Home   |   Expediente   |   Publicidade   |   Cadastre-se   |   Fale Conosco             

Investimentos

Quinta-Feira, Dia 30 de Julho de 2020 as 23:07:48



AMBEV - Resultado no 2º trimestre/2020:



AMBEV  -  Resultado no 2º Trimestre de 2020
 
Volumes de cerveja no Brasil surpreendem positivamente,
enquanto piora no mix e custos pressionam margens
 
Frente ao desafio trazido pela pandemia de isolamento social e significativa redução da demanda em bares e restaurantes, a Ambev demonstrou grande eficiência em adaptar os processos de vendas e canais a esta nova realidade.
 
Além do aumento das vendas delivery e sua forte vantagem competitiva na distribuição direta, os subsídios governamentais ao longo do 2T20 também limitaram maiores quedas em volume de vendas de cerveja no Brasil, que, apesar da redução, vieram bem acima de nossas estimativas.
 
Por outro lado, exceto pelo Canada, que também nos surpreendeu positivamente, NAB, CAC e LAS apresentaram impacto significativo das restrições relacionadas à pandemia, puxando seus resultados para baixo. Assim, volumes totais caíram 9% a/a, levando a receita líquida para R$ 11,6 bilhões, queda de 4% a/a. 
 
No 2T20, o mix de canal e embalagens menos favorável, combinado ao efeito adverso da variação cambial nos custos e maior inflação na Argentina, contribuíram com a significativa redução de 29% a/a em EBITDA, que somou R$ 3,3 bilhões, levando margens a 28,8%, bastante inferior à margem média histórica da empresa em 42,5% nos últimos cinco anos.  
 
Apesar de apreciarmos as iniciativas da Ambev, bem-sucedidas ao nosso ver, para reduzir o impacto do isolamento social em seus resultados, ainda existe muita incerteza quanto à reabertura de canais de vendas e comportamento dos consumidores nesses estabelecimentos.
 
Além disso, a deterioração nos indicadores macroeconômicos, com aumento na taxa de desemprego e redução da renda disponível, ainda deve manter o cenário mais desafiador à frente. Assim, mantemos nossa recomendação Neutra para ABEV3. 
 
Confira no anexo a íntegra do relatório de análise do desempenho da AMBEV no 2ª trimestre2020, elaborado por LUCIANA CARVALHO, analista senior do BB Investimentos

Clique aqui para acessar o aquivo PDF

Fonte: LUCIANA CARVALHO, analista senior do BB Investimentos





Indique a um amigo     Imprimir     Comentar notícia

>> Últimos comentários

NOTÍCIAS DA FRANQUEADORA E EMPRESAS DO SEGMENTO


  Outras notícias.
GUIA DE AÇÕES 19.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 20/01/2021
GUIA DE AÇÕES 19.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES 14.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 18/01/2021
GUIA DE AÇÕES 14.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES 15.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 18/01/2021
GUIA DE AÇÕES 15.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES 18.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 19/01/2021
GUIA DE AÇÕES 18.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
DÓLAR sobiu a R$ 5,304; IBOVESPA caiu 2,54% a 120.349 pts 15/01/2021
DÓLAR sobiu a R$ 5,304; IBOVESPA caiu 2,54% a 120.349 pts
 
GUIA DE AÇÕES 13.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 14/01/2021
GUIA DE AÇÕES 13.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES 12.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 13/01/2021
GUIA DE AÇÕES 12.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
DÓLAR no menor nível do ano, R$ 5,20; IBOVESPA sobe 1,27% a 123.480 pts 14/01/2021
DÓLAR no menor nível do ano, R$ 5,20; IBOVESPA sobe 1,27% a 123.480 pts
 
GUIA DE AÇÕES 11.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 12/01/2021
GUIA DE AÇÕES 11.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
GUIA DE AÇÕES, 08.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir 11/01/2021
GUIA DE AÇÕES, 08.01.2020: VEJA AQUI AS COTAÇÕES. Avalie se convém investir
 
Escolha do Editor
Curtas & Palpites