Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Internacional

Sábado, Dia 04 de Abril de 2020 as 02:04:04



ARÁBIA SAUDITA nega boatos de que pretende derrubar Mercado de Petróleo de Xisto



Arábia Saudita nega boatos de que Riad pretende derrubar mercado de petróleo de xisto
 
Os preços globais de petróleo começaram a cair em janeiro, atingindo em março o preço mais baixo nas últimas duas décadas.
 
O Ministério das Relações Exteriores da Arábia Saudita refutou os rumores de que Riad busca diminuição dos preços do petróleo para destruir o mercado de petróleo de xisto.
 
A Chancelaria do Reino destacou ter realizado cortes na produção e que procura alcançar um equilíbrio no mercado global de energia, informou Sputnik Internacional.
 
"O ministro das Relações Exteriores diz que a observação, atribuída ao presidente russo Vladimir Putin por um dos meios de comunicação, de que uma das razões para a queda nos preços do petróleo é a retirada do reino do acordo da OPEP + [corte da produção de petróleo] e o o desejo do reino de se livrar dos produtores de petróleo de xisto é falso",
 
afirmou o ministério nesta sexta-feira, citando o ministro das Relações Exteriores, Faisal bin Farhan Al Saud.
 
"Sua Majestade [rei Salman] confirmou que a posição do reino em relação à produção de óleo de xisto é bem conhecida: é uma importante fonte de energia",
 
acrescentou o comunicado. A Arábia Saudita alegou que procura reduzir ainda mais a produção de petróleo para alcançar equilíbrio no mercado,
 
"que é do interesse dos produtores de óleo de xisto, contrariando a afirmação da Rússia e seu desejo de manter os preços baixos para influenciar a produção de óleo de xisto",
 
concluiu o documento.
 
O ministro também manifestou a esperança de que a Rússia e a outras partes no acordo OPEP + realizem uma reunião urgente para elaborar um novo acordo, com objetivo de restaurar o equilíbrio no mercado global.
 
No início de março, após fracasso das negociações da OPEP +, a Arábia Saudita aumentou sua produção de petróleo em cerca de 30% e também começou a oferecer seu petróleo a preços baixíssimos para furtar mercados mantidos por exportadores de petróleo da Rússia e dos EUA.
 
Desse modo, os preços do petróleo caíram para níveis mínimos em vários anos nas últimas semanas. Na sexta-feira, o preço oscilava um pouco acima de US$ 32.
 


Fonte: SPUTNIK NEWS. Imagem: poço de petróleo saudita, imagem de arquivo.





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
ROGER WALTERS pede Protestos Pacíficos: 02/06/2020
ROGER WALTERS pede Protestos Pacíficos: "Motins apenas ajudam Trump"
 
VENEZUELA anuncia chegada do 5º e Último Petroleiro com gasolina do Irã 01/06/2020
VENEZUELA anuncia chegada do 5º e Último Petroleiro com gasolina do Irã
 
NOVA IORQUE sob Toque de Recolher para Coibir Manifestações contra Racismo 01/06/2020
NOVA IORQUE sob Toque de Recolher para Coibir Manifestações contra Racismo
 
EUA Trump diz a Governadores para 'Dominar' os Manifestantes 01/06/2020
EUA Trump diz a Governadores para 'Dominar' os Manifestantes
 
CRISE INEVITÁVEL: Economia dos EUA em Queda Livre 31/05/2020
CRISE INEVITÁVEL: Economia dos EUA em Queda Livre
 
EUA solicitam Guarda Nacional para conter protestos em Minneapolis 31/05/2020
EUA solicitam Guarda Nacional para conter protestos em Minneapolis"
 
ESPANHA defende Regras Comuns para Circulação de Pessoas pela UE 27/05/2020
ESPANHA defende Regras Comuns para Circulação de Pessoas pela UE
 
ESPANHA amplia relaxamento e quer volta de turistas em julho 25/05/2020
ESPANHA amplia relaxamento e quer volta de turistas em julho
 
EUA têm 98 mil mortos por COVID-19 26/05/2020
EUA têm 98 mil mortos por COVID-19
 
BRASIL já está Pagando Preço pelas Palhaçadas de seu Presidente, diz o Financial Times 25/05/2020
BRASIL já está Pagando Preço pelas Palhaçadas de seu Presidente, diz o Financial Times
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites