Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Sexta-Feira, Dia 05 de Junho de 2020 as 22:06:52



O MERCADO, 05.06: IBOVESPA subiu forte com entrada firme de Capital Externo



Diário do Mercado na 6ª feira, 05.06.2020 
 
Ibovespa tem alta, nesta 6ª feira,com maior propensão externa ao risco
 
Comentário. 
 
O índice doméstico culminou a semana com +8,28% de alta, em um cenário de euforia com seis elevações consecutivas.
 
Esta elevação recente apresenta ainda mais consistência pois veio acompanhada de firme incremento de volume médio diário, denotando recomposição de portfólios, além de ingresso de capital externo.
 
Internamente, os agentes acreditam que a reabertura da economia deverá ser proveitosa, mesmo com a existência ainda de casos coronavírus. Ademais, dados produção e vendas de veículos, divulgados pela manhã, foram bem recebidos.
 
Externamente, no dia, os números de criação de vagas na economia (payroll) e taxa de desemprego nos EUA vieram acima das expectativas, induzindo uma percepção que a economia local poderá ter até uma recuperação em “V”, (volta rápida) que, em conjunto com declarações do presidente Donald Trump em relação a maiores estímulos fiscais, levaram a uma maior propensão ao risco pelos investidores.
 
As bolsas de Nova York findaram com ganhos superiores a 2,0% e contagiaram positivamente os demais índices acionários pelo mundo. A OPEP+ (Organização dos Países Exportadores de Petróleo mais aliados) ratificou a antecipação de sua reunião o próximo sábado, que poderá manter o atual corte na produção, ajudando os desempenhos altistas dos preços dos barris futuros de petróleo: para agosto, o tipo brent fechou em US$ 42,30 (+5,78%) e o tipo WTI encerrou em US$ 39,80 (+5,51%), além das elevações das ações de petrolíferas.
 
O dólar comercial manteve sua tendência de baixa, encerrando cotado a R$ 4,9900 (-2,75%). Os juros futuros, com exceção do curtíssimo, subiram, em dia de realizações de lucros.  
 
Ibovespa.
 
O índice já principiou em alta com vigorosíssimo volume financeiro e vários papéis apresentaram “gaps” em suas aberturas. Todavia, após meia hora de pregão, gradualmente começou a arrefecer com realizações em direção ao fechamento, que foi ainda foi com alta satisfatória. Destaques ponderados positivos para Petrobras e ações do setor de bancos.
 
O Ibovespa fechou aos 94.637 pts (+0,86%), acumulando agora +8,28% na semana (e no mês), -1,42% ano e -18,17% em 12 meses. O vistoso preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 38,8 bilhões, sendo R$ 35,5 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa B3
 
No dia 3 de junho, houve entrada líquida de R$ 852,811 milhões de capital estrangeiro na Bovespa, acumulando ingresso de R$ 1,785 bilhão no mês. Em 2020, o saldo acumulado negativo passou a -R$ 75,064 bilhões.
 
Agenda Econômica.
 
Nos EUA, em maio, o payroll (criação de vagas na economia) mostrou geração de 2,509 milhões de postos de trabalho (-20,687 milhões em abril) e a taxa de desemprego cedeu para 13,3% (14,7% em abril) – ambos surpreenderam favoravelmente, vindo melhores que as projeções dos analistas, em -7,5 milhões e 19,0%, respectivamente.
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar comercial (interbancário) decaiu rapidamente e operou a maior parte do dia abaixo de R$ 5,00. O maior otimismo externo em relação às reaberturas econômicas dos países pelo mundo foi preponderante no dia e, domesticamente, a divisa se manteve em sua atual tendência de baixa.
 
A moeda fechou a R$ 4,9900 (-2,75%), acumulando -6,52% na semana (e no mês), +24,38% no ano e +28,15% em 12 meses.
 
Risco-País
 
O risco-país (CDS Brasil de 5 anos) recuou para 209 pts ante 228 pts no dia anterior.
 
Juros.
 
Os juros futuros tiveram um dia de realizações de ganhos das recentes baixas. Apenas a taxa curtíssima recuou, com expectativa de corte na decisão do Copom em 17 de junho próximo, com o mercado dividido entre baixa de 50 pts-base ou de 75 pts-base. Destaque de elevação para os contratos intermediários. Assim fecharam as taxas em relação a ontem:
 
DI julho/2020 em 2,53% de 2,54%;
DI outubro/2020 em 2,23% de 2,22%;
DI janeiro/2021 estável em 2,18%;
DI janeiro/2022 em 3,07% de 3,01%;
DI janeiro/2023 em 4,18% de 4,07%;
DI janeiro/2025 em 5,80% de 5,71%;
DI janeiro/2027 em 6,77% de 6,71%.
 
Agenda. Vide página 3.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 6ª feira, 05.06.2020, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T integrante do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES do BB Investimentos. Chamada de Capa da Redação JF





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
O MERCADO, 03.07: IBOVESPA sobe 0,55% a 96.875 pontos  DÓLAR, a R$ 5,3159 04/07/2020
O MERCADO, 03.07: IBOVESPA sobe 0,55% a 96.875 pontos DÓLAR, a R$ 5,3159
 
GUIA DE AÇÕES, 02.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 03/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 02.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 02.07: IBOVESPA estável em 96.234 pontos; DÓLAR sobe a R$ 5,3488 03/07/2020
O MERCADO, 02.07: IBOVESPA estável em 96.234 pontos; DÓLAR sobe a R$ 5,3488
 
BB emprestará R$ 3,7 bi a Pequenas Empresas afetadas por Pandemia 02/07/2020
BB emprestará R$ 3,7 bi a Pequenas Empresas afetadas por Pandemia
 
O MERCADO, 01.07: IBOVESPA sobe 1,21% a 96.203 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3105 02/07/2020
O MERCADO, 01.07: IBOVESPA sobe 1,21% a 96.203 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3105
 
GUIA DE AÇÕES, 29.06: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 29/06/2020
GUIA DE AÇÕES, 29.06: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 29.06: IBOVESPA acompanhou alta em NY; DÓLAR caiu a R$ 5,426 29/06/2020
O MERCADO, 29.06: IBOVESPA acompanhou alta em NY; DÓLAR caiu a R$ 5,426
 
MARKET UPDATE SEMANAL Índice de Reabertura Econômica e Índices: 20 a 26.06 27/06/2020
MARKET UPDATE SEMANAL Índice de Reabertura Econômica e Índices: 20 a 26.06
 
GUIA DE AÇÕES, 26.06: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 26/06/2020
GUIA DE AÇÕES, 26.06: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 26.06: IBOVESPA cai 2,24% a 93.834 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,460 26/06/2020
O MERCADO, 26.06: IBOVESPA cai 2,24% a 93.834 pts. DÓLAR sobe a R$ 5,460
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites