Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

29 de Junho de 2020 as 21:06:47



O MERCADO, 29.06: IBOVESPA acompanhou alta em NY; DÓLAR caiu a R$ 5,426



Diário do Mercado na 2ª feira, 29.06.2020
 
Ibovespa avança na esteira das altas das bolsas de Nova York
 
Comentário.
 
O índice brasileiro esteve oscilante inicialmente, mas sempre em campo positivo. No princípio da tarde, se firmou em gradual tendência ascendente, acompanhando o índice S&P500, mas se desprendendo na hora final para encerrar na máxima do dia.
 
Internamente, o dado do Caged apresentou perda menor do que a esperada de postos de trabalho em maio. Entretanto, mais uma vez, foi o cenário externo que predominou.
 
Nos EUA, logo cedo, o dado de vendas de casas pendentes mostrou firme elevação, já melhorando o humor dos agentes. Ademais, após o Fed comunicar que irá começar a comprar novos títulos de dívida corporativa no mercado houve o incremento de otimismo que o mercado necessitava e os temores sobre uma possível segunda onda do coronavírus foram deixados em segundo plano – mesmo com o surgimento de mais casos dentro do território norte-americano e com isolamento de 500 mil pessoas em uma região na China.
 
Em suma, as injeções de liquidez pelos governos e bancos centrais nos mercados têm sido o alicerce para sustentar e fomentar o atual patamar dos índices acionários de Nova York, que, por sua vez, induzem movimentações compradoras nas demais bolsas de valores pelo mundo.
 
O dólar comercial esteve volátil, mas findou em baixa, cotado a R$ 5,4260 (-0,62%). Os juros futuros registraram baixas e derrubaram como um todo a sua curva de estrutura a termo. 
 
Ibovespa .
 
O índice operou sempre em terreno positivo, ao redor da alta de +0,5% até a primeira hora da tarde. A partir daí, foi paulatinamente ascendendo, com avanço mais incisivo na hora final de negociação, terminando na máxima do dia. Ponderadamente, destaque de alta para os papéis do setor de bancos, para a Petrobras e para a B3. Individualmente, Via Varejo ON (VVAR3) e Embraer (EMBR3) se sobressaíram.
 
O Ibovespa fechou aos 95.735 pts (+2,03%), acumulando +9,53% no mês, -17,22% ano e -5,18% em 12 meses. O preliminar giro financeiro da Bovespa foi de R$ 22,6 bilhões, sendo R$ 20,4 bilhões no mercado à vista.
 
Capitais Externos na Bolsa B3
 
No dia 25 de junho, a Bovespa apresentou saída líquida de R$ 540,095 milhões, acumulando R$ 845,960 bilhão no mês. Em 2020, o saldo negativo está em -R$ 76,001 bilhões (acima a saída líquida anual recorde de -R$ 44,517 bilhões em 2019).
 
Câmbio e CDS.
 
O dólar teve trajetória volátil. Por um lado, uma maior propensão ao risco no dia advinda do exterior, mas por outro, ainda temores dos agentes em relação a uma segunda onda de coronavírus pelo mundo. Ademais, amanhã será o dia da formação da taxa PTAX que precificará os contratos cambiais vincendos no primeiro dia útil de julho.
 
A moeda terminou cotada a R$ 5,4260 (-0,62%), acumulando +1,65% no mês, +35,24% no ano e +41,30% em 12 meses.
 
Risco-País
 
O risco-país (CDS Brasil de 5 anos) cedeu a 265 pts antes 267 antes.
 
Juros.
 
Os juros futuros de curtos recuaram, com as baixas progredindo da ponta curta para a ponta longa, derrubando como um todo a sua curva de estrutura a termo. Domesticamente, o dado do Caged, que mostrou menos cortes de vagas na economia do que as projeções dos analistas, trouxe alento interno. Mas, o cenário externo de menor aversão ao risco foi decisivo para o recuo das taxas. Assim fecharam as taxas em relação a sessão anterior:
 
DI ago/2020 em 2,14% de 2,15%;
DI outubro/2020 em 2,08% de 2,09%;
DI janeiro/2021 em 2,07% de 2,08%;
DI janeiro/2022 em 2,95% de 2,97%;
DI janeiro/2023 em 4,06% de 4,13%;
DI janeiro/2025 em 5,76% de 5,82%;
DI janeiro/2027 em 6,73% de 6,81%.
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do comportamento do mercado na 2ª feira, 29.062020, elaborado por HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: HAMILTON MOREIRA ALVES, CNPI-T, integrante do BB Investimentods





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES, 13.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 13/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 13.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 13.07: IBOVESPA cai 1,33% a 98.697 pts por efeito da Covid-19 nos EUA 13/07/2020
O MERCADO, 13.07: IBOVESPA cai 1,33% a 98.697 pts por efeito da Covid-19 nos EUA
 
GUIA DE AÇÕES, 10.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 10/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 10.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 10.07: IBOVESPA retorna aos 100.000 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3213 10/07/2020
O MERCADO, 10.07: IBOVESPA retorna aos 100.000 pts; DÓLAR cai a R$ 5,3213
 
GUIA DE AÇÕES, 09.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 10/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 09.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 08.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 08/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 08.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 08.07: IBOVESPA sobiu 2,05% a 99.769 pts; DÓLAR caiu a R$ 5,346 08/07/2020
O MERCADO, 08.07: IBOVESPA sobiu 2,05% a 99.769 pts; DÓLAR caiu a R$ 5,346
 
WEG obtém controle da Startup BirminD 08/07/2020
WEG obtém controle da Startup BirminD
 
GUIA DE AÇÕES, 06.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir 07/07/2020
GUIA DE AÇÕES, 06.07: VEJA AQUI AS COTAÇÕES Avalie se convém investir
 
O MERCADO, 06.07: IBOVESPA aproxima-se novamente de 100.000 pontos 07/07/2020
O MERCADO, 06.07: IBOVESPA aproxima-se novamente de 100.000 pontos
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites