil pessoas na China e matou cerca de 3250, de Itália chegam as imagens gravada por uma enfermeira de Bergamo, na Lombardia.
 
Corredores e enfermarias cheios de pessoas ventiladas e os apitos das máquinas que as ajudam a respirar 24 horas por dia. Além das imagens, os avisos desesperados dos médicos aos colegas de outros países para que não deixem a situação chegar àquela que estão a viver: de ter de escolher entre quem ligam ou não ao ventilador. Porque faltam camas, faltam ventiladores e falta pessoal.
 
Itália em colapso
 
Entretanto, desembarcaram no país reforços, médicos e materiais vindos da China. Mas a Itália mantém-se em colapso, com a mais alta taxa de letalidade desta doença registada em todo o mundo, cerca de 8%, o dobro da China, onde o surto começou. Em mais de 53 mil infetados, conta com 4.825 mortes.
 
A deteção tardia da doença, o elevado índice de envelhecimento do país e um sistema de saúde frágil, que não estava preparado para uma epidemia desta dimensão - existem em Itália, segundo dados divulgados pela Deutsche Welle, apenas cinco mil camas de cuidados intensivos com suporte respiratório -, poderão ser algumas das explicação para a situação trágica que o país vive.
 
Espanha à beira do colapso
 
De Espanha as notícias também são alarmantes. O jornal El Pais descreve a situação das unidades de cuidados intensivos dos grandes hospitais de Madrid como no limite, dando neste momento resposta ao dobro das pessoas às quais em condições normais teriam capacidade de responder.
 
Já começaram a ser desmarcadas cirurgias que estavam programadas para libertar camas e o jornal fala em falta de equipamentos e pessoal especializado para tratar pessoas que precisam de ventilação e monitorização 24 horas por dia.
 
Na capital espanhola concentram-se cerca de 60% dos casos de covid-19 do país e os números crescem de dia para dia. Os últimos, oficiais, são de 25 mil infetados e 1350 mortos. Setenta por cento dos que estão nos cuidados intensivos têm mais de 60 anos.
 
França prepara-se para o pior
 
Em França, os hospitais preparam-se para o pior, segundo noticia o Le Monde, que avança que no este e na Ile-de-France os hospitais estão cheios e os profissionais de saúde no limite, a sul e oeste estão a preparar-se "com ansiedade para o surgimento de novos doentes com covid-19".
 
O país tem neste momento 14.459 casos, regista 562 mortos e 6.172 pessoas hospitalizadas. Com cerca de sete mil camas em cuidados intensivos, os franceses já tomaram medidas de contenção e isolamento que o diretor-geral de saúde francês espera surtirem efeito no "achatar da curva" desejado por todos os países que nestes dias lutam contra esta pandemia.
 
Alemanha: 25 mil camas de cuidados intensivos
 
O número de infetados na Alemanha é superior ao de França - 18 323 -, mas o de mortos é muito inferior (45), segundo dados da Organização Mundial da Saúde.
 
Um caso que está a intrigar o mundo e que, de acordo com a Deutsche Welle, pode ter várias explicações: o fato de o seu sistema de saúde estar mais bem equipado do que os vizinhos europeus, com 25 mil camas de cuidados intensivos completas com suporte respiratório é uma delas. França tem cerca de sete mil e a Itália cerca de cinco mil. A população alemã ronda os 80 milhões, a de Itália os 60 e a de França os 66.
 
Por outro lado, segundo Christian Drosten, diretor do Instituto de Virologia do Hospital Charité de Berlim, em declarações à DW, a doença foi detetada cedo, assim que surgiu, e a capacidade de a testar é elevada, estimando-se que possam ser testadas 12 mil pessoas por dia no país, onde fazer o exame é mais fácil do que noutros. Apresentar sintomas, ter estado em contacto com um caso confirmado ou ter voltado recentemente de uma zona de risco é o bastante para realizar o teste.
 
O fato de até agora a média de idades da maioria dos infetados se situar entre os 20 e os 50 anos poderá ser outra das explicações. Ainda assim, a Alemanha não baixa a guarda e está também a preparar-se para o pior enquanto luta para não chegar lá.
 
Como Portugal, que, com 1280 casos confirmados, 12 mortos e 156 doentes internados, 35 deles em cuidados intensivos, decretou o estado de emergência e tomou medidas drásticas de confinamento da população, para conter a pandemia.
 
Esperemos que as 1124 camas de unidade de cuidados intensivos e os 1142 ventiladores nos hospitais públicos, as 450 camas e 250 ventiladores nos privados e todos os profissionais de saúde que estão no terreno há semanas cheguem para dar resposta.
 


Fonte: DIÁRIO DE NOTÍCIAS-Portugal, jornalista Catarina Pires





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
RÚSSIA Agência Biomédica Federal apresenta Medicamento para tratar COVID-19 29/03/2020
RÚSSIA Agência Biomédica Federal apresenta Medicamento para tratar COVID-19
 
COREIA DO NORTE lança Projéteis de Curto Alcance 29/03/2020
COREIA DO NORTE lança Projéteis de Curto Alcance
 
RÚSSIA - Disparam os Casos de Covid-19 e governo fechará as fronteiras 29/03/2020
RÚSSIA - Disparam os Casos de Covid-19 e governo fechará as fronteiras
 
EUA têm 100 mil casos confirmados de Covid-19 28/03/2020
EUA têm 100 mil casos confirmados de Covid-19
 
GRA BRETANHA - Pacientes Covid-19 em terapia intensiva têm 50% de sobrevida 28/03/2020
GRA BRETANHA - Pacientes Covid-19 em terapia intensiva têm 50% de sobrevida
 
UNIÃO EUROPEIA desequipada para combater o Covid-19 27/03/2020
UNIÃO EUROPEIA desequipada para combater o Covid-19
 
RÚSSIA - Covid-19 faz Putin adiar referendum sobre mudanças constitucionais 26/03/2020
RÚSSIA - Covid-19 faz Putin adiar referendum sobre mudanças constitucionais
 
OLIMPÍADAS-JAPÃO Adiadas para 2021 pelo Comitê Olímpico Internacional 25/03/2020
OLIMPÍADAS-JAPÃO Adiadas para 2021 pelo Comitê Olímpico Internacional
 
CHINA respira, Itália em colapso ... o resto do mundo preparara-se para o pior 25/03/2020
CHINA respira, Itália em colapso ... o resto do mundo preparara-se para o pior
 
PETRÓLEO Preços sobem com medidas para apoiar economia 24/03/2020
PETRÓLEO Preços sobem com medidas para apoiar economia
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites